TRABALHO INTERSETORIAL

Fernanda Richa destaca importância da ação integrada para superação da pobreza

Publicado em 17/05/2017 17:30
A redução da miséria e da desigualdade social no Paraná é resultado das ações do programa Família Paranaense, somadas ao trabalho das demais políticas públicas estaduais, executadas em parceria com as prefeituras e entidades sociais. A afirmação foi feita pela secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, nesta quarta-feira (17), em Paranavaí, durante a abertura do Encontro Macrorregional do programa Família Paranaense, no Centro de Eventos de Paranavaí.

“O trabalho intersetorial, envolvendo áreas como saúde, educação, habitação e saneamento, faz com que estas famílias sejam atendidas de forma completa, melhorando a qualidade de vida em todos os aspectos e levando à autonomia”, destacou a secretária.

O encontro, que reúne cerca de 150 pessoas - entre gestores da assistência social e técnicos de outras políticas que fazem parte do programa – acontece até quinta-feira (18). São 41 municípios da região Noroeste que integram as regionais da Secretaria da Família de Cianorte e Paranavaí. Desde março deste ano, 640 servidores de 174 municípios do Estado já participaram das capacitações promovidas pelo Família Paranaense, chamadas de reuniões macrorregionais.

INTERSETORIALIDADE - De acordo com a coordenadora estadual do programa, Letícia Reis, a ação vai qualificar as equipes e fortalecer as ações intersetoriais desenvolvidas com as famílias. “Com a renovação das equipes municipais em 2017, essas capacitações são muito importantes. Alinhar ideias e salientar esse trabalho interligado da rede de atendimento ajuda a aprimorar o programa e qualificar os servidores, melhorando o atendimento às famílias”, afirma.

A gestora de assistência social de São João do Caiuá, Juliana Flôr, destacou que o encontro oferece suporte para o atendimento das famílias em situação de vulnerabilidade de forma intersetorial. “É importante, principalmente para os municípios de pequeno porte, na medida em que permite a troca de experiências. Todos nós - municípios, Estado e União - precisamos estar atentos ao futuro dessas famílias que mais precisam da nossa ajuda”, destacou Juliana.

Para Lucimar Souza Barranco, gestora da assistência social em Guaporema, o programa fortalece e dá respaldo para que o trabalho seja feito de forma integrada em todos os municípios. “Aqui criamos uma rede de conhecimento que demostra a organização e preparo do nosso Estado para combater a pobreza”, explicou Lucimar.

OBRAS – No município de Paranavaí, a secretária da Família visitou as obras da unidade Morumbi da Santa Casa e conheceu o projeto de ampliação da maternidade e as novas alas do hospital, que recebeu recursos do Estado para ampliação de leitos de UTI e diversas melhorias.

“Aqui em Paranavaí está mais um exemplo da atenção que o Governo do Estado tem com a saúde dos paranaenses. Só na unidade Morumbi da Santa Casa o investimento do Estado é de R$ 20 milhões. Com as duas unidades, a capacidade de atendimento vai aumentar 75% e atenderá cerca de 260 mil pessoas de 28 municípios da região”, destacou Fernanda Richa.

Em 2015, o Governo do Estado havia repassado R$ 9 milhões para a primeira etapa das obras da unidade Morumbi da Santa Casa. Foram construídos setores de administração, Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Centro Cirúrgico, refeitórios, cozinha, lavanderias e parte das alas de internação do hospital. A obra foi finalizada em dezembro de 2016.

Na segunda etapa, estão previstas novas alas de internação, salas de diagnóstico e novo paisagismo da Santa Casa. Também será construído um estacionamento com capacidade para aproximadamente 200 veículos, vagas exclusivas para motos e bicicletários.

FAMILIA PARANAESE – Criado em 2012, o Família Paranaense está presente nos 399 municípios do Estado. Desde 2013, o valor repassado às famílias por meio do Renda Família Paranaense chegou a R$ 7,8 milhões. Nos municípios das regiões de Paranavaí e Cianorte, aproximadamente 11,5 mil famílias já foram atendidas pelo programa.

ABRANGÊNCIA - Os municípios assessorados pelos escritórios regionais da Secretaria da Família de Paranavaí e Cianorte são Alto Paraná, Amaporã, Cruzeiro do Sul, Diamante do Norte, Guairaçá, Inajá, Itaúna do Sul, Jardim Olinda, Loanda, Marilena, Mirador, Nova Aliança do Ivaí, Nova Londrina, Paraíso do Norte, Paranacity, Paranapoema, Paranavaí, Planaltina do Paraná, Porto Rico, Querência do Norte, Santa Cruz do Monte Castelo, Santa Isabel do Ivaí, Santa Mônica, Santo Antônio do Caiuá, São Carlos do Ivaí, São João do Caiuá, São Pedro do Paraná, Tamboara, Terra Rica, Cianorte, Cidade Gaúcha, Guaporema, Indianópolis, Japurá, Jussara, Rondon, São Manoel do Paraná, São Tomé, Tapejara, Terra Boa, Tuneiras do Oeste.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Áudio

Recomendar esta notícia via e-mail:
leia mais
Previsão do Tempo
www.simepar.br