Os resultados das provas do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 apontam que os cursos de graduação avaliados nas sete universidades estaduais continuam registrando ótimos índices. Dentre os 221 cursos avaliados pelo Ministério da Educação, 18 obtiveram a nota máxima 5; e 93 alcançaram o conceito 4.Foto: Arnaldo Alves / ANPr.

Universidades têm 18 cursos com nota máxima no Enade

Os resultados das provas do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 apontam que os cursos de graduação avaliados nas sete universidades estaduais continuam registrando ótimos índices. Dentre os 221 cursos avaliados pelo Ministério da Educação, 18 obtiveram a nota máxima 5; e 93 alcançaram o conceito 4.

O objetivo do exame é avaliar o conhecimento dos estudantes do último ano dos cursos de graduação sobre o conteúdo programático, suas habilidades e competências. O conceito do Enade é apresentado em cinco categorias (1 a 5), sendo que 1 é o resultado mais baixo e 5 é o melhor resultado possível, na área.

“Cerca de 90% dos nossos cursos avaliados tiveram um bom resultado no Enade com cursos que se destacam em grande parte das universidades estaduais. Temos um ambiente que favorece a formação de excelência nas nossas instituições e isso vem refletindo nas avaliações do MEC e em outros rankings nacionais e internacionais”, destacou o secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Décio Sperandio.

Sete cursos da Universidade Estadual de Maringá (UEM) conquistaram o conceito máximo 5, de acordo com dados divulgados, esta semana, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão ligado ao MEC.

Para o reitor Julio Damasceno, o desempenho dos cursos da UEM é o resultado de muito esforço coletivo e investimento. “A UEM possui um quadro de servidores, técnicos e docentes, que se qualificam constantemente e que, na maior parte das vezes, se dedicam integralmente à universidade”, disse.

CURSOS - Os cursos com a nota máxima foram Arquitetura e Urbanismo, Artes Visuais, Ciências da Computação, Ciências Sociais (L), Engenharia Civil, Engenharia de Produção - Agroindústria, e Letras/Inglês. Vale ressaltar que a somatória de 44 cursos avaliados inclui as ênfases de cada graduação, a modalidade (presencial e a distância) e a categoria bacharelado ou licenciatura.

Na Universidade Estadual de Londrina (UEL) o destaque do MEC é para o curso de Música que obteve o melhor desempenho do país. O curso atingiu conceito 5 (nota máxima) e conceito contínuo 4,6031. Dos 24 cursos avaliados da Universidade, referentes às Ciências Exatas, Licenciaturas e Áreas afins, mais de 70% obtiveram conceito 5 e 4.

Segundo a coordenadora do colegiado do curso de Música da UEL, do Centro de Educação, Comunicação e Artes (Ceca), Helena Munari Nicolau Loureiro, a avaliação mostra o resultado do trabalho do corpo docente no sentido de formar os chamados "músico professor".

"Esse profissional é aquele que tem sua competência musical tão consistente quanto a competência pedagógica, buscando a excelência como músico e como professor de música. Ele encara a formação de forma contínua, a partir da base na graduação", afirma.

Além do curso de Música, os cursos com a nota máxima foram Engenharia Elétrica (1º colocado entre as estaduais do país), Educação Física Licenciatura (2º colocado entre as estaduais), e Letras/Inglês (3º colocado entre as estaduais do país).

Na Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) foram 15 cursos com conceitos considerados de excelência, ou seja, com notas 4 ou 5. Obtiveram a nota máxima os cursos de Letras Português/Inglês (licenciatura), Matemática (Licenciatura), Ciências da Computação (Bacharelado) e Letras Português (Licenciatura). Foram avaliados 31 cursos.

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) também teve 28 cursos avaliados, com destaque para Pedagogia com nota 5 no exame. Outros 13 cursos obtiveram nota 4. Do total de cursos da instituição que fizeram as provas, dez aumentaram a nota; e 11 mantiveram o conceito. A UEPG tem a maioria de seus cursos avaliados com conceitos 3 e 4.

Já na Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), formandos de 28 cursos de graduação participaram das provas do Enade. Desse total, 19 obtiveram conceitos considerados de excelência – ou seja, notas 4 ou 5. A licenciatura em Letras Português, ofertada no campus de Irati, obteve conceito 5.

O curso de Ciências da Computação (Licenciatura) da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) atingiu a nota máxima 5 e outros 6 cursos obtiveram conceito 4, dos 18 avaliados. Dos 42 cursos avaliados na Universidade Estadual do Paraná (Unespar), 12 alcançaram conceito 4. Foram 36 com nota satisfatória, o que representa um percentual de 85,72%.

NO PAÍS - Em todo o Brasil, foram avaliados 10.570 cursos, sendo 10.054 presenciais e 516 de EaD, de 1.478 Instituições de Educação Superior. A cada ano o Enade se dedica a um ciclo avaliativo trienal.

O Conceito Enade foi calculado com base no desempenho dos estudantes no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) 2017. É feito por estudantes ao final dos cursos de graduação para avaliar conhecimentos, competências e habilidades desenvolvidas ao longo do curso. O Enade é componente curricular obrigatório dos cursos de graduação e é composto por uma prova para avaliação individual de desempenho do estudante e um Questionário do Estudante.

Até o final do ano o Inep deve divulgar o Conceito Preliminar do Curso (CPC), que envolve a avaliação de cada curso da instituição. Por fim, será divulgado a nota do Índice Geral de Cursos (IGC), relativa à avaliação da universidade, e que é resultante dos Conceito Enade e CPC, além de outros fatores.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
Os resultados das provas do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2017 apontam que os cursos de graduação avaliados nas sete universidades estaduais continuam registrando ótimos índices. Dentre os 221 cursos avaliados pelo Ministério da Educação, 18 obtiveram a nota máxima 5; e 93 alcançaram o conceito 4.Foto: Arnaldo Alves / ANPr.
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa