Rádio - Notícias

19/03/2021

Governo envia doações de paranaenses para vítimas das enchentes no Acre


O Governo do Estado enviou 48 mil peças de roupas doadas por paranaenses para a população do Acre, atingida por fortes enchentes no mês passado. As doações foram feitas nas sedes do Corpo de Bombeiros a partir de uma ação conjunta do Poder Público e da sociedade civil. A ação, iniciada em 25 de fevereiro, foi coordenada pela Superintendência Geral de Ação Solidária e contou com o apoio da Coordenadoria Estadual da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros. A coleta foi realizada durante quinze dias, em diversos pontos do Estado, inclusive nas sedes de órgãos da administração estadual. Para a primeira-dama Luciana Saito Massa, que preside o Conselho de Ação Solidária, o sentimento é de gratidão imensa a todos que compartilharam a solidariedade nesta campanha. As 48 mil peças de roupa foram higienizadas e separadas por gênero e tamanho. Elas vão ser entregues em Rio Branco para a Secretaria de Assistência Social do Acre, que ficará responsável pela distribuição às famílias locais. As roupas foram enviadas em três caminhões da Defesa Civil paranaense, que partiram de Curitiba na manhã desta sexta-feira, e a expectativa é que a viagem dure entre três e quatro dias. Segundo o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Fernando Schunig, a campanha foi um sucesso e demonstrou mais uma vez a solidariedade do povo paranaense. Ele destaca que a viagem é longa, mas as ações de ajuda humanitária não vão parar pela distância. //SONORA CEL FERNANDO SCHUNIG.// De acordo com o Coronel Schunig, são conhecidas as dficuldades logísticas das regiões mais extremas do Brasil por conta da sua dimensão. Por isso a ação em conjunto com a primeira-dama do Estado, Luciana Saito Massa, que liderou o pedido de que o Paraná fosse solidário e ajudasse os irmãos do Acre. //SONORA CEL FERNANDO SCHUNIG.// As intensas chuvas no Acre em fevereiro causaram uma das maiores inundações de sua história, atingindo cerca de 130 mil pessoas, o que provocou o decreto de situação de emergência nos municípios. Além disso, o Estado também enfrenta a situação da pandemia de Covid-19, da dengue e conflitos migratórios na região. O Paraná recebeu o prêmio de “Estado mais solidário do Brasil”, concedido pelo programa Pátria Voluntária do Ministério da Cidadania em março de 2020. A premiação foi criada como uma forma de reconhecimento e fomento às práticas cidadãs promovidas em todo o país. Na ocasião, o Paraná ocupou os três primeiros lugares do pódio da premiação, que somou o número de horas de atividades voluntárias realizadas por organizações da sociedade civil, do setor público, empresarial ou por pessoas físicas. (Repórter: Marcelo Galliano)


Recomendar esta página via e-mail: