Esporte encerra atividades do verão com mais de 600 mil atendimentos

De terça a domingo, as equipes coordenadas pela Superintendência Geral do Esporte estiveram no litoral do Paraná – em Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná, Ilha do Mel, Antonina e Morretes – e na região Noroeste – em Porto Rico e São Pedro do Paraná – promovendo diversas atividades esportivas, culturais e recreativas.
Publicação
05/02/2022 - 09:40
Editoria

Confira o áudio desta notícia

De 28 de dezembro a 30 de janeiro, o Verão Paraná - Viva a Vida bateu o recorde de todas as edições, efetuando 607.273 atendimentos no Litoral e no Noroeste do Estado. Os atendimentos se referem aos cadastros feitos nos postos fixos e as interações com o trio elétrico que percorreu toda a orla de Matinhos até Pontal do Sul, em Pontal do Paraná.

De terça a domingo, as equipes coordenadas pela Superintendência Geral do Esporte estiveram no Litoral do Paraná – em Guaratuba, Matinhos, Pontal do Paraná, Ilha do Mel, Antonina e Morretes – e na região Noroeste – em Porto Rico e São Pedro do Paraná – promovendo diversas atividades esportivas, culturais e recreativas. A programação contou com caminhada orientada, avaliação física, recreação infantil, aulas de ginástica e dança, entre outras atividades de esporte e lazer.

Os postos fixos do Verão Paraná estavam estruturados com palcos para as aulas, muro de escalada com tirolesa, mesa de futmesa, além de quadras de vôlei de praia, futebol e beach tennis. Todas as atividades foram preparadas, acompanhadas e conduzidas por mais de 250 profissionais e acadêmicos de Educação Física, Turismo, Enfermagem e Comunicação.

O superintendente-geral do Esporte, Helio Wirbiski, destaca o êxito das ações e comemora o recorde de atendimentos desta edição. “O balanço do Verão Paraná foi muito positivo. Atendemos mais de 600 mil pessoas, e todos os eventos ocorreram com sucesso”, disse. “Ainda até o Carnaval teremos algumas competições nos fins de semana. Nosso atendimento foi feito com excelência e capacitação, e já esperamos a chegada do próximo verão numa possível pós-pandemia, para recebermos da melhor maneira os turistas paranaenses e de todo Brasil”.

TRUPES CIRCENSES – A magia do circo também fez parte do Verão Paraná ao longo de todo o mês de janeiro, com duas equipes itinerantes que percorreram as cidades de Morretes, Pontal do Paraná, Matinhos, Guaratuba, Antonina e Paranaguá, além de 12 trupes de circo fixas que fizeram apresentações durante o dia.

Na Caravana Cultural, mais de 30 artistas circenses desenvolveram atividades educacionais de criação de bonecos, artes visuais, malabares (criação e manuseio), teatro, tecido, lira e trapézio, além de atividades recreativas como pintura facial, escultura de areia e caça ao tesouro. Também foram realizadas performances e pocket apresentações com números de circo, fogo, contações de histórias e ações de recolhimento de resíduos pelas praias.

EVENTOS – Aos finais de semana, o Verão Paraná - Viva a Vida contou com uma intensa programação de eventos integrantes dos Jogos de Aventura e Natureza, como o Cross Games, o Campeonato Paranaense de Beach Soccer, o Circuito Brasileiro de Handebol de Areia, o Torneio de Beach Flag Football (Futebol Americano de Praia) e o Campeonato Paranaense de Futevôlei.

Eles reuniram milhares de espectadores que puderam acompanhar as disputas gratuitamente. Turistas de diversas regiões do Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, São Paulo, Argentina e Paraguai estiveram presentes nas areias do Litoral.

ACESSIBILIDADE – Pessoas com mobilidade reduzida puderam usufruir com mais conforto das praias no litoral paranaense. O Verão Paraná - Viva a Vida e o projeto Praia Acessível disponibilizaram cadeiras anfíbias que possibilitam o acesso à praia e ao mar em cinco pontos das praias de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná. O serviço foi realizado a partir de uma parceria entre a Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) e a Superintendência Geral do Esporte.

VIVA A VIDA – O Viva a Vida é uma promoção conjunta do Governo do Estado por meio da Superintendência Geral do Esporte, Secretaria de Segurança Pública, Detran, Sanepar, Copel, Turismo, Cultura e Sejuf. O projeto conta com o patrocínio do Sicredi, Daju e apoio do SESC e das prefeituras municipais.

GALERIA DE IMAGENS