Equipes de brigadistas do Palácio Iguaçu, sede do poder executivo estadual, fizeram uma simulação de incêndio com abandono das instalações e simulações de resgate de vítimas nesta sexta-feira (06), em Curitiba. Foi a primeira ação dessa natureza feita no local, orientada e coordenada por uma equipe da Defesa Civil do Paraná, com apoio da Casa Militar e do Corpo de Bombeiros. Mais de 200 pessoas, entre funcionários e equipes de segurança, participaram do exercício.Curitiba, 06/10/2017.Foto: José Fernando Ogura/SEAE

Brigadistas fazem simulação de incêndio no Palácio Iguaçu

Equipes de brigadistas do Palácio Iguaçu, sede do poder executivo estadual, fizeram uma simulação de incêndio com abandono das instalações e simulações de resgate de vítimas nesta sexta-feira (06), em Curitiba. Foi a primeira ação dessa natureza feita no local, orientada e coordenada por uma equipe da Defesa Civil do Paraná, com apoio da Casa Militar e do Corpo de Bombeiros. Mais de 200 pessoas, entre funcionários e equipes de segurança, participaram do exercício.

“Executamos este tipo de treinamento para que, em um momento de evento crítico real, todos saibam o que fazer e não haja desespero”, destacou o capitão da Defesa Civil do Paraná, Giuliano de Freitas.

Para Algacir Marcelo Talamini, funcionário do setor de decretos da Casa Civil, essa simulação proporciona mais segurança aos trabalhadores. “Achei interessante essa ação, acredito que dá uma noção de como agir em situações de emergência. Isso deveria ser feito em todos os lugares”, ressaltou.

“Achei a simulação superorganizada e importante para conscientizar todos os funcionários. Agora temos uma orientação de como proceder em casos como esse”, afirmou a assistente contábil Luciane da Luz.

BRIGADISTAS - Cerca de 20 funcionários do Palácio Iguaçu participaram da capacitação, promovida pela Defesa Civil, para se tornarem brigadistas e atuarem em situações de emergência, como incêndios, terremotos, vendavais e primeiros socorros. O curso é de 16 horas, com aulas presenciais e à distância, onde os participantes recebem noções de atendimento de urgência e combate de incêndio.

ESCOLAS – Além do treinamento em prédios públicos ou privados, a Defesa Civil forma brigadistas nas escolas. O programa Brigada Escolar, Defesa Civil na Escola existe desde 2012 no Paraná e virou Lei Estadual em 2015. Cada escola estadual possui uma Brigada Escolar formada por, no mínimo, cinco funcionários.

São três eixos de atuação – a capacitação de brigadistas, a adequação da edificação escolar e o plano de abandono escolar. Mais de 35 mil servidores da educação já participaram do curso e estão aptos para atuar nas escolas. Uma vez por semestre as 2,5 mil escolas estaduais e conveniadas do Paraná fazem um exercício de abandono de prédio como treinamento para situações de emergência.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
Equipes de brigadistas do Palácio Iguaçu, sede do poder executivo estadual, fizeram uma simulação de incêndio com abandono das instalações e simulações de resgate de vítimas nesta sexta-feira (06), em Curitiba. Foi a primeira ação dessa natureza feita no local, orientada e coordenada por uma equipe da Defesa Civil do Paraná, com apoio da Casa Militar e do Corpo de Bombeiros. Mais de 200 pessoas, entre funcionários e equipes de segurança, participaram do exercício.Curitiba, 06/10/2017.Foto: José Fernando Ogura/SEAE
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa