Governador anuncia construção de 1.479 casas e um condomínio de idosos em Arapongas

Confira o áudio desta notícia


O governador Carlos Massa Ratinho Junior anuncia nesta quinta-feira (13) novos recursos para Arapongas, no Norte do Paraná. São investimentos para a Santa Casa, estradas rurais, pavimentação de ruas e avenidas, um parque urbano e moradias populares. 13/05/2021 - Foto: Geraldo Bubniak/AEN
© Geraldo Bubniak

Arapongas receberá quase R$ 200 milhões de novos investimentos em habitação popular. O anúncio foi feito pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior nesta quinta-feira (13) no mesmo evento da liberação de R$ 57,6 milhões e se refere a dois novos projetos que estão sendo desenvolvidos por meio do programa Casa Fácil Paraná: um novo condomínio de 40 residências para idosos e a construção de 1.479 casas populares pela construtora Pacaembu.

“Todos sabem do meu carinho com a cidade de Arapongas, e ela hoje será contemplada com 1,5 mil casas. Elas não se tratam de um conjunto habitacional comum: são planejadas em toda a sua estrutura, com uma lógica de organização, algo inovador e moderno”, ressaltou Ratinho Junior. “Quando uma cidade polo vai bem, ela ajuda todos os municípios do seu entorno. Temos um corredor de boas cidades entre Maringá e Londrina, um vetor de desenvolvimento do Estado que vem se industrializando a cada dia”.

“O anúncio concretiza um sonho de Arapongas em ter um condomínio para idosos, pensado pelo Governo para atender as pessoas da melhor idade”, afirmou Jorge Lange, diretor-presidente da Cohapar. “Também reafirmamos o compromisso do Estado na construção das unidades habitacionais para as famílias de baixa renda, com quase 1,5 mil novas casas para a cidade“. 

Sergio Onofre, prefeito de Arapongas, celebrou os investimentos anunciados com apoio do Governo do Estado. “Quando uma cidade cresce, ela cresce para toda a região, valorizando os municípios vizinhos. Arapongas tem buscado recursos para ajudar seu povo, e são eles que usufruem das nossas conquistas”, afirmou.

CONDOMÍNIO DOS IDOSOS – O governador assinou a autorização para a licitação de um condomínio para idosos na cidade. O Residencial Cidade Jardim faz parte da modalidade Viver Mais Paraná, voltado a pessoas com mais de 60 anos, e consiste na construção de um conjunto residencial fechado com 40 moradias e uma ampla infraestrutura de saúde, lazer e espaços de convivência. 

O projeto, orçado em R$ 5 milhões, terá casas adaptadas para idosos sozinhos ou em casal, com segurança 24 horas, ambulatório básico, horta comunitária, academia ao ar livre, piscina para hidroginástica, salão de festas e quiosques de jogos. 

O contrato prevê que os futuros moradores do conjunto recebem acompanhamento de médicos, enfermeiros e assistentes sociais do município periodicamente em suas residências. Além do trabalho dos técnicos municipais, a Prefeitura de Arapongas contribuiu com a doação da área para a construção do empreendimento, com mais de 12 mil metros quadrados.

PARCERIA PÚBLICO-PRIVADA – Ratinho Junior também falou sobre a construção de 1.479 casas populares viabilizadas em uma parceria do Governo do Estado, por meio da Cohapar, com a construtora Pacaembu. O empreendimento será financiado pela Caixa Econômica Federal com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e faz parte de uma série de investimentos planejados pela empresa paulista, totalizando cerca de 9 mil unidades habitacionais no Paraná até o fim de 2022. 

O Residencial Bem Viver Arapongas será localizado na região Oeste da cidade, no prolongamento da Rua Tangará. Cada casa terá 43,85 metros quadrados. O projeto também prevê a construção de um centro comercial anexo ao bairro.

Segundo a construtora, a previsão de Volume Geral de Vendas (VGV) é de R$ 184 milhões. Fred Escobar, diretor de relações institucionais da Pacaembu Construtora, lembrou que são 1.400 novas oportunidades de moradia. "É geração de renda, de emprego e de oportunidade para as pessoas definitivamente saírem do aluguel e conquistarem o sonho da casa própria”, afirmou.

A previsão de início da comercialização dos imóveis é no segundo semestre de 2021. O financiamento será feito exclusivamente pela Caixa Econômica Federal em até 360 meses, através do programa habitacional Casa Verde e Amarela do Ministério do Desenvolvimento Regional.

A participação do Governo do Estado se dará por meio da assessoria técnica da Cohapar. Dentro dos pacotes habitacionais já anunciados pela Cohapar com a Construtora Pacaembu, estão as cidades de Londrina, Ponta Grossa, Cambé, entre outras.

Como vai ficar o Condomínio do Idoso de Arapongas

CASA FÁCIL – Os anúncios em Arapongas se dão um dia após o lançamento da nova modalidade do Casa Fácil Paraná, realizado nesta quarta-feira (12) em Curitiba. Com o novo programa, o Estado libera R$ 450 milhões do tesouro estadual para viabilizar o valor de entrada em um imóvel próprio para famílias com renda de até três salários mínimos nacionais. Podem ser destinados até R$ 15 mil por família. O projeto tem o objetivo de diminuir em 10% o déficit habitacional no Estado, que atualmente é de 322 mil moradias, segundo pesquisa realizada pela Cohapar.

“Hoje temos a primeira assinatura do maior programa habitacional do Brasil, o Casa Fácil, que vai atender famílias com renda de até três salários mínimos e que tem um diferencial: que o Estado dá a entrada para a pessoa poder fazer seu financiamento”, reforçou o governador. “Estamos nos organizando para levar esse programa a todos os municípios do Paraná”.

Interessados no futuro Residencial Bem Viver Arapongas poderão pleitear participação da nova modalidade do projeto, garantindo o valor da entrada. “O Governo do Estado vai participar na entrada para essas casas. As famílias vão poder ser contempladas com essa ajuda, unindo os dois projetos”, lembrou Jorge Lange. "Temos programas que atendem todas as classes. Pensamos em habitação para todos os cidadãos do Paraná”.

COMO PARTICIPAR – Tanto no caso dos idosos interessados em participar da seleção do condomínio quanto as famílias que desejam obter o subsídio de R$ 15 mil, é necessário realizar uma inscrição no cadastro online da Cohapar. As inscrições estão disponíveis no site www.cohapar.pr.gov.br/cadastro.

MAIS RECURSOS – No evento, o governador também anunciou a liberação de recursos para diversas obras a serem realizadas na cidade de Arapongas. Além dos R$ 194 milhões destinados à habitação, outros R$ 57,6 milhões serão destinados à criação do novo Parque de Arapongas, urbanização de ruas, reforma e ampliação de um centro nutricional, ampliação da estação de tratamento de esgoto e ainda um convênio com a Santa Casa de Arapongas para a construção de um novo pronto socorro e da primeira UTI neonatal da cidade.

PRESENÇAS – Participaram do evento o secretário do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, João Carlos Ortega; o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara; o secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes; o secretário da Saúde, Beto Preto; os deputados federais Filipe Barros, Luiza Canziani e Pedro Lupion; os deputados estaduais Tiago Amaral e Cobra Repórter; o presidente da Câmara Municipal de Arapongas, Rubens Franzin Manoel; o diretor de negócios da Pacaembu, Fernando Almeida; o provedor da Irmandade da Santa Casa de Arapongas, Leonardo Daleffe Pereira; e prefeitos da região.

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa