Depois de 45 anos de sua construção, o Governo do Estado vai ceder o Ginásio de Esportes Darci Cortês, popularmente conhecido como Moringão, ao município de Londrina. O governador Beto Richa recebeu nesta quarta-feira (06) o ofício do prefeito Marcelo Belinati para doação do espaço ao município. O ofício será encaminhado ainda nesta semana para apreciação da Assembleia Legislativa. Curitiba,06/12/2017 Foto:Jaelson Lucas / ANPr
Foto: Jaelson Lucas Acesse a galeria de fotos

Estado vai ceder área do Ginásio Moringão a Londrina

Depois de 45 anos de sua construção, o Governo do Estado vai ceder em definitivo a área do Ginásio de Esportes Darci Cortês, popularmente conhecido como Moringão, ao município de Londrina, no Norte do Paraná. O governador Beto Richa recebeu nesta quarta-feira (06) o ofício do prefeito Marcelo Belinati para doação do espaço ao município. O projeto para doação será encaminhado ainda nesta semana para apreciação da Assembleia Legislativa.

Construído em 1972 em um terreno do Estado, o Moringão é um dos principais espaços de esporte e lazer de Londrina, com capacidade para receber 8 mil pessoas. “A doação vem resolver um entrave burocrático que gerou inúmeros problemas à nossa cidade por 45 anos”, afirmou Belinati. “O Moringão serviu para muitas formaturas, jogos e shows. É uma praça de eventos muito importante para a economia, esporte, cultura e lazer da população de Londrina”, explicou o prefeito.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
Depois de 45 anos de sua construção, o Governo do Estado vai ceder o Ginásio de Esportes Darci Cortês, popularmente conhecido como Moringão, ao município de Londrina. O governador Beto Richa recebeu nesta quarta-feira (06) o ofício do prefeito Marcelo Belinati para doação do espaço ao município. O ofício será encaminhado ainda nesta semana para apreciação da Assembleia Legislativa. Curitiba,06/12/2017 Foto:Jaelson Lucas / ANPr
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa