A governadora Cida Borghetti inaugurou neste sábado (30), em Toledo, no Oeste do Estado, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Rio Toledo. A Sanepar investiu R$ 20 milhões na construção da nova unidade, que foi instalada em menos de seis meses e vai substituir quatro estações localizadas em regiões populosas da cidade.  -  Toledo, 30/06/2018.  -  Foto: Jonas Oliveira/Governadoria
Foto: Jonas Oliveira Acesse a galeria de fotos

Cida entrega estação de tratamento e recursos para saúde em Toledo

A governadora Cida Borghetti inaugurou neste sábado (30), em Toledo, no Oeste do Estado, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Rio Toledo. A Sanepar investiu R$ 20 milhões na construção da nova unidade, que foi instalada em menos de seis meses e vai substituir quatro estações localizadas em regiões populosas da cidade.

Cida também autorizou a abertura de licitação para a construção da nova estrutura do hemonúcleo e de uma nova unidade de saúde na cidade, além de firmar convênios com outros municípios da região Oeste.

A governadora destacou que junto com a ETE Norte, já inaugurada, a nova estação vai ampliar a capacidade de coleta e tratamento de esgoto no município.  “Vai possibilitar uma qualidade de vida melhor à população de Toledo. O saneamento traz melhores condições para que as pessoas vivam com saúde e qualidade”, afirmou.

Com capacidade de tratar 100 litros de dejetos por segundo, a nova ETE vai ampliar a capacidade de tratamento no município. Com isso, as estações Paulista, Bressan, Dom Pedro e Parizotto, situadas em locais de grande adensamento demográfico, podem ser desativadas e acabar com um problema que incomodava a comunidade, pois as instalações passaram a dividir espaço com os moradores.

O prefeito de Toledo, Lúcio de Marchi, destacou a velocidade com que a unidade foi implantada. “Foram seis meses para a execução, enquanto uma convencional demoraria até três anos. A obra permitiu tirar as estações de tratamento do Centro da cidade, que incomodavam a população”, disse. “É um investimento que proporciona saúde pública e se multiplica nas ações de desenvolvimento humano”, afirmou.

“As estações antigas eram um problema para Toledo. Foi resolvida a questão na região Norte, que substituiu duas outras estações antigas. Esta unidade substitui outras estações e também resolve problemas ambientais”, explicou o presidente da Sanepar, Ricardo Soavinski.

DESMONTÁVEL — A nova estação de tratamento é desmontável e remanejável, pois vai operar temporariamente até a conclusão da ETE Sul, prevista para 2022. Em poucos anos, 100% da população de Toledo deverá ser atendida com coleta e tratamento de esgotos. Hoje, o índice de cobertura na cidade é de 80%. O percentual está acima da média do Paraná, de 70%, e bem superior à do Brasil, que hoje é de 48%.

HEMONÚCLEO – A obra do Hemonúcleo de Toledo vai ampliar em 30% a capacidade de coleta de sangue e hemoderivados. O investimento é estimado de R$ 2,6 milhões. Atualmente, a Unidade de Coleta e Transfusão de Toledo coleta em média cerca de 600 bolsas de sangue por mês. A instituição é responsável pela coleta e distribuição de sangue em 31 instituições de saúde de 18 municípios da região, entre hospitais e clínicas.

O novo espaço terá 800 m² de área construída, com ampla recepção, consultórios de triagem clínica, salas administrativas, almoxarifado, estoque refrigerado e área de distribuição das bolsas de sangue e hemocomponentes.

UNIDADE DE SAÚDE — A governadora também autorizou o repasse de R$ 600 mil para a construção de uma unidade básica de saúde da Vila Nova. Os recursos são do Programa Estadual de Qualificação da Atenção Primária – APSUS.

Será construída uma unidade tipo I, que possui capacidade para atender uma população de até 4 mil pessoas, e uma equipe de saúde da família. O repasse de recursos é feito na modalidade fundo a fundo, do Fundo Estadual de Saúde ao Fundo Municipal, sem a necessidade de convênio.

OUTROS MUNICÍPIOS — Também foram assinados convênios de aproximadamente R$ 2 milhões com os municípios de Alto Piquiri, Pato Bragado, Santa Helena e Terra Roxa. Os recursos são da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e serão utilizados para a aquisição de equipamentos, revitalização de praça e construção de um novo pavilhão na cidade de Terra Roxa.

A governadora assinou ainda a ordem de serviço para obras na Escola Indígena Kauá Mamboê, no município de Diamante do Oeste. Serão destinados R$ 982 mil para ampliação e construção de salas de aula, biblioteca e laboratório.

PRESENÇAS — Participaram da solenidade o chefe da Casa Civil, Dilceu Sperafico; o secretário da Segurança Pública, Júlio Reis; o deputado federal Alex Canziani; o deputado estadual José Carlos Schiavinato; chefes de Núcleo e prefeitos da região.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
A governadora Cida Borghetti inaugurou neste sábado (30), em Toledo, no Oeste do Estado, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Rio Toledo. A Sanepar investiu R$ 20 milhões na construção da nova unidade, que foi instalada em menos de seis meses e vai substituir quatro estações localizadas em regiões populosas da cidade.  -  Toledo, 30/06/2018.  -  Foto: Jonas Oliveira/Governadoria
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa