Paraná Competitivo chega à marca de R$ 42,5 bilhões em investimentos

O Paraná Competitivo já contabiliza R$ 42,5 bilhões em investimentos, sendo R$ 24 bilhões de empresas privadas e R$ 18,5 bilhões de estatais. O número de empregos diretos gerados por meio dos incentivos concedidos é de cerca de 100 mil – passando de 400 mil se forem considerados os empregos indiretos.
O programa foi criado em 2011 e há dois meses foi ampliado com o objetivo de atrair novos investimentos e gerar emprego e renda. Foram incluidos mais segmentos, como e-commerce e comércio atacadista industrial.
A autorização para uso de R$ 100 milhões de crédito do ICMS é a novidade mais recente. As empresas enquadradas no programa poderão usar o dinheiro para adquirir bens do ativo imobilizado, inclusive peças e partes de máquinas, e material destinado a investimentos no Estado.
A resolução estabelece que o uso do crédito de ICMS poderá ser de até 50% do valor dos bens a serem adquiridos e a compra dos mesmos, seja para projetos de implantação, expansão, diversificação ou reativação. Investimento deve ser feito em território paranaense.
As empresas interessadas em usufruir do benefício podem solicitar o enquadramento junto ao Governo do Estado, conforme regulamentação prevista no Decreto nº 6.434/2017, que instituiu o novo Paraná Competitivo. Uma das exigências é que elas não possuam pendências com o fisco.
Todos os pedidos relativos ao Paraná Competitivo são atendidos pela Agência Paraná de Desenvolvimento (APD), inclusive os projetos destinados a receber os créditos de ICMS. As empresas interessadas devem acessar o site www.apdbrasil.org.br para dar início aos trâmites.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa