Estado vai implementar 183 postos em municípios menores para intermediar vagas de emprego

Confira o áudio desta notícia


Estado vai criar 183 postos avançados para ampliar atendimento nas Agências do Trabalhador. Foto: Geraldo Bubniak/AEN
© Geraldo Bubniak/AEN

A Secretaria estadual da Justiça, Família e Trabalho vai ampliar o atendimento aos trabalhadores paranaenses com a criação de 183 Postos Avançados do Sine nos municípios que não possuem Agências do Trabalhador. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (7).

A ação se dará através do Departamento do Trabalho e Estímulo à Geração de Renda, da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), em parceria com as prefeituras. É um desdobramento do projeto Emprega Mais Paraná, e tem como objetivo facilitar o encaminhamento de trabalhadores em todos os 399 municípios.

Cada Posto Avançado estará vinculado à Agência do Trabalhador do município mais próximo e contará com suporte dos Escritórios Regionais da Sejuf. Os atendimentos serão presenciais, mediante agendamento e seguirão todos os protocolos das autoridades sanitárias, além dos decretos municipais.

“A ação foi desenvolvida para diminuir o custo de trabalhadores que hoje têm um gasto adicional de deslocamento até as cidades que têm uma Agência do Trabalhador”, explicou o secretário Ney Leprevost. “É uma alternativa para dar oportunidade igualitária para todos os paranaenses”.

Nestes postos avançados, além do atendimento ao trabalhador que busca uma colocação no emprego formal, também será feito o atendimento daquelas pessoas que necessitam solicitar seu benefício do seguro-desemprego. Essas unidades facilitarão o acesso do trabalhador à capacitação profissional, ao microcrédito e demais programas relacionados à política de trabalho, emprego e renda no Estado.

“Acreditamos que a ação ajudará no avanço, tanto na economia local como também no atendimento às necessidades laborais dos cidadãos com informações precisas”, disse a chefe do Departamento de Trabalho e Estímulo a Geração de Renda, Suelen Glinski.

Pelo programa, as prefeituras vão ceder um funcionário e a estrutura física para a instalação da unidade e a Sejuf oferecerá a capacitação ao servidor e o acesso para o gerenciamento do sistema local de intermediação de vagas de emprego. A previsão é de iniciar a implantação neste mês em São Jorge do Patrocínio.

EMPREGO – Essa política tem como foco ampliar ainda mais as contratações no Paraná. O Estado fechou os primeiros cinco meses do ano com o melhor saldo na geração de empregos desde 2011, além do segundo melhor resultado para maio no mesmo período.

No acumulado do ano foram abertas 103.432 vagas com carteira assinada, número muito superior ao registrado entre janeiro e maio de 2020, durante o momento mais restritivo da pandemia, que teve saldo negativo de 47.696 vagas. O Paraná teve resultados positivos em todos os meses de 2021, além de recordes na geração de empregos formais no primeiro trimestre e no primeiro quadrimestre do ano. 

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa