Outubro Rosa

Segurança recebe projeto de implantação de unidade da Polícia Científica na UEPG

Confira o áudio desta notícia


O Secretário da Segurança Pública do Paraná, Romulo Marinho Soares, recebeu, nesta semana, o reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), professor Miguel Sanches Neto e o Deputado Estadual Rodrigo Stacho para continuidade de tratativas referente à implantação do Instituto Médico Legal (IML) no campus da UEPG.  -  Curitiba, 16/07/2021  -  Foto: SESP-PR
© SESP

A implantação de uma unidade da Polícia Científica do Paraná no campus da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) foi o assunto de uma reunião, nesta semana, do secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, do diretor-geral da Polícia Científica, Luiz Rodrigo Grochocki, e do reitor da instituição, Miguel Sanches Neto.

O reitor e a pró-reitora de Planejamento, Andrea Tedesco, fizeram a entrega do projeto às equipes técnicas da Secretaria e da Polícia Científica. A implantação do projeto trará benefícios tanto para a população, com os serviços de medicina legal, quanto para a formação dos estudantes da UEPG.

A partir de agora, a Secretaria da Segurança Pública vai trabalhar para captar o recurso para a construção da estrutura. De acordo com o secretário, o projeto de instalar a unidade da Polícia Científica dentro da universidade está em tratativas desde o ano passado. Ele lembra que se trata de reivindicação antiga de Ponta Grossa.

“Vemos a implantação deste projeto dentro da universidade como uma pauta muito positiva, pois é um ganho tanto para a sociedade quanto para a instituições e seus acadêmicos, que vão poder usufruir desse benefício”, disse. “A unidade deverá ser uma das mais modernas do Brasil, com estrutura adequada e tecnologia, que servirá de modelo para projetos em outras cidades”.

PROJETO – Para a construção da unidade da Polícia Científica, a UEPG cedeu um terreno no campus com cerca de 50 alqueires. O projeto entregue na reunião tem cerca de 300 arquivos com todas as liberações para a licitação.

Os próximos passos devem ser a assinatura do Termo de Cooperação Técnica entre Secretaria da Segurança Pública e a UEPG e as tratativas para a licitação da obra. “Unimos esforços, juntamente com a equipe técnica da UEPG, cedemos o terreno e fizemos o projeto em parceria com os cursos da área da saúde, que terão na estrutura um centro de anatomia”, afirmou Miguel Sanches.

“É um projeto inovador, que vai trazer mais segurança, mais conforto para as pessoas que precisam da Polícia Científica e para os alunos da área da saúde da UEPG, que terão uma experiência de formação melhor”, completou o reitor.

A ideia é que, uma vez instalada a estrutura, os serviços de medicina legal e de criminalística que Ponta Grossa já possui migrem para a nova unidade. O prédio usado atualmente para estes serviços ficará com a custódia de vestígios, o que será um grande benefício, conforme destacou o diretor-geral da Polícia Científica.

“Na universidade teremos laboratórios de uso compartilhado, com espaço para ensino e pesquisa e para a atividade de perícia criminal. A proposta é de uma estrutura moderna, inovadora, que gerará um atendimento melhor para a população e uma economia para o serviço público como um todo”, afirmou Grochock.

PRESENÇAS – Participaram da reunião o deputado o chefe de engenharia da Secretaria da Segurança Pública, tenente-coronel Ivan Fernandes; e o assessor da Polícia Científica na Secretaria, Ciro Pimenta; e os deputados estaduais Rodrigo Estacho e Hussein Bakri, líder do governo na Assembleia.

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa