A Polícia Militar e a Polícia Civil apresentaram nesta quarta-feira (14/02), durante uma coletiva de imprensa, os suspeitos de atirarem em uma adolescente, de 14 anos, no início da madrugada em Pontal do Paraná (PR). Eles foram localizados por volta de 11h na casa de familiares no balneário de Ipanema, juntamente com a arma de fogo e o veículo Xsara Picasso que teriam sido utilizados na ação criminosa.Pontal do Paraná, 14/02/2018.Foto: Soldado André Gonçalves

Suspeito de atirar contra adolescente é preso no Litoral

A Polícia Militar e a Polícia Civil apresentaram nesta quarta-feira (14/02), durante uma coletiva de imprensa, os suspeitos de atirarem em uma adolescente, de 14 anos, no início da madrugada em Pontal do Paraná (PR). Eles foram localizados por volta de 11h na casa de familiares no balneário de Ipanema, juntamente com a arma de fogo e o veículo Xsara Picasso que teriam sido utilizados na ação criminosa.

Com as informações repassadas pelas vítimas e outras levantadas em diligências, os policiais militares do Serviço de Inteligência do 9º Batalhão de Polícia Militar (9º BPM), juntamente com os policiais civis, trabalharam durante a madrugada para identificar os envolvidos e descobrir a localização deles.

"No momento do crime as informações eram escassas, mas durante a madrugada e a manhã de hoje, com base nos depoimentos de familiares e de testemunhas, foi abordada a residência dos suspeitos e efetuada a prisão em Pontal do Paraná", disse o Comandante do 9º Batalhão, tenente-coronel Rui Noé Barroso Torres.

Com a dupla, de 26 e 36 anos, foi apreendido o carro e a arma de fogo (pistola calibre .380), com oito munições intactas. A dupla foi entregue na Delegacia de Ipanema para que as medidas cabíveis sejam tomadas. "Eles estavam na casa da família e com as malas prontas para voltarem a Curitiba. A arma foi encontrada na bolsa da esposa de um dos homens. Eles não reagiram e confessaram o crime aos policiais", disse o Comandante de Policiamento da Unidade (CPU) de Pontal do Paraná, tenente Rodrigo Bandeira.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Jorge Azor, a arma utilizada no crime tem numeração e está registrada. "Agora o caso segue o processo legal, eles serão autuados em flagrante e encaminhados para ficar à disposição da Justiça; as investigações continuam", afirmou.

O CASO - Por volta de 01h43 de quarta-feira (14/02) uma equipe da Subárea de Pontal do Paraná patrulhava pelo balneário de Ipanema quando foi abordada por pessoas que estavam num Fiat Palio, as quais relataram terem se envolvido numa discussão de trânsito na PR 412 com ocupantes de um Citroën Xsara Picasso, os quais teriam atirado contra o veículo e atingido uma adolescente, de 14 anos, moradora de Paranaguá, que estava dentro do carro com a família.

Diante da situação, a equipe prestou apoio às pessoas abrindo caminho pela rodovia com sirene e giroflex ligado a fim de agilizar a chegada da vítima ao Pronto Socorro de Praia de Leste. A adolescente teve que ser transferida para o Hospital Regional de Paranaguá devido à gravidade do seu quadro de saúde. Segundo informações do hospital ela encontra-se na UTI em estado gravíssimo.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
A Polícia Militar e a Polícia Civil apresentaram nesta quarta-feira (14/02), durante uma coletiva de imprensa, os suspeitos de atirarem em uma adolescente, de 14 anos, no início da madrugada em Pontal do Paraná (PR). Eles foram localizados por volta de 11h na casa de familiares no balneário de Ipanema, juntamente com a arma de fogo e o veículo Xsara Picasso que teriam sido utilizados na ação criminosa.Pontal do Paraná, 14/02/2018.Foto: Soldado André Gonçalves
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa