A Secretaria de Estado da Saúde inaugurou nesta quinta-feira (6), em Curitiba, a nova sala de situação que vai monitorar, prever e identificar situações preocupantes e problemas de saúde da população. O espaço funcionará como um núcleo de ciência de dados, fazendo o tratamento de informações sobre agravos de saúde registrados no Paraná.  -  Curitiba, 06/12/2018  -  Foto: Divulgação SESA

Sala de situação vai monitorar saúde no Estado

A Secretaria de Estado da Saúde inaugurou nesta quinta-feira (6), em Curitiba, a nova sala de situação que vai monitorar, prever e identificar situações preocupantes e problemas de saúde da população. O espaço funcionará como um núcleo de ciência de dados, fazendo o tratamento de informações sobre agravos de saúde registrados no Paraná.

Os dados servirão para fundamentar o planejamento da saúde no Estado, permitindo a identificação de situações críticas e a melhor forma de enfrentá-las.

O secretário de Estado da Saúde, Antônio Carlos Nardi, disse que atualmente a percepção analítica do perfil epidemiológico presente em uma população é indispensável ao planejamento das políticas públicas de saúde. Por isso, ressalta o secretário, a necessidade de se investir em ferramentas de gestão da informação estratégica em saúde.

“As salas de situação em saúde permitem que as informações, além de serem tratadas, sejam disponibilizadas de forma qualificada, permitindo que os gestores, a partir delas, adotem as estratégias mais apropriadas para incrementar o atendimento à população”, afirmou o secretário.

HISTÓRICO – O coordenador da sala de situação, Raul Bely, explica que o projeto nasceu em 2011, diante da necessidade de monitoramento das informações a respeito dos casos de dengue no Paraná. A partir de 2013, foi lançada a ideia de implantar uma sala de situação em saúde que pudesse abordar todos os temas relevantes em saúde pública por meio tecnologias que permitissem a integração de sistemas e avaliação de dados.

“Trata-se de um projeto que foi muito bem planejado. A proposta da sala de situação é manter uma equipe de cientistas de dados atuando no tratamento e qualificação de dados e uma equipe de analistas/epidemiologistas, apoiando a Secretaria da Saúde no monitorando da situação de saúde no Estado e definição de prioridades”, afirma Raul.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
A Secretaria de Estado da Saúde inaugurou nesta quinta-feira (6), em Curitiba, a nova sala de situação que vai monitorar, prever e identificar situações preocupantes e problemas de saúde da população. O espaço funcionará como um núcleo de ciência de dados, fazendo o tratamento de informações sobre agravos de saúde registrados no Paraná.  -  Curitiba, 06/12/2018  -  Foto: Divulgação SESA
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro