Videoconferência discute desafios no enfrentamento às violências

A Secretaria de Estado da Saúde e o Núcleo da Paz promovem nesta sexta-feira (9), das 9h às 12h, a videoconferência Desafios da Intersetorialidade no Enfrentamento às Violências. O evento que será transmitido para as 22 Regionais de Saúde do Estado é voltado para os profissionais que trabalham na rede de proteção social do Paraná e demais interessados. A videoconferência também poderá ser acompanhada online, através do link http://webcast.pr.gov.br/videoconf/eventos/1/.

Este será o quarto encontro promovido em 2018 pelo Núcleo Estadual Intersetorial de Prevenção de Violências e Promoção da Saúde e da Cultura da Paz como estratégia de divulgação e sensibilização para a cultura da paz. A ideia é incentivar e qualificar as discussões sobre o tema entre profissionais da saúde, educação, assistência social, políticas para mulheres e comunidade em geral das diferentes regiões do Estado.

De acordo com um dos coordenadores do Núcleo da Paz, Emerson Luiz Peres, a violência é um fenômeno complexo, multidimensional e multifatorial que causa forte impacto à saúde e aos direitos individuais e coletivos.

“A estratégia mais reconhecida hoje para atuar de forma eficaz na proteção infantojuvenil e na atenção à mulher em situação de violência, bem como de prevenção às diversas formas de violência, é o trabalho em redes. Por isso escolhemos abordar essa questão nesta conferência”, diz Peres.

PROGRAMAÇÃO – Durante a videoconferência haverá duas palestras. Na primeira, com a assistente social e doutora em Educação Zelimar Soares Bidarra, da Unioste de Toledo, o foco será a intersetorialidade e trabalho em rede como estratégias para a prevenção da violência.

A segunda palestra será a da doutora em Enfermagem Terezinha Maria Mafioletti, da Universidade Federal do Paraná (UFPR), que apresentará uma avaliação da experiência de Curitiba com o trabalho em rede com mulheres em situação de violência. Após as palestras haverá espaço para questionamentos e debate entre os participantes.

A técnica da Política da Promoção da Cultura da Paz e Prevenção das Violências, Bernadete Carraro, ressalta o alcance das discussões sobre o tema. “Queremos levar essas discussões para o maior número possível de pessoas. Enfrentar a violência e promover uma cultura de paz exige o comprometimento de todos os setores da sociedade”, destaca Bernadete.

Informações sobre a videoconferência e outras ações do Núcleo Estadual Intersetorial de Prevenção de Violências e Promoção da Saúde e da Cultura da Paz podem ser obtidas pelo telefone (41) 3330-4545 ou pelo e-mail http://nucleodapaz@sesa.pr.gov.br.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa