Governadora Cida Borghetti, acompanhada da secretária de Estado da Educação, Lúcia Aparecida Cortez, assina ordem de serviço para obras de melhorias no ginásio de esportes do Colégio Estadual do Paraná. Participaram da solenidade os secretários Fernando Ghignone, da Administração e Previdência, Luiz Fiani, da Cultura, Edgar Bueno, de Assuntos Estratégicos, o presidente da Fundepar, Sérgio Brun, a diretora do CEP, Tânia Acco, e o superintendente da Paraná Educação, Juarez Dietrich.Curitiba, 16/04/2018.Foto: Arnaldo Alves/ANPr

Começa o restauro do ginásio de esporte do Colégio Estadual

A governadora Cida Borghetti assinou nesta segunda-feira (16) a ordem de serviço para início das obras de restauração completa do ginásio de esportes do Colégio Estadual do Paraná, a maior e uma das mais antigas unidades da rede estadual de ensino, inaugurada há 68 anos.

A obra, no valor de R$ 1,68 milhão, vai restaurar completamente a estrutura, que está com infiltrações, fiação comprometida e problemas no piso. Os vestiários e as quatro salas de aula do ginásio também serão reformados. O prazo de execução é de 10 meses.

“O Colégio Estadual é tombado pelo Patrimônio Histórico e faz parte da vida dos paranaenses. A primeira etapa de restauração será no ginásio, mas todo o prédio receberá melhorias necessárias”, afirmou a governadora . O processo de licitação começa ainda neste semestre.

Cida disse que obras de restauro farão parte das politicas públicas educacionais e que a meta do Governo do Estado é tornar o Paraná referência para o País nessa área. “Precisamos de escolas impecáveis para dar condições de trabalho aos profissionais e ambiente adequado para os alunos. Isso contribui para que a educação seja ferramenta de transformação da sociedade”, enfatizou.

A obra de restauro explicou que a obra de restauro do ginásio de esporte do Colégio Estadual,  explicou a secretária de Estado de Educação, Lúcia Cortez, seguirá as recomendações do Ministério da Cultura para preservação do patrimônio público e adequação às normas de acessibilidade. “Restaurar o ginásio é necessário pela rotatividade de alunos que utilizam o espaço diariamente. Além da questão da segurança, o restauro também é uma forma de resgatar a história deste colégio”, disse Lúcia.

Para a diretora Tânia Acco o restauro do espaço trará um grande ganho para o ensino. “Teremos o ginásio nas condições ideais para a formação esportiva dos alunos”, disse. Ela lembrou que o ginásio é utilizado também para ensaios e eventos.

OUTRAS PARTES - O presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), Sérgio Brun, explicou que o processo licitatório para a restauração de outras partes do colégio deverá ser lançado ainda no primeiro semestre deste ano. O orçamento previsto é de R$ 21 milhões. “Já temos alocada uma suplementação no orçamento do Colégio e os projetos estão praticamente concluídos. Vamos colocar o Colégio Estadual do Paraná em condições de atender a demanda dos paranaenses como ele merece”, afirmou Brun.

O projeto arquitetônico de restauração do prédio principal do Colégio Estadual foi feito pela Volkswagen do Brasil, como contrapartida aos incentivos recebidos dentro do programa Paraná Competitivo.

GANHO PARA O ENSINO - Atualmente 893 alunos, professores e funcionários do colégio usam o espaço para treinar pilates, tênis de mesa, vôlei e handball. Durante o período de obras, o Colégio Estadual continuará oferecendo atividades esportivas, mas contará com o empréstimo de locais alternativos como praças municipais e a quadra do comando da Polícia Militar para que os treinos continuem.

MUSEU E PLANETÁRIO - A sede atual do Colégio Estadual do Paraná foi inaugurada no dia 29 de março de 1950. A instituição oferece o ensino fundamental - do 6° ao 9° ano, com 12 turmas, 412 alunos; o ensino médio e o ensino profissional com 106 turmas e 3.359 alunos. O colégio possui cinco laboratórios de informática, de química, de física e de biologia, salas especiais para artes e para o Centro de Línguas do Colégio Estadual do Paraná.

O Estadual abriga, também, o auditório Bento Mossurunga, o Salão Nobre, o Museu Guido Straube e o Planetário. Além de todos estes espaços também faz parte do Estadual o Observatório Astronômico Professor Doutor Leonel Moro, localizado em Campo Magro, na Região Metropolitana de Curitiba.

PRESENÇAS - Participaram do evento de autorização do início das obras os secretários de Estado João Luiz Fiani (Cultura), Fernando Ghignone (Administração e Previdência), Edgar Bueno (Assuntos Estratégicos) e o superintendente da Paraná Educação Juarez Dietrich.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
Governadora Cida Borghetti, acompanhada da secretária de Estado da Educação, Lúcia Aparecida Cortez, assina ordem de serviço para obras de melhorias no ginásio de esportes do Colégio Estadual do Paraná. Participaram da solenidade os secretários Fernando Ghignone, da Administração e Previdência, Luiz Fiani, da Cultura, Edgar Bueno, de Assuntos Estratégicos, o presidente da Fundepar, Sérgio Brun, a diretora do CEP, Tânia Acco, e o superintendente da Paraná Educação, Juarez Dietrich.Curitiba, 16/04/2018.Foto: Arnaldo Alves/ANPr
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro