Família Paranaense é apresentado em encontro de mulheres agricultoras

Confira o áudio desta notícia


A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, profere palestra: Políticas Públicas do Estado do Paraná
O Família Paranaense, principal programa do Governo do Paraná para a superação da pobreza e emancipação das famílias, foi apresentado durante o Encontro Estadual da Mulher Agricultora, promovido pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento e o Instituto Emater, com o apoio dos programas Pró Rural e Microbacias, na noite desta terça-feira (26). A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, participou do evento que reuniu mais de 200 agricultoras de todas as regiões do Estado, em Curitba.
Fernanda ressaltou a importância da participação crescente das mulheres no setor agrícola do Paraná, que gera milhares de empregos nas cadeias do agronegócio, da agroindústria e movimenta bilhões de reais. “As mulheres possuem um papel importante na sociedade por garantir a melhoria da qualidade de vida de suas famílias, mas também por ajudar a promover o desenvolvimento das regiões onde moram e do nosso Estado”, disse.
A secretária afirmou que o Governo do Estado tem um compromisso com as agricultoras e agricultores, que se traduz em programas e medidas importantes implantadas nos últimos cinco anos. Ela lembrou que a mais recente medida, tomada na semana passada, foi a nomeação, pelo governador Beto Richa, de 143 profissionais para o quadro da Emater, medida que fortalecerá o trabalho de apoio e assistência técnica para os produtores rurais.
“Estas ações resultam na organização, na geração de renda, na autonomia e ampliação da autoestima de todas que trabalham no campo, contribuindo para a valorização da mulher agricultora”, afirmou Fernanda.
FAMÍLIA PARANAENSE – Um dos objetivos do encontro foi ampliar o acesso às políticas públicas, incluindo aquelas voltadas à produção, comercialização e fortalecimento dos empreendimentos econômicos. Para isso, a programação contou com uma apresentação das ações do programa Família Paranaense, voltadas para o desenvolvimento econômico e social das famílias rurais. A palestra foi ministrada pela coordenadora do programa, Letícia Reis.
O Família Paranaense é o principal programa do Governo do Paraná para a superação da pobreza e emancipação das famílias. Ele é coordenado pela Secretaria da Família e Desenvolvimento Social, em parceria com 18 secretarias de Estado e órgãos estaduais, além dos municípios. Desde a implantação, mais 230 mil famílias foram atendidas, um investimento de R$ 131 milhões.
Letícia explicou que desde 2012, o Família Paranaense fez o acompanhamento sistemático de 35 mil famílias em todo o Estado. Destas, 7.794 vivem em áreas rurais (27%). “Cada uma delas tem um plano individualizado de atendimento, com ações planejadas nas áreas de assistência social, saúde, habitação, trabalho, educação, segurança alimentar e nutricional”, disse a coordenadora.
SEGURANÇA ALIMENTAR - Na área de segurança alimentar, as famílias rurais participam de cursos e oficinas, são incluídas em programas como Hortas Comunitárias e Caseiras, Leite das Crianças e projetos para melhoria e desenvolvimento da atividade agrícola. As ações de saúde incluem vacinação, acompanhamento na Unidade de Saúde para doenças crônicas, inclusão em acompanhamento pré-natal, inclusão em atividades de economia solidária.
RENDA PARANAENSE - Outra ação importante para as famílias rurais foi a implantação, em parceria com a Emater, do Renda Família Parananense Agricultor Familiar. Trata-se de um benefício para famílias que vivem na área rural, sobrevivem da agricultura e têm renda per capita de até R$ 154 por mês. Elas recebem um valor para aplicar em projetos de melhoria da qualidade da água e do saneamento, melhoria do plantio para o autoconsumo e comercialização, qualificação da produção leiteira. Técnicos da Emater orientam e acompanham famílias durante o período de desenvolvimento do projeto escolhido.
EMATER - O encontro é uma das ações que o Instituto Emater desenvolve com mulheres agricultoras. Todos os anos são realizados, em média, 20 Encontros de Mulheres Regionais, além de encontros municipais, envolvendo em torno de 15 mil participantes. São eventos que promovem a troca de experiências bem sucedidas entre grupos de mulheres rurais; e que buscam valorizar o papel da mulher agricultora, destacando a sua importância na melhoria da qualidade de vida familiar e sua participação no desenvolvimento local.
PANORAMA - Segundo o Censo IBGE 2010, o Paraná tem 255.677 mulheres agricultoras, 32,4% do total. Ainda de acordo com o censo, são 462 mil domicílios no meio rural, dos quais 95 mil são chefiados por mulheres (20,5%).

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa