Outubro Rosa

Em Brasília, governador apresenta ao comando do Exército projeto de Ponta Grossa para a ESA

Confira o áudio desta notícia


O governador Carlos Massa Ratinho Junior apresentou nesta quinta-feira (19) ao comandante-geral do Exército Brasileiro, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, o projeto de Ponta Grossa para sediar a Escola de Sargentos das Armas (ESA) da instituição. Foto: Jonathan Campos/AEN
© JONATHAN CAMPOS

O governador Carlos Massa Ratinho Junior apresentou nesta quinta-feira (19) ao comandante-geral do Exército Brasileiro, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, o projeto de Ponta Grossa para sediar a Escola de Sargentos das Armas (ESA) da instituição. O município dos Campos Gerais concorre com Santa Maria (Rio Grande do Sul) e Recife (Pernambuco) – as três finalistas entre 18 locais prospectados no País.

No encontro, na sede do Quartel General do Exército, em Brasília, ficou estabelecido que uma comitiva liderada pelo comandante-geral vem ao Paraná nos dias 8 e 9 de julho, atendendo a um convite do Governo do Estado.

“A delegação militar vai visitar Curitiba e Ponta Grossa para conhecer detalhes técnicos do nosso projeto, como a área que está sendo oferecida para a instalação da ESA”, afirmou Ratinho Junior. “A reunião foi muito produtiva, pudemos explicar todas as condições que o Paraná oferece. Saímos otimistas do encontro”.

O governador lembrou que a infraestrutura e a localização geográfica são pontos que pesam muito a favor de Ponta Grossa. Citou, por exemplo, que a cidade é a quarta em número de habitantes no Paraná, com uma população de 355 mil pessoas. É o município de maior porte mais próximo de Curitiba – fica a 108 quilômetros da Capital, a cerca de 130 quilômetros do Aeroporto Internacional Afonso Pena e a 200 quilômetros do Porto de Paranaguá.

Mais que isso, reforçou Ratinho Junior, é um ramal logístico, com entroncamento rodoviário que permite acesso fácil às demais regiões paranaenses e aos estados vizinhos, além de um aeroporto recentemente remodelado com disponibilidade de voos diários para São Paulo.

“Ponta Grossa separou uma área nobre de quase 50 quilômetros quadrados para a construção da Escola de Sargentos das Armas. É uma cidade com bom porte, infraestrutura adequada e que tem atraído muitos investidores. Estamos otimistas com essa disputa”, disse o governador.

TERRENO – A candidatura paranaense oferece um terreno de 4,5 mil hectares no distrito de Itaiacoca, onde hoje está instalada a Fazenda Modelo da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Em contrapartida, o Exército destinaria à Embrapa uma área no município vizinho de Palmeira.

Além disso, um segundo espaço, de 18 quilômetros quadrados, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, complementa a estrutura – o local será disponibilizado para a realização do que o Exército chama de instruções especiais (prática de atividades de campo).

Em abril uma comitiva do Exército esteve em Ponta Grossa para conhecer o local de possível instalação da unidade. Representantes da prefeitura e do Governo do Estado apresentaram os potenciais e a estrutura do município. As Forças Armadas contam com outras estruturas no município: o 13º Batalhão de Infantaria Blindada (13º BIB), o Esquadrão de Comando da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada e o Comando da 5ª Brigada de Cavalaria Blindada.

Visita do governador ao general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira. Foto: Jonathan Campos/AEN

ESA – Criada em 1945, a Escola Sargento Max Wolf Filho está instalada em Três Corações (Minas Gerais) desde 1949. É um estabelecimento de ensino superior do Exército voltado à formação de sargentos de Infantaria, Cavalaria, Artilharia, Engenharia e Comunicação. Com a possibilidade de ampliar a formação, o Exército iniciou os estudos para a sua transferência. O empreendimento deve receber investimentos de R$ 1,2 bilhão e reunir um contingente que pode chegar a 10 mil pessoas.

A intenção do Exército é finalizar a escolha do local que vai receber a ESA no início do segundo semestre deste ano. “O Paraná está preparado para receber a ESA. Estamos muito empenhados em trazer esses investimentos e a formação do Exército para o Estado”, reforçou Ratinho Junior.

PRESENÇAS – Participaram da reunião os secretários Sandro Alex (Infraestrutura e Logística) e Norberto Ortigara (Agricultura e Abastecimento); o chefe do escritório de representação do Governo do Paraná em Brasília, Rubens Bueno II; e a gerente de projetos da Paraná Projetos, Tyeme Calheiros Bando.

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa