Outubro Rosa

Governador dá início às obras de mais uma duplicação na PR-323

Confira o áudio desta notícia


O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta quinta-feira (22) do lançamento da pedra fundamental das novas obras de duplicação da PR-323, no Noroeste do Estado. O trecho que recebe as intervenções tem 6,3 quilômetros, entre Doutor Camargo e o Rio Ivaí, com investimento de R$ 38,3 milhões, fruto da parceria com o Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID).- Foto: Geraldo Bubniak/AEN
© Geraldo Bubniak/AEN

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta quinta-feira (22) do lançamento da pedra fundamental das novas obras de duplicação da PR-323, no Noroeste do Estado. O trecho que recebe as intervenções tem 6,3 quilômetros, entre Doutor Camargo e o Rio Ivaí, com investimento de R$ 38,3 milhões, fruto da parceria com o Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID).

As intervenções ainda estão na etapa de serviços preliminares, que compreendem limpeza de camada vegetal e levantamento topográfico. A expectativa é entregar a obra em 2022.

A duplicação se soma ao trecho praticamente concluído entre Paiçandu e Doutor Camargo, obra de cerca de R$ 80 milhões, e vai ampliar a capacidade e a segurança de uma rodovia que tem tráfego pesado e ajuda a escoar a produção da região.

Além desses dois contratos, outro investimento de R$ 59,3 milhões vai possibilitar a implantação de terceiras faixas de Doutor Camargo a Iporã. Serão 20 pontos em locais críticos da rodovia, totalizando 24 quilômetros. Também já iniciou a duplicação do perímetro urbano da PR-323 em Umuarama, com a construção de um viaduto no Trevo Gauchão.

“A PR-323 é um dos maiores eixos rodoviários do Paraná, e que já deveria ter sido duplicada há muito tempo para ampliar a sua capacidade de trafegabilidade e trazer mais segurança aos motoristas e moradores", disse o governador. "Desde o início da gestão nos comprometemos com a modernização dessa rodovia, é um sonho que aos poucos vai se realizando".

O secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, afirmou que o Estado tem um olhar especial para a infraestrutura rodoviária, que estava defasada há anos. "Estes investimentos resolvem gargalos desse importante eixo logístico do Paraná, e foi uma demanda que o governador nos trouxe já no início da gestão", destacou.

De acordo com ele, a PR-323, que é estadual, tem fluxo e características de tráfego de uma rodovia federal. “É uma rodovia que tem que ser tratada com prioridade na questão dos investimentos, da logística e da segurança. Muitas vidas foram perdidas porque a rodovia já estava saturada, há um grande movimento da população para que haja essas melhorias”, ressaltou.

PR-323, um dos principais corredores logísticos do Paraná. Foto: Jonathan Campos/AEN

CORREDOR – A PR-323 é a principal ligação entre as regiões Norte e Noroeste e passa por várias cidades do Estado. A rodovia suporta toda movimentação proveniente do polo têxtil e o escoamento da safra de importantes regiões produtoras paranaenses, além de proporcionar ligação com o Mato Grosso do Sul e países do Mercosul.

Para o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti, além da questão estratégica no escoamento da produção, esta intervenção também atende a demanda da população, que usa a PR-323 para acessar outros centros do Estado. "Este é um corredor de extrema importância, seja para escoar a produção até Paranaguá, seja no deslocamento das pessoas. Esse tipo de intervenção aumenta a segurança e reduz muito o índice de acidentes", disse Furiatti.

O segmento da rodovia que está iniciando as obras vai do km 174,2 ao 180,5. Além da duplicação, o projeto prevê a implantação de vias marginais e de um viaduto que dará acesso a Doutor Camargo. Também faz parte do projeto um ponto de retorno entre o km 178 e o 180, para quem vem de Doutor Camargo e precisa voltar ao município. A velocidade diretriz da rodovia será de 80 km/h.

Segundo o prefeito de Doutor Camargo, Édilen Henrique Xavier, o Mineiro, as obras resolvem problemas graves de segurança do trecho. "Essa era uma demanda muito antiga não só da nossa cidade, mas de toda a região. Esse trabalho vai trazer desenvolvimento para o município, atrair investimento e principalmente salvar vidas", disse o prefeito. "Temos um alto número de acidentes especialmente na entrada da cidade, muitas vidas já foram perdidas nesta que é uma das rodovias mais perigosas do Brasil".

Dados disponibilizados pelo DER-PR apontam que o local registrou 67 acidentes entre 2014 e 2019, dos quais sete tiveram vítimas fatais e 28 deixaram pessoas feridas.

Lançamento da pedra fundamental da nova duplicação. Foto: Geraldo Bubniak/AEN

PRIMEIRO TRECHO – Durante a solenidade também foi liberado para tráfego um trecho de nove quilômetros que vai se conectar a este novo que está em início de trabalhos. Em fevereiro, o Governo do Estado já havia concluído a obra do primeiro trecho de cerca de 10 quilômetros, de Paiçandu ao distrito de Água Boa, entre os quilômetros 153 e 164.

CONCESSÃO – A PR-323 também está entre as vias que o governo federal inseriu no novo programa de concessões de rodovias do Paraná, que deve ir a leilão na Bolsa de Valores. O projeto que está sendo discutido pelo Ministério da Infraestrutura prevê a concessão de 3.327 quilômetros de estradas federais e estaduais em todas as regiões. Com investimentos na ordem de R$ 42 bilhões, estão planejadas duplicações de 1.700 quilômetros de rodovias, implantação de 253 quilômetros de faixas adicionais nos trechos já duplicados e de 104 quilômetros de terceiras faixas para apoio ao trânsito.

PRESENÇAS – Acompanharam a solenidade em Doutor Camargo o deputado federal Luiz Nishimori; os deputados estaduais Tiago Amaral, Evandro Araújo, Do Carmo, Doutor Batista e Delegado Fernando; além de prefeitos e vereadores dos municípios da região.

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa