Em Maringá, governadora confirma viaduto do Trevo do Catuaí

Confira o áudio desta notícia


A governadora Cida Borghetti assinou nesta sexta-feira (28) o convênio para recuperação do asfalto de 11,6 quilômetros do Anel Viário Prefeito Sincler Sambatti, o Contorno Sul de Maringá, no Noroeste do Estado. Ela também autorizou a liberação de recursos para a construção de um viaduto na Avenida Colombo, nas proximidades do Trevo do Shopping Catuaí. - Maringá/Pr, 29.06.2018 - Foto Jonas Oliveira/Governadoria
© Jonas Oliveira

A governadora Cida Borghetti autorizou nesta sexta-feira (28) a liberação dos recursos necessários para a construção de um viaduto na Avenida Colombo, nas proximidades do Trevo do Shopping Catuaí, em Maringá. O DER-PR está finalizando a análise orçamentária e deve lançar o edital dentro de 15 dias.

O projeto para o viaduto foi desenvolvido pela concessionária Viapar e doado ao Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR). A obra não está prevista no contrato de concessão e por esse motivo será feita com recursos próprios do Estado. A estimativa de custo é entre R$ 35 milhões e R$ 40 milhões.

Segundo a governadora, a obra deve resolver o maior gargalo do trânsito de Maringá, colocando fim nos congestionamentos que ocorrem na região. “O trevo atual causa transtornos para motoristas que trafegam naquela área a caminho do Aeroporto de Maringá ou que precisam acessar as cidades vizinhas. O viaduto vai melhorar a fluidez do trânsito na região”, afirmou Cida.

O prefeito da cidade, Ulisses Maia, concorda que o viaduto é a única solução para o trecho. “O Trevo do Catuaí não atende só Maringá, mas principalmente os nossos municípios vizinhos. Vamos salvar vidas e dar agilidade ao trânsito, que vai fluir normalmente”, explicou.

ASFALTO - Além de confirmar a construção do viaduto, a governadora também assinou convênio com o município para recuperação do asfalto de 11,6 quilômetros do Anel Viário Prefeito Sincler Sambatti, o Contorno Sul de Maringá. Na mesma solenidade foram firmados convênios com nove cidades para treinamento de técnicos municipais no serviço de licenciamento ambiental.

“São duas obras de infraestrutura muito importantes, que além de salvar vidas e dar segurança no trânsito, vai trazer mais agilidade e desafogar o tráfego, principalmente nos horários de maior movimento”, afirmou a governadora. “Precisamos de um Paraná melhor, próspero e desenvolvido. As ações aqui em Maringá demonstram que o Estado está atento ao desenvolvimento, a infraestrutura e segurança”, afirmou a governadora.

Com a assinatura do convênio, a prefeitura pode iniciar os processos licitatórios da obra. “Estamos estudando um projeto para a construção de um novo contorno, que é hoje uma avenida que dá acesso a 20 bairros”, disse o prefeito Ulisses Maia. “Enquanto isso não acontece, faremos o recape completo com a liberação do Governo do Estado deste recurso”.

INVESTIMENTO – O valor total do convênio é de R$ 13,4 milhões, sendo R$ 12,7 milhões de investimento do Governo do Estado, via Secretaria de Infraestrutura e Logística, e uma contrapartida de R$ 672 mil do município.

O Anel Viário foi construído na década de 80 e desde então passou somente por processos de recuperação emergencial (tapa-buracos). A via é um entroncamento importante da região que faz a ligação entre a BR-376 e a PR-317. O trecho é bastante utilizado por quem precisa se deslocar até Londrina ou Curitiba e também em direção ao Oeste do Estado.

PRESENÇAS — Participaram da solenidade os secretários da Fazenda, José Luiz Bovo; e da Segurança Pública, Julio Reis; a comandante-geral da PM, coronel Audilene Dias Rocha; o delegado-geral da Polícia Civil, Naylor de Lima; os deputados federais Ricardo Barros e Alex Canziani; e os deputados estaduais Maria Victória e Evandro Júnior.

Confira a galeria de fotos desta notícia

Acesse a galeria de fotos

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa