Estado abre concorrência para pavimentação da PR-364

Confira o áudio desta notícia


A governadora Cida Borghetti participa das comemorações dos 111 anos de Irati e assina autorização para publicação de edital para a pavimentação da PR 364, entre Irati e São Mateus do Sul. Participaram: prefeito de Irati, Jorge Derbli Pinto, secretário de Infraestrutura e Logística, Abelardo Lupion, deputados: Alex Canziani, Alexandre Curi, Artagão Jr, Nelson Justus, entre outros.Irati, 01-07-18.Foto: Arnaldo Alves / ANPr.

A governadora Cida Borghetti autorizou, neste domingo (1), a publicação do edital para a pavimentação de 47,7 quilômetros da PR-364, entre Irati e São Mateus do Sul. A obra é esperada pela população há mais de 50 anos e vai beneficiar cerca de 112 mil habitantes das duas cidades e de Rebouças.

“Estou determinando que o edital seja publicado no Diário Oficial desta terça-feira, dia 3, para que a obra saia do papel o mais rápido possível”, disse a governadora, em Irati, em evento com prefeitos da região.

O investimento previsto é de R$ 159 milhões e faz parte do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Estado do Paraná parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

A governadora destacou que, depois de pronta, a pavimentação reduzirá em mais da metade o tempo para percorrer a distância entre as duas cidades e isso trará mais desenvolvimento para a região.

“Esta estrada será uma alternativa  ligação entre as rodovias BR-153 e BR-476 e facilitará o deslocamento de quem vem do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, criando um novo corredor viário”, afirmou.

Ela disse ainda que a obra reafirma o compromisso do Governo do Estado com o crescimento das cidades. “Este é um governo que trabalha pelas pessoas”, disse.

Segundo o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Abelardo Lupion, a previsão é de que a obra seja iniciada ainda neste ano e tenha duração de dois anos.

AVANÇOS — Cida ressaltou os principais avanços do Paraná nos últimos meses. Ela citou o Programa de Recuperação de Estradas, lançado na última semana e que tem investimento previsto de R$ 1,5 bilhão, para a melhoria de 12 mil quilômetros de rodovias estaduais, e a regionalização da saúde, com a criação de uma unidade de extensão do hospital Erasto Gaertner, em Irati.

“Esse é um governo que avança em todas as áreas. O gabinete fica de portas abertas para atender às demandas das 399 cidades do Paraná”, afirmou.

OBRA — Os trabalhos de pavimentação da PR-364 terão início no entroncamento com a PR-151 em São Mateus do Sul, próximo à BR-476, e vão se estender até o perímetro urbano de Irati. A maior parte do traçado existente será mantida, somente na chegada de Irati será construído um desvio, para retirar o trânsito do bairro Riozinho.

Em Irati, uma interseção em desnível fará a ligação da PR-364 e BR-153, no local próximo ao trecho conhecido como ‘curva da morte’, onde há grande movimento de veículos e pedestres.

Também está prevista a construção de uma nova ponte sobre o Rio Turvo, com 14 metros de extensão, acostamento e calçada, na área urbana de São Mateus do Sul. Será implantada ainda uma ciclofaixa, no trecho inicial da PR-364, em São Mateus do Sul, com aproximadamente 3 km de extensão.

FLUIDEZ NO TRÂNSITO — A pavimentação do trecho desafogará o tráfego na PR-151, que cruza o Paraná e suporta o tráfego de caminhões vindos do Sul em direção a São Paulo e Paranaguá.

O prefeito de Irati, Jorge Derbli, enfatizou que a pavimentação trará reflexos regionais, incrementando o comércio e a produção agrícola da cidade e de municípios da região Sul do Estado e Norte de Santa Catarina.

“A região por onde a estrada passa é predominantemente agrícola e para dar melhor escoamento à safra precisamos dessa ligação com Santa Catarina e São Paulo”, disse o prefeito.

A pavimentação da estrada também facilitará o acesso a vários sistemas viários em direção a Foz do Iguaçu, São Paulo, Curitiba e Porto de Paranaguá.

“O governo do Estado está cumprindo o compromisso e atendendo ao direito constitucional de ir e vir das pessoas, promovendo obras de infraestrutura que permitem que as pessoas trafeguem com segurança pelo Paraná”, afirmou Lupion.

SONHO REALIZADO — O aposentado Paulo Macuco, 88 anos, dono de uma propriedade rural no trecho entre Irati e São Mateus, disse que sofre com a falta de asfalto nesse trecho. “O asfalto é um sonho antigo. A estrada é muito ruim e sofremos muito. Vai ser o sonho realizado quando ela estiver pronta”, disse.

O funcionário público de São Mateus do Sul Damásio Wroblewski, 59 anos, evita usar esse trecho da PR-364 não pavimentado, por causa da falta de segurança no local. Para ele, a pavimentação vai reduzir o tempo de viagem em 50%.

“Quando preciso ir a Irati, para consultas médicas, prefiro ir por Palmeira, para evitar essa estrada, que é muito perigosa, com muitos buracos. Porém o trajeto é duas vezes maior. Quando ela estiver pronta vou conseguir chegar muito mais rápido”, afirmou.

A contratação do projeto para pavimentação do trecho custou R$ 1,7 milhão. Após o projeto ficar pronto, em virtude de algumas questões com o Governo Federal, o Governo do Estado precisou aguardar um ano e meio para a liberação de recursos. O dinheiro foi assegurado somente no final de dezembro de 2017, após assinatura de um convênio com o BID, que totaliza R$ 1,4 bilhão para investimentos em infraestrutura no estado.

PRESENÇAS — Acompanharam o evento o deputado federal Alex Canziani; os deputados estaduais Alexandre Curi, Nelson Justus e Artagão Júnior; o ex- governador Beto Richa; prefeitos, vereadores e lideranças comunitárias da região.

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa