Portos do Paraná lança ferramentas para desenvolvimento de competências dos servidores

Empresa pública mapeou competências e necessidades para oferecer oportunidades de desenvolvimento pessoal com foco nas demandas atuais e futuras.
Publicação

Confira o áudio desta notícia

A Portos do Paraná apresentou nesta quarta-feira (07) o Mapeamento de Competências e Trilhas de Aprendizagem aos seus servidores. Eles servirão de apoio para todos os setores da empresa e nortearão as ações de treinamento e desenvolvimento do quadro de pessoal.

Trata-se de mais uma forma da organização para buscar a excelência administrativa, que gera a eficiência dos Portos de Paranaguá e Antonina, comprovada com as conquistas recentes nas premiações do Ministério de Infraestrutura. E tudo isso disponibilizado na intranet da empresa 24 horas por dia para ser acessado pelos mais de 500 empregados públicos.

De acordo com a gerente de Gestão de Pessoas, Melissa de Paula, o mapeamento apresenta todas as competências (conhecimentos, habilidades e atitudes) técnicas e comportamentais que foram identificadas, classificadas e relacionadas em cada setor. “Estamos pensando o porto para daqui 20 anos e qual será o capital humano que precisamos para chegar lá”, projeta.

Segundo Henrique Pires, coordenador de Desenvolvimento de Pessoal, o mundo atual exige novas soluções e atualizações constantes de todos. “Temos observado mudanças nas necessidades da empresa. Temos novos setores, como Governança e Planejamento Estratégico, que promovem atividades que impactam a organização como um todo. Temos que pensar quais competências nossos funcionários devem desenvolver para atender de forma eficaz estas novas demandas e as já existentes em suas áreas”, justifica.

Por isso, acrescenta, a Portos do Paraná coloca à disposição dos seus empregados públicos as Trilhas de Aprendizagem. “Elas foram desenvolvidas com o intuito de servir de apoio e orientar os empregados no autodesenvolvimento dessas competências”, explica.

São 21 trilhas criadas a partir de temáticas relacionadas à empresa, como Comunicação, Negócios Portuários e Governança e Integridade Empresarial, nas quais cada funcionário poderá “navegar” pelas competências, seguindo suas necessidades de desenvolvimento, e descobrir sugestões de aprendizado.

Cada trilha sugere opções de aprendizagem gratuitas ou de baixo custo que vão auxiliar no desenvolvimento de competências dos empregados e no dia a dia das atividades na Portos do Paraná. Quem não é da área também pode explorar outras trilhas conforme o interesse pessoal.

“O mapeamento de competências e a elaboração e implantação das Trilhas de Aprendizagem foram trabalhos realizados por muitas mãos. Gestores e diversos empregados contribuíram para o desenvolvimento desses projetos que, daqui pra frente, serão a base para muitos outros”, ressalta o coordenador.

GALERIA DE IMAGENS