Secretaria de Estado da Educação do Paraná, palestra no auditório do Núcleo de Curitiba sobre diálogos sobre a história e a importância da Educação Patrimonial de Curitiba. 19-06-17. Foto: Hedeson Alves/SEED

Diretores das escolas estaduais participam de curso de memória escolar

Os diretores das 164 escolas da rede estadual de Curitiba participam nesta segunda-feira e terça-feira (19 e 20) do curso de sobre a Memória e Acervo das Escolas Públicas do Estado do Paraná – os Centros de Memória e o Museu da Escola Paranaense. A formação, com duração de oito horas, faz parte das comemorações dos 70 anos da Secretaria de Estado da Educação e tem como objetivo preservar e resgatar a memória da educação pública no Estado.
Em maio, os técnicos dos 32 Núcleos Regionais de Educação (NRE) também participaram do curso que envolve questões relacionadas à memória da educação e das próprias unidades de ensino, a construção de centros de memória e a pesquisa dos acervos e arquivo escolar.
A formação é coordenada pelo Museu da Escola Paranaense e visa assessorar as escolas para a construção e resgate da memória da educação pública paranaense. “A nossa função é dar o embasamento teórico e o acompanhamento prático, aliado à proposta pedagógica, para a criação dos centros de memória das escolas da rede estadual”, disse o coordenador do museu, Cláudio Ogliari.
Ele explica que os acervos vão resgatar, preservar e valorizar a memória e do patrimônio histórico, cultural e documental das escolas da rede estadual de ensino por meio de pesquisa e formação pedagógica em educação patrimonial. “A nossa meta é que cada escola tenha um centro de memória para preservar o patrimônio histórico material e imaterial da educação paranaense”, disse.
O Instituto de Educação Erasmo Pilotto, localizado no Centro da Capital, é uma das instituições de ensino mais antigas da rede estadual de ensino. O colégio, fundando em 12 de abril de 1876, possui, além da história imaterial, equipamentos e mobiliários com mais de 100 anos.
“Era uma preocupação antiga que tínhamos em ter um espaço adequado e específico para preservar essa memória da escola porque a história vai se perdendo com o tempo se não for resgatada e mantida”, disse a diretora Ana Paula de Melo Mano Pacheco.
META - A formação também está inserida no item três do programa Minha Escola Tem Ação (Meta), que prevê a oferta de cursos de formação continuada para avanços no plano de carreira dos profissionais da educação.
A chefe do Departamento de Gestão Educacional da Secretaria, Laureci Schmitz, destacou a importância da formação para a preservação da evolução da educação pública. “Essa formação é fundamental porque os diretores são os responsáveis pelo trabalho pedagógico e também pela preservação da história da escola. Entendemos que é preciso preservar a história material e imaterial, documentos e registros que contam a história da educação paranaense”, disse.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
Secretaria de Estado da Educação do Paraná, palestra no auditório do Núcleo de Curitiba sobre diálogos sobre a história e a importância da Educação Patrimonial de Curitiba. 19-06-17. Foto: Hedeson Alves/SEED
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro