Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do Litoral a Curitiba para atendimento médico

A remoção aeromédica foi feita por equipes do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas que atuam no Verão Paraná – Viva a Vida 2021/2022. A agilidade do avião permitiu o atendimento rápido da vítima. O transporte rodoviário de Guaratuba a Curitiba demoraria pelo menos duas horas.
Publicação
05/02/2022 - 18:20
Editoria

Confira o áudio desta notícia

Uma equipe do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) fez a remoção aeromédica de uma vítima de infarto de Guaratuba até Curitiba nesta sexta-feira (04). A ação foi feita por equipes da unidade atuantes no Verão Paraná – Viva a Vida 2021/2022 e levou apenas 25 minutos. 

O comandante do BPMOA, coronel Julio Cesar Pucci, explica que em condições normais de trânsito, o deslocamento de Guaratuba para Curitiba pela rodovia seria de duas horas, mas com o avião da unidade, o deslocamento foi feito em questão de minutos. “Isso proporcionou mais conforto e segurança à vítima”, salienta.

De acordo com as informações do BPMOA, o SAMU fez o atendimento inicial de um homem, de 60 anos, que teve um infarto agudo do miocárdio, porém, devido à complexidade do caso, foi necessário solicitar apoio da unidade para fazer o transporte aéreo à Capital do Estado para atendimento especializado. 

Nesta ação, foi utilizada a aeronave Falcão 06, da Polícia Militar, que possui toda a estrutura necessária para dar agilidade na remoção e segurança para a tripulação e para a equipe médica já embarcada.

“Na maioria dos casos que atendemos, cada minuto faz toda a diferença para a vida do paciente, e por isso os trabalhos dos nossos integrantes com os da Saúde devem estar alinhados para que tudo ocorra conforme o planejado, da maneira mais célere e eficiente possível”, ressalta o coronel.

Segundo ele, a utilização da aeronave tem feito a diferença para ajudar a população em situações diversas. “Com esse avião, atuamos no combate ao crime e prestamos o serviço aeromédico, atendendo as demandas do transporte de órgãos e vacinas, fazendo com que os órgãos estaduais trabalhem de forma integrada para dar mais agilidade e segurança ao cidadão paranaense”, afirma.

Duas toneladas de soja furtadas são recuperadas pela PM em Paranaguá

O trabalho de segurança durante o Verão Paraná – Viva a Vida 2021/2022 também resultou na prisão de dois homens e recuperação de duas toneladas de soja em Paranaguá, numa operação da Polícia Militar na cidade de Paranaguá, na última quinta-feira (03).

A ação é resultado do trabalho da corporação para combater as ‘vazadas’, prática criminosa de furto de cargas nas imediações do Porto. A abordagem policial foi no momento em que a soja era carregada em um caminhão, que também foi apreendido.

O planejamento da PM para a temporada de verão contempla um reforço no policiamento ostensivo para coibir vários crimes, dentre eles o furto de cargas. Segundo o 9º Batalhão, as vazadas são quando os suspeitos abrem as bicas dos caminhões próximo ao Porto e derramam a carga na pista. Depois, recolhem o material e o comercializam ilegalmente. 

Várias ações têm sido feitas para coibir esse crime, sendo uma delas a que foi desencadeada pela Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM). Segundo as informações da unidade, por volta das 20 horas, os policiais checaram uma denúncia de que havia pessoas carregando um caminhão com sacos de soja em frente a uma distribuidora de bebidas na Vila São Jorge.

De acordo com o 9º Batalhão, com a chegada da viatura os suspeitos fugiram e pularam muros de residências, mas dois deles acabaram detidos pelos policiais militares. Além dos sacos com soja, também foram apreendidos o caminhão, celulares, uma balança e ferramentas que podem ser usadas para furtar grãos de caminhões.

Ainda de acordo com o batalhão da PM, um dos presos teria informado que os homens que fugiram eram responsáveis pela coleta dos grãos e carregamento do caminhão e que recebiam um valor pelo serviço. Após os procedimentos no local, a dupla foi encaminhada à delegacia da cidade por associação criminosa e receptação qualificada.

GALERIA DE IMAGENS

  • Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico
    Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico
    Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico
    Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico
    Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico - Curitiba, 05/02/2022
    Foto: BPMOA/PMPR
    Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico - Curitiba, 05/02/2022
    Foto: BPMOA/PMPR
    Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico
    Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico - Curitiba, 05/02/2022
    Foto: BPMOA/PMPR
    Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico - Curitiba, 05/02/2022
    Foto: BPMOA/PMPR
    Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico
    Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico - Curitiba, 05/02/2022
    Foto: BPMOA/PMPR
    Em 25 minutos, BPMOA leva vítima de infarto do litoral à Curitiba para atendimento médico - Curitiba, 05/02/2022
    Foto: BPMOA/PMPR