Governo entrega 84 medalhas para policiais civis de Umuarama e Paranavaí

A medalha de Serviço Policial destina-se à reconhecer e premiar a dedicação, a eficiência e os relevantes serviços prestados em prol da Polícia Civil do Paraná e da Segurança Pública.
Publicação

Confira o áudio desta notícia

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) entregou na quinta-feira (1) medalhas para 84 policiais civis lotados nas subdivisões policiais de Umuarama e Paranavaí, na região Noroeste do Estado. Foram contemplados servidores que completaram 10, 20 e 30 anos de carreira.

Um servidor aposentado recebeu medalha de ouro, 32 receberam medalha de prata e outros 51 a de bronze.

A medalha de Serviço Policial destina-se à reconhecer e premiar a dedicação, a eficiência e os relevantes serviços prestados em prol da Polícia Civil do Paraná e da Segurança Pública.

O delegado da 7ª Subdivisão Policial de Umuarama, Gabriel Menezes, afirma que a solenidade de entrega é importante para trazer reconhecimento pelo serviço prestado. “É um momento importante porque reforça e dá até mais energia para os policiais continuarem trabalhando em prol da corporação”, disse.

Para o delegado da 8ª Subdivisão Policial de Paranavaí, Luiz Carlos Manica, a solenidade foi marcada por muita alegria. “Os policiais se sentem valorizados, é um ato de reconhecimento importantíssimo. Esta é uma lembrança de que a atividade policial teve seu reconhecimento depois de tantos anos dedicados na missão em favor da população”, disse.

Conforme o decreto 5.545/2020, as medalhas são concedidas aos servidores durante solenidade oficial. Para receber a homenagem o servidor precisa preencher os requisitos, como o de não estar respondendo a sindicância, processo administrativo disciplinar ou processo criminal, e ter o tempo exigido de efetivo serviço policial correspondente à respectiva categoria.

PRESENÇAS – Também participaram do evento o delegado-chefe da Divisão Policial do Interior, Lanevilton Theodoro Moreira; o prefeito de Umuarama, Hermes Pimentel da Silva; a coordenadora do Ministério Público, Fernanda Bertoncini Mendez; e o comandante do 25° Batalhão da Polícia Militar, major Cláudio Roberto Longo Silva.

GALERIA DE IMAGENS