Governo discute estratégias para melhorar os aplicativos Paraná Serviços e Paraná Solidário

O objetivo é alcançar um maior número de paranaenses. Embora ambos tenham um grande número de acessos e downloads, a pandemia de Covid-19 derrubou a interação dos usuários. Por conta do isolamento social, as pessoas evitaram a contratação de alguns serviços.
Publicação
11/05/2022 - 10:10
Editoria

Confira o áudio desta notícia

O Governo do Estado está discutindo estratégias e melhorias nos aplicativos sociais Paraná Serviços e Paraná Solidário. O objetivo é alcançar um maior número de paranaenses. Embora ambos tenham um grande número de acessos e downloads, a pandemia de Covid-19 derrubou a interação dos usuários. Por conta do isolamento social, as pessoas evitaram a contratação de alguns serviços.

O secretário de Justiça, Família e Trabalho, Rogério Carboni, e o superintendente-geral de Inovação do Paraná, André Telles, se reuniram nesta semana para debater ações conjuntas na tentativa de alavancar os acessos e permitir uma maior interação com os paranaenses. “A reunião foi fundamental para que ele conhecesse os processos relacionados à inovação durante a gestão, fazendo do Paraná realmente uma referência na inovação e na transformação digital”, afirmou Telles.

O Paraná Serviços foi lançado em 2019 e está disponível em 274 municípios. O app já alcançou o número de 35 mil downloads, tem 13,5 mil trabalhadores autônomos ativos, fornecendo 133 serviços diferentes. É uma ferramenta que tem o objetivo de fazer uma intermediação entre profissionais autônomos/prestadores de serviços e contratantes.

Durante os dois anos de pandemia a redução de acessos foi de mais de 60%. A estratégia para a retomada do protagonismo será realizar campanhas de adesão nas Salas do Empreendedor e nas Agências do Trabalhador, além de utilizar as redes sociais para ampliar o alcance.

Já o Paraná Solidário, apadrinhado pela primeira-dama Luciana Saito Massa, arrecadou mais de 12 mil doações. Cerca de 900 entidades beneficentes, cadastradas no programa, receberam roupas, colchões, alimentos, kits de higiene, dentre outros donativos.

Para a superintendente de Ação Solidária, Cristina Ricordi, os números demonstram a efetividade do programa. “Os paranaenses sempre prestaram solidariedade. Graças ao Paraná Solidário e às várias campanhas encampadas pela Superintendência de Ação Solidária, milhares de paranaenses foram beneficiados e puderam manter sua dignidade”, afirmou.

“Os aplicativos que construímos em conjunto com a Celepar são ótimas ferramentas para aproximar os cidadãos dos serviços prestados por trabalhadores autônomos, no caso do Paraná Serviços, e das entidades beneficentes, no caso do Paraná Solidário. Eles perderam adesão em decorrência da pandemia, e para reverter essa situação precisamos intensificar as ações para que os aplicativos voltem a ser protagonistas”, destacou Carboni.

COMO ACESSAR – Para ter acesso aos aplicativos de serviço do Governo do Estado, basta baixar gratuitamente o Paraná Solidário e o Paraná Serviços nas lojas da Apple e do Google.

O Paraná Solidário foi criado para promover a doação direta entre os cidadãos e as entidades beneficentes. A ferramenta é uma ponte entre empresas e pessoas físicas que queiram doar para instituições produtos como alimentos, roupas, móveis, eletrodomésticos, ração para animais, entre outros. O app pode ser instalado de graça e possui todas as informações necessárias para o repasse direto, sem intermediários, às entidades que atendem crianças, adolescentes, idosos, mulheres, indígenas, pessoas com deficiência, em situação de rua e de animais abandonados.

Já o aplicativo Paraná Serviços é uma solução inovadora que faz a intermediação entre o contratante e o prestador autônomo de serviços dentro do Paraná. São mais de 100 categorias de serviços beneficiadas. A ferramenta pode ser usada tanto por quem está oferecendo serviços, quanto por quem está procurando um prestador.

GALERIA DE IMAGENS