“O Paraná tem o melhor projeto para o Exército”, diz governador sobre Escola de Sargentos

Confira o áudio desta notícia


“O Paraná tem o melhor projeto para o Exército”, diz governador sobre Escola de Sargentos
Foto: AEN
© AEN

O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o comandante-geral do Exército Brasileiro, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, visitaram nesta sexta-feira (9) o terreno de 45 quilômetros quadrados localizado em Ponta Grossa que é finalista na concorrência para receber a Nova Escola de Sargentos do Exército. 

Junto de uma comitiva formada pelo vice-governador Darci Piana, pela prefeita de Ponta Grossa Elizabeth Schmidt e pelo alto comando do Exército, as autoridades realizaram um sobrevoo sobre o local, que atualmente é sede da Fazenda Modelo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Em terra, o grupo também participou do “giro do horizonte”, uma apresentação dos domínios e detalhes do terreno.

“Estamos há um ano trabalhando nesse projeto. Nós fomos selecionados entre três estados do Brasil e agora estamos fazendo a lição de casa. Apresentamos a área, as condições, a infraestrutura, os investimentos. Eu acredito que nós temos o melhor projeto para o Exército brasileiro”, afirmou o governador Ratinho Junior.

A visita é a primeira do comandante do Exército ao Paraná, e foi iniciada com uma recepção no Palácio Iguaçu e um almoço no Forte do Pinheirinho, em Curitiba. A agenda reforçou as intenções do Estado em abrigar a nova instituição, que vai integrar duas unidades do Exército: a Escola de Sargentos das Armas (ESA), localizada atualmente em Três Corações (MG), e a Escola de Sargentos de Logística, do Rio de Janeiro. 

A nova unidade deve atrair um contingente de cerca de 8 mil pessoas, somando 2,5 mil alunos por ano a instrutores, corpo administrativo e familiares dos militares, o que representará um marco de desenvolvimento para o município dos Campos Gerais. O investimento total é estimado em R$ 1,5 bilhão. 

“Fizemos uma apresentação sobre as vantagens de estar em Ponta Grossa, como localização, infraestrutura, investimentos. Essa é a maior escola de sargentos da América Latina. É um investimento bilionário que dura mais de cem anos. Agora cabe a eles a decisão. Estamos confiantes”, acrescentou o governador.

Além de Ponta Grossa, são finalistas na escolha as cidades de Santa Maria (RS) e Recife (PE). Inicialmente, 16 municípios brasileiros concorriam ao posto. A decisão ficará por conta do Órgão Colegiado Superior do Exército.

“Estamos vendo tecnicamente todas as condicionantes de estrutura das cidades, rede hospitalar, rodovias, estradas, logística, instalações de área, tudo está sendo considerado”, explicou o general Paulo Sérgio.

"Em Ponta Grossa, viemos ver a área que será destinada a esse projeto e até agosto, setembro, vamos decidir. É uma proposta muito boa, vemos o engajamento do Governo com o município", salientou o comandante. "Nossa intenção é levar em consideração todos esses aspectos. Torcemos pelas três, que vença a melhor, mas o mais importante é ver que o Paraná tem muita chance de sediar a futura Escola de Sargentos do Exército". 

Governador apresentou ao Comando do Exército Brasileiro o projeto de Ponta Grossa. Foto: Jonathan Campos/AEN

DIA HISTÓRICO – A prefeita Elizabeth Schmidt pontuou que esse é um dia histórico para a cidade. “Tivemos a oportunidade de apresentar para o general Paulo Sérgio e toda a sua comitiva qual o potencial que temos e o que estamos oferecendo. O Paraná todo está unido em busca de uma conquista espetacular para nossa região”, reforçou. “Ponta Grossa vai ser outra. Será uma pequena cidade dentro de uma grande cidade”.

O diretor-geral da Secretaria de Estado da Segurança Pública, João Alfredo Zampieri, é responsável pela interlocução com o Exército para a possível implantação da escola em Ponta Grossa. Ele destaca que, uma vez instalada a unidade, a cidade e o Estado se tornarão referências para as instituições militares não só no Brasil, como também fora do País.

"A escola vai receber um investimento alto, de cerca de R$ 1,5 bilhão, e terá uma duração centenária. Ela vai colocar o Paraná em destaque na área de formação militar. Já temos uma tropa muito especializada do Exército, e a Escola de Sargentos vai dar uma projeção muito grande ao Paraná como celeiro de militares do Brasil", disse. 

Ele explica que os sargentos desempenham um papel técnico dentro do Exército, o elo que liga o oficial à tropa. Na Escola de Sargentos, esses militares terão uma formação de tecnólogos em diferentes áreas, tanto para a preparação para a guerra como para áreas técnicas.

DESFILE – A agenda da comitiva seguiu com um desfile de tanques blindados no 3° Regimento de Carros de Combate (3RCC), que concentra alguns dos melhores veículos do Exército brasileiro. A comitiva inspecionou a Força de Prontidão (FORPRON) da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada, da qual o 3RCC faz parte. A FORPRON consiste em uma força militar com prontidão permanente para missões do Exército. Os militares que integram a força podem cumprir missões de combate ou atuar como Força Expedicionária e Força de Paz.

O encontro contou com uma palestra do comandante da brigada, general Sérgio Martins, sobre os destaques do regimento. Dentre os veículos apresentados, estão carros de combate, viaturas de transporte de soldados, artilharia antiaérea, destacamento logístico e lança-pontes. 

“Fizemos uma importante visita ao Comando Militar do Sul e estamos satisfeitos com o que vimos nos últimos dias. Pudemos ver o nível de excelência da preparação da nossa tropa, pronta para cumprir a sua missão de defesa da Pátria”, afirmou o general Paulo Sérgio na visita, acompanhado do vice-governador.

Apesentação do Exército em Ponta Grossa. Foto: Gilson Abreu/AEN

PRESENÇAS – Participaram do encontro o vice-governador Darci Piana; o presidente da Embrapa, Celso Luiz Moretti; o diretor de Gestão Institucional da Embrapa, Tiago Toledo Ferreira; os secretários de Estado da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares; da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara; da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; o comandante de Operações Terrestres, general José Luiz Dias Freitas; o comandante Militar do Sul, general Valério Stumpf Trindade; o comandante da 5ª Divisão, general de Divisão Carlos José Russo Assumpção Penteado; o comandante da 3ª Divisão do Exército, general de Divisão Hertz Pires do Nascimento; o comandante da 14ª Brigada de Infantaria Motorizada, general de Brigada Sidnei Prado; o comandante da 5ª Região Militar, general de Brigada Ronaldo Morais Brancalione; o diretor de Ensino Preparatório e Assistencial, general de Divisão Francisco Carlos Machado Silva; o chefe do Estado Maior do Exército, general Marcos Antonio Amaro dos Santos; o chefe do Departamento de Engenharia e Construção, general Júlio César de Arruda; o chefe do Departamento de Educação e Cultura do Exército, André Luís Novaes Miranda; o assessor do Departamento de Educação e Cultura do Exército, general de Divisão Joarez Alvez Pereira; o diretor de Patrimônio Imobiliário de Meio Ambiente do Exército, general Paulo Alípio Valença; o major Sérgio Vieira Benício, representando a Casa Militar; a gerente de Projetos da Paraná Projetos, Tyeme Bando; o vice-prefeito de Ponta Grossa, Saulo Hladyszwski; o presidente da Câmara Municipal, Daniel Milla Fraccaro; e o assessor de projetos da Prefeitura de Ponta Grossa, Henrique do Vale.

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa