Outubro Rosa

Crianças do MST visitam o Palácio Iguaçu

Confira o áudio desta notícia


Cerca de 400 crianças do Movimento de Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) fizeram uma visita, nesta sexta-feira (18), ao Palácio Iguaçu, sede do Executivo estadual. Vindas de diversos acampamentos e assentamentos de todo o Paraná, elas estão em Curitiba para o 13º Encontro Estadual dos Sem Terrinha, que começou na terça-feira (16) e termina nesta sexta.-  Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Cerca de 400 crianças do Movimento de Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) fizeram uma visita, nesta sexta-feira (18), ao Palácio Iguaçu, sede do Executivo estadual. Vindas de diversos acampamentos e assentamentos de todo o Paraná, elas estão em Curitiba para o 13º Encontro Estadual dos Sem Terrinha, que começou na terça-feira (16) e termina nesta sexta.

Além de participarem de um piquenique nos gramados do Palácio, os Sem Terrinha entregaram ao superintendente-geral de Diálogo e Interação Social (Sudis), Mauro Rockembach, um manifesto que aborda temas como o direito ao brincar e à educação de qualidade. A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte mantém um convênio com o MST para a manutenção das escolas itinerantes presentes em acampamentos do Paraná, que foi renovado recentemente.

Rockembach afirmou que a Sudis mantém a porta aberta aos movimentos sociais do Estado e recebe reivindicações de diversos grupos. “Muitas pessoas, não só do movimento social pela terra, como também indígenas, quilombolas, ciganos e outras minorias, que nunca estiveram no Palácio. estão sendo recebidas para dialogar”, disse.

“Nosso papel é ser a porta de entrada da sociedade civil organizada, do terceiro setor, movimentos sociais e entidades dentro do Governo do Estado. Ouvimos as reivindicações e necessidades e fazemos a interface com outros órgãos e secretarias”, explicou o superintende. “A questão das escolas itinerantes e da educação nos acampamentos e assentamentos do MST já estão sendo encaminhadas com a Secretaria da Educação, além de outras questões, como a melhoria de estradas para o transporte escolar”, salientou.

ENCONTRO – Os encontros estaduais dos Sem Terrinha acontecem a cada dois anos em Curitiba, reunindo crianças de seis a 12 anos de diferentes cidades paranaenses. Eles são intercalados com eventos nos próprios assentamentos e acampamentos, também realizados a cada dois anos. “O grande objetivo é dar a oportunidade de as crianças brincarem, lutarem pelos seus direitos e conhecer coisas novas, incluindo espaços públicos como o Palácio Iguaçu e a Assembleia Legislativa”, afirmou Maria Izabel Grein, do setor de Educação do MST.

Nesta semana, elas participaram de diversas atividades lúdicas e educativas em uma chácara em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana. Na visita à capital, participaram de uma audiência pública na Assembleia Legislativa do Paraná na quinta-feira (17) e também visitaram outros espaços públicos. As atividades terminam com uma visita ao Zoológico de Curitiba.

Bianca Ubaldino Donaris, de 11 anos, veio do Acampamento Fidel Castro, de Centenário do Sul (Oeste), para sua primeira participação no encontro estadual. “A gente participa de várias coisas, são várias brincadeiras, gincanas e muitas coisas legais, além de conhecer vários amigos”, contou. “Nunca imaginei que conheceria o Palácio do Governo, é um lugar enorme, muito bacana”, disse.

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa