Outubro Rosa

Agricultura familiar do Vale do Ivaí ganha impulso com apoio do Governo do Estado

Confira o áudio desta notícia


O trabalho de um consórcio intermunicipal e o apoio do governo estadual estão ajudando a fortalecer a agricultura familiar na região do Vale do Ivaí, no Norte do Paraná. O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, e o diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná Iapar-Emater (IDR-Paraná), Natalino Avance de Souza, estiveram nos municípios de Jardim Alegre, Lunardelli e São João do Ivaí na última semana e conheceram algumas iniciativas.  -  Foto: Gisele Barão/SEAB
© Gisele Barão/SEAB

O trabalho de um consórcio intermunicipal e o apoio do governo estadual estão ajudando a fortalecer a agricultura familiar na região do Vale do Ivaí, no Norte do Paraná. O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, e o diretor-presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná Iapar-Emater (IDR-Paraná), Natalino Avance de Souza, estiveram nos municípios de Jardim Alegre, Lunardelli e São João do Ivaí na última semana e conheceram algumas iniciativas.

Criado para estimular o desenvolvimento regional, o Consórcio Intermunicipal CID Centro, com sede em Pitanga, reúne 30 cidades dessa região. O grupo tem atuado em parceria com o governo estadual para disseminar conhecimento sobre boas práticas no campo e as etapas de formalização das agroindústrias, ampliando o potencial de comercialização da agricultura familiar.

Em Jardim Alegre, a produtora de ovos caipiras, Vera Lucia dos Santos, é uma das beneficiárias desse processo. Ela investiu em melhorias na propriedade de aproximadamente 4,8 hectares e se prepara para conseguir o registro no Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI), que permite a venda para outros municípios.

“Sem o apoio de toda essa equipe, isso não estaria acontecendo. É muito prazeroso fazer esse trabalho e a resposta dos consumidores tem sido muito boa. Quem quer qualidade, volta a consumir”, afirmou.

As mudanças na propriedade incluem uma unidade de beneficiamento de ovos e produção própria de uma ração especial, o que garante mais segurança alimentar.

“Não adianta produzir muito bem, mas não ter a legalidade para vender, não ter as instalações necessárias. Então, com esse projeto, estamos fazendo de tudo para que as pequenas propriedades tenham condições de comercializar regularmente, com responsabilidade técnica e sustentabilidade”, explicou o médico veterinário da Seab, Carlos Eduardo dos Santos.

Para o secretário Norberto Ortigara, a região tem exemplos de sucesso que servem como modelo. "Ficamos felizes com essa sintonia entre governo municipal, estadual e agricultores no propósito de construção de uma vida digna. Vimos aqui que o que pregamos está acontecendo: agricultores fazendo a própria renda, buscando gerar a própria energia. São coisas boas que a gente pode levar para inúmeras propriedades”, disse.

O vice-presidente do CID Centro, Maicol Barbosa, disse que essas iniciativas representam uma estratégia de diversificação da agricultura do Estado. “Precisamos dar mais garantia para a comercialização do pequeno produtor”.

A chefe do núcleo regional de Ivaiporã, Vitória Maria Holzmann, destacou a importância do trabalho conjunto entre Estado e municípios para o fortalecimento das agroindústrias e para dar condições de competitividade para a agricultura familiar. “A gente só existe porque existe essa parceria”, disse.

Para o diretor-presidente do IDR-Paraná, Natalino Avance de Souza, esse exemplo de empreendedorismo ajuda a transformar as condições de muitas famílias no campo. “O projeto mostra para outros produtores que é possível ser competitivo mesmo sendo pequeno”, destacou.

PISCICULTURA E TECNOLOGIA – Em São João do Ivaí, o empresário Edilson Pini Inácio investe na produção de tilápias e desenvolveu novas estratégias no empreendimento familiar, buscando mais sustentabilidade e renda. “A estrutura está estabelecida, mas quem vai fazer a diferença são as pessoas. É preciso olhar para o potencial de crescimento que têm a piscicultura e a indústria paranaenses”, defendeu. 

Ortigara destacou que o Paraná já é o maior produtor de peixes de cultivo do Brasil, com 172 mil toneladas, e tem potencial para crescer, em média, 15% ao ano, além de acelerar o processo para redução de custos de produção. “Temos a chance de crescer de forma organizada, é preciso articulação”, completou.

DIVERSIFICAÇÃO E SUSTENTABILIDADE – Na oportunidade, o secretário também visitou uma propriedade rural em Jardim Alegre, de 5.400 metros quadrados, que está sendo transformada pela agricultora Elizabete Aparecida Maciel em um espaço para processamento de alimentos. Ela trocou a soja e o milho pelo cultivo de morangos em estufas e hortaliças hidropônicas, e hoje tem renda de R$ 3 mil mensais com o trabalho no campo. 

Segundo a produtora, que também é secretária da Agricultura do município, a ideia é valorizar ainda mais a produção e garantir produtos de qualidade. Maciel também já tem minigeração de energia fotovoltaica e construiu uma pequena represa para captação de água da chuva para irrigação das plantas.

“O próximo passo é a perfuração de um poço artesiano para manutenção da propriedade”, conta. Embora não integre o consórcio, a propriedade é um empreendimento modelo para aplicação de ações de sustentabilidade, diretriz defendida pelo governo estadual. 

CONJUNTO DE AÇÕES – O plano para melhorias no meio rural no Vale do Ivaí com apoio do estado inclui ainda a recuperação de estradas rurais e garantia de comercialização para cooperativas da agricultura familiar como a Associação de Produtores Rurais de Lunardelli (Lunaprol), beneficiária do programa Compra Direta Paraná. A Seab também cedeu um veículo à Secretaria Municipal de Educação de Lunardelli para o transporte de alimentos.

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa