Grupo Volvo anuncia investimento de R$ 881 milhões no Paraná

A empresa tem um centro de estudos em Curitiba e está trabalhando no mercado automobilístico do futuro, de olho em eletromobilidade e descarbonização. Esses recursos serão voltados principalmente para pesquisa e desenvolvimento.
Publicação
30/06/2022 - 10:20
Editoria

Confira o áudio desta notícia

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o diretor de Assuntos Corporativos da Volvo, Alexandre Parker, anunciaram nesta quinta-feira (30), no Palácio Iguaçu, um investimento de R$ 881 milhões da empresa na planta em Curitiba, na Cidade Industrial. É parte de um ciclo de aportes que alcançará R$ 1,5 bilhão no Brasil no período de 2022-2025.

Segundo o Grupo Volvo América Latina, esses recursos serão voltados principalmente para pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e serviços, além da modernização da planta, de olho em automação e indústria 4.0. A empresa tem um centro de pesquisa em Curitiba e está trabalhando no mercado automobilístico do futuro, de olho em eletromobilidade e descarbonização.

"É com muita alegria que recebemos esse novo investimento. A Volvo é um patrimônio do Paraná. É um anúncio de quase R$ 900 milhões para as linhas de caminhões e ônibus. É mais geração de emprego e renda", disse o governador. Ele lembrou que a Volvo tem 4,3 mil funcionários na Capital e que é uma das grandes geradoras de emprego e renda da indústria paranaenses desde 1979. Esse investimento conta com apoio do programa de incentivo do Governo do Estado.

Segundo Parker, o Paraná representa competitividade para a Volvo no mercado global. "Investir no Paraná é natural para a Volvo. Somos grandes parceiros. Essa fábrica continuará se desenvolvendo porque grande parte desses investimentos são no nosso Centro de Desenvolvimento e Engenharia. Vamos pensar descarbonização e no mercado do futuro", disse.

A planta da empresa no Paraná fabrica caminhões, ônibus e motores. As vendas ocorrem dentro da América Latina e em todo o mundo.

VOLVO – O Grupo Volvo é um dos maiores atores globais do mercado automobilístico. Com sede em Gotemburgo, na Suécia, emprega quase 100 mil pessoas, tem fábricas em 18 países e atua em 190 mercados.

No segmento de caminhões, a Volvo foi líder isolada na venda de pesados no Brasil em 2021, com 17.980 veículos unidades emplacadas. O Volvo FH 540 foi novamente o caminhão mais vendido do País, com 8.935 unidades emplacadas, número superior até mesmo ao de caminhões leves. Outro destaque foi o desempenho em vendas da linha Volvo VM, que cresceu 81% em emplacamentos, com 6.393 veículos comercializados.

A Volvo Buses também teve bons resultados, principalmente no mercado externo. A divisão de ônibus entregou 1.180 chassis urbanos e rodoviários, pesados e semipesados. Deste total, 368 veículos foram emplacados no Brasil. Os 812 ônibus restantes foram para toda a região hispânica da América Latina e vários países da África. Em 2021, 66% dos negócios de ônibus foram para fora do Brasil.

PRESENÇAS – Participaram do encontro o diretor-presidente da Invest Paraná, Eduardo Bekin; o secretário de Comunicação Social e da Cultura, João Evaristo Debiasi; o diretor de Assuntos Econômico-Tributário da Secretaria de Estado da Fazenda, Gilberto Calixto; e técnicos da Secretaria da Fazenda.

GALERIA DE IMAGENS