Paraná é o 6º que mais aplicou vacinas contra Covid-19; 10% da população está imunizada

Confira o áudio desta notícia


Vacina Oxford/AstraZeneca para imunizacao  em  Foto: Geraldo Bubniak/AEN
© Foto: Geraldo Bubniak

O Paraná é o 6º estado do País que mais aplicou vacinas contra a Covid-19 em números absolutos e já ultrapassou a imunização completa (duas doses) de 10,7% da população geral, estimada em 11,5 milhões. O levantamento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) nesta quarta-feira (9) mostra que 4.107.914 imunizantes foram aplicados no Paraná desde 18 de janeiro, sendo quase 3 milhões de pessoas imunizadas com a primeira dose e 1,2 milhão com as duas.

De acordo com o relatório, apenas São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Bahia aplicaram mais doses. Além do Paraná, são os únicos na casa de 4 milhões. No índice de eficiência medido pelo Vacinômetro federal, que mede a efetividade do trabalho dos estados, o Paraná aparece em quinto (70,3% das doses recebidas foram aplicadas), atrás apenas de Rio Grande do Sul, Goiás, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul.

Com esses números, o Estado já atingiu a imunização com primeira dose de quase um quarto da população geral (24,90%) e com as duas doses de 10,77%. No primeiro indicador, é a 4ª melhor média do País. No segundo, que leva em consideração o esquema completo, a média é a 6ª melhor do País.

“O Governo do Estado não tem medido esforços para acelerar o processo de imunização em todo o Paraná. Lançamos campanhas de vacinação De domingo a domingo e o Corujão da Vacinação para possibilitar maior alcance da vacina, além de realizarmos forças-tarefas para envio das doses que em 24h já estão disponíveis nos municípios”, afirmou o governador do Estado, Carlos Massa Ratinho Junior.

GRUPO PRIORITÁRIO – O Estado aplicou até a manhã desta quarta-feira 2.867.883 primeiras doses e 1.240.031 segundas doses. Em relação ao público alvo que consta no vacinômetro nacional, o Paraná alcançou 61% com a primeira dose e 26,4% com a segunda. “Pretendemos finalizar os grupos prioritários o mais rápido possível e reforçar a vacinação na população geral, para que todos os paranaenses possam ser imunizados o quanto antes”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

Esse grupo é formado por pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas, pessoas com deficiência institucionalizadas, povos Indígenas, trabalhadores de saúde, idosos com mais de 60 anos, ribeirinhas, quilombolas, pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas, pessoas com deficiências permanente, população de rua, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, trabalhadores da Educação do Ensino Básico e da Assistência Social, trabalhadores da Educação do Ensino Superior, forças de segurança e salvamento, Forças Armadas, trabalhadores de transporte coletivo, ferroviários, aeroportuários, caminhoneiros, portuários, industriais e trabalhadores da limpeza urbana.

Em paralelo, seguindo orientação do Governo do Estado, todos os 399 municípios já começaram o processo de imunização da população em geral de 18 a 59 anos. A medida foi possível graças a uma separação de doses enviadas pelo Ministério da Saúde.

DOSES RECEBIDAS – O Paraná já aplicou mais de 70% das 5.837.960 doses enviadas pelo Ministério da Saúde. Nesta semana serão enviadas para o Interior mais 382 mil doses dos imunizantes Pfizer e AstraZeneca, com expectativa de aumentar ainda mais os números da vacinação.

“Temos capacidade para aplicar mais de 150 mil doses por dia no Paraná, mas para isso precisamos de vacinas disponíveis. Atualmente as doses restantes no Estado já estão destinadas para atendimento a grupos prioritários ou segundas doses”, explicou Beto Preto.

Confira o levantamento da Secretaria de Estado da Saúde.

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa