Outubro Rosa

Rádio - Notícias

02/06/2014

Beto Richa lança Central de Transparência Carcerária e de Informação de Flagrante


A partir desta segunda-feira, o Portal da Transparência do Governo do Paraná passa a disponibilizar, também, o Portal da Transparência Carcerária. A central foi desenvolvida pela Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, em parceria com a Secretaria da Segurança Pública e Celepar. Lançada pelo governador Beto Richa nesta segunda-feira, em solenidade no Palácio Iguaçu, a central permite dois níveis de acesso a informações sobre as pessoas presas no Estado. Já os órgãos envolvidos na execução penal, tais como o Ministério Público, Defensoria Pública, OAB Paraná, além do Poder Judiciário e das secretarias de Estado da Justiça e da Segurança Pública, vão ter acesso ao nome, informações familiares e toda a vida prisional da pessoa detida. No mesmo encontro, Beto Richa também assinou protocolo de intenções para uma parceria entre o Governo do Estado, o Ministério Público Federal, a Universidade Federal do Paraná, a Harris School of Public Policy, da Universidade de Chicago, e a Celepar. O objetivo é promover atividades conjuntas de pesquisa, aperfeiçoamento de informações gerenciais e definição de políticas públicas relacionadas à população carcerária, principalmente na questão relacionada ao porte de drogas. Beto Richa afirmou que o modelo de gestão prisional do Paraná, já serve de modelo para outros estados brasileiros.// SONORA BETO RICHA// Um dos destaques do sistema de gestão do sistema carcerário do Paraná é a redução no número de presos nas delegacias de polícia, como enfatizou o governador durante a reunião. Instituídas por Decreto, a central, www.transparenciacarceraria.pr.gov.br, disponibiliza dados sobre o Sistema Carcerário, especialmente em relação à visão gerencial das portas de entrada e de saída do Sistema de Execução Penal. De acordo com a secretária da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Maria Tereza Uille Gomes, esta visão gerencial importante para conhecer mais sobre o sistema carcerário.// SONORA MARIA TEREZA UILLE GOMES// Para o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Guilherme Luiz Gomes a Central de Transparência Carcerária concretiza um avanço no desenvolvimento de políticas públicas para a população carcerária, o que vai ao encontro das ações do sistema judiciário Estadual. Ele destacou que estas ações contribuem de forma significativa para melhorar a Segurança Pública do Paraná.// SONORA GUILHERME LUIZ GOMES// A secretária da Justiça, Maria Tereza, adiantou que, com base nesta central lançada, ainda este mês deve começar a funcionar a Central Estadual de Informação de Flagrantes, que vai ser um canal para a consulta de informações por todos os órgãos do Sistema de Justiça e Instituições de Ensino Superior. Como isso, acontece acesso imediato aos mandados de prisão expedidos pelo Poder Judiciário, que permitirá regular a entrada de presos no sistema prisional paranaense. Durante a cerimônia, a secretária Maria Tereza entregou ao governador Beto Richa o troféu do Prêmio ODM Brasil recebido pela Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos no último dia 23 de maio pelo projeto Visão de Liberdade, desenvolvido na Penitenciária Estadual de Maringá. (Repórter: Juliane Silva)


Recomendar esta página via e-mail: