A governadora Cida Borghetti recebeu nesta quarta-feira (13), no Palácio Iguaçu, prefeitos de dez municípios pertencentes a Associação dos Municípios de Entre Rios (Amerios), para discutir projetos de desenvolvimento econômico na região. Entre eles, a construção do novo frigorífico, em Iporã, que vai fomentar toda a cadeia do agronegócio nessas cidades. - Curitiba/Pr, 13.06.2018 - Foto Jonas Oliveira/Governadoria
Foto: Jonas Oliveira Acesse a galeria de fotos

Prefeitos propõem instalar frigorífico de aves em Iporã

A governadora Cida Borghetti recebeu nesta quarta-feira (13), no Palácio Iguaçu, prefeitos da Associação dos Municípios de Entre Rios (Amerios), no Noroeste do Paraná, para discutir projetos de desenvolvimento econômico na região. Entre os projetos está a construção de um novo frigorífico de aves, em Iporã, para fomentar a cadeia do agronegócio nessas cidades.

Foi tratado do apoio do Governo do Estado para a compra de equipamentos para a unidade, um montante de aproximadamente R$12 milhões. O investimento total do projeto será de cerca de 50 milhões, já com capital de giro. A iniciativa é coletiva, dos municípios.

A governadora sinalizou de maneira positiva e, afirmou, que o convênio está sendo preparado. Ela disse que irá até Iporã, na próxima semana, para anunciar mais essa obra. “Já estou acompanhando essa demanda há algum tempo e sei da necessidade desse empreendimento para alavancar economicamente toda a região. Quero assinar esse convênio na própria cidade”, disse Cida.

PROJETO – Há mais de um ano o projeto está sendo estudado na Secretaria de Estado da Agricultura. Ele envolve a construção de um barracão e um abatedouro regional, com a ajuda do governo para compra de equipamentos. De acordo com o prefeito de Pérola e presidente da Amerios, Darlan Scalco, a unidade terá capacidade para abater cerca de 120 mil frangos por dia, com início de 60 mil. A previsão é de geração de cerca de 2 mil empregos até o final do projeto.

Segundo Scalco, com a saída de um grande frigorífico de Iporã, mais de 130 aviários, localizados nestes 10 municípios, estão parados e 2 mil pessoas que trabalhavam na unidade ficaram sem emprego. “Um aviário dá um retorno de cerca de R$ 16 mil por ano ao município em ICMS. Ou seja, os municípios diminuíram a receita e as famílias não têm mais como obter seu sustento. Por isso, estamos nos unindo para gerar empregos e renda dentro da região”, disse.

DESENVOLVIMENTO - O prefeito de Iporã, Roberto da Silva, disse que a construção da indústria é fundamental para elevar a qualidade de vida da população e movimentar a economia não só da cidade, mas de toda a região. “O frigorífico vai gerar emprego e renda e atenderá os nossos produtores. Percebemos o compromisso desse governo com os municípios, não só com as ações básicas de saúde, educação e infraestrutura, mas também, em desenvolvimento. É de grande sensibilidade a iniciativa da governadora Cida, que junto com a sua equipe, apoia o nosso projeto”, afirmou.

PRESENÇAS - Participaram da reunião os secretários da Agricultura e Abastecimento, George Hiraiwa, e da Fazenda, José Luiz Bovo; o chefe da Casa Civil, Dilceu Sperafico, o assessor da governadoria, Alceni Guerra; os deputados estaduais Alexandre Curi, José Carlos Shiavinato e Tião Medeiros e o diretor-geral da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, Luiz Lazaro Sorvos.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
A governadora Cida Borghetti recebeu nesta quarta-feira (13), no Palácio Iguaçu, prefeitos de dez municípios pertencentes a Associação dos Municípios de Entre Rios (Amerios), para discutir projetos de desenvolvimento econômico na região. Entre eles, a construção do novo frigorífico, em Iporã, que vai fomentar toda a cadeia do agronegócio nessas cidades. - Curitiba/Pr, 13.06.2018 - Foto Jonas Oliveira/Governadoria
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa