Comitiva sul-coreana visita Estação de Tratamento de Água Iguaçu, da Sanepar.Curitiba, 23/03/2018.Foto: Ney Martins

Coreanos apresentam tecnologia simplificada de saneamento

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) recebeu nesta quinta e sexta-feira (22 e 23 de março) a visita de uma comitiva de profissionais da Agência de Saneamento da cidade de Gyeongju, na Coreia do Sul. Eles vieram a Curitiba apresentar uma tecnologia exclusiva e inovadora para o tratamento de água e de esgoto, criada por técnicos coreanos e em uso naquela cidade. A apresentação ocorreu no Centro de Tecnologias Sustentáveis da Sanepar (CETS).

Segundo o diretor de Meio Ambiente da Sanepar, Glauco Machado Requião, o modelo sul-coreano apresenta alta qualidade e velocidade superior a processos tradicionais de tratamento e baixo custo de implantação e de operação, que é bastante simplificada.

Uma equipe de técnicos da Sanepar esteve na Coreia do Sul em 2017 para conhecer o modelo in loco. “Em razão das vantagens, estamos aprofundando os estudos para avaliar a aplicabilidade ou não dessa tecnologia na nossa realidade no Paraná. Algumas perguntas ainda precisam ser respondidas para testarmos esse modelo”, disse.

MEMORANDO - A visita ao Brasil é fruto das tratativas já ocorridas entre as duas instituições no ano passado,  que resultaram na assinatura de um Memorando de Entendimento. O documento, assinado em 28 de setembro de 2017, busca promover o intercâmbio entre as duas entidades, com vistas à inovação, projetos de pesquisa e desenvolvimento nos setores de água e esgoto.

Além de dar a palestra, a comitiva sul-coreana também visitou o Laboratório Central da Sanepar, Estação de Tratamento de Água Iguaçu, Estação de Tratamento de Esgoto Santa Quitéria e o Museu do Saneamento.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
Comitiva sul-coreana visita Estação de Tratamento de Água Iguaçu, da Sanepar.Curitiba, 23/03/2018.Foto: Ney Martins
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro