Governador Beto Richa recebe Sua Santidade Mor Ignátius Aphrem II Karim, Patriarca da Igreja Apostólica de Antioquia e de Todo o Oriente. Acompanharam a visita o núncio apostólico da Igreja no Brasil, Dom Tito Paulo Hanna; o arcebispo de Hons, na Síria, Dom Silvanos Pedro; o relações públicas da Igreja no Brasil, monsenhor Paulo Milton, padres e diáconos da Igreja Ortodoxa no Paraná. - Curitiba, 04/11/2016.Foto: Orlando Kissner/ANPr

Governador recebe o patriarca da Igreja Síria Ortodoxa de Antioquia

O governador Beto Richa recebeu nesta sexta-feira (04), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o chefe supremo da Igreja Síria Ortodoxa de Antioquia, Patriarca Ignatius Aphrem II Karim. Pela primeira vez no Brasil, o líder ortodoxo veio para acompanhar a situação dos refugiados sírios no País e manifestou sua preocupação com a perseguição aos cristãos no Oriente Médio, principalmente na Síria, Líbano e Iraque, em consequência da guerra.
Richa agradeceu a visita e destacou que o Paraná tem se empenhado para a integração dos refugiados que vêm para o Estado. Ele citou a inauguração, no início de outubro, do Centro Estadual de Informação para Migrantes, Refugiados e Apátridas (Ceim), que oferece apoio aos aos que chegam a Curitiba. “O Paraná sempre esteve aberto aos imigrantes e refugiados. Temos em nosso Estado a segunda maior comunidade sírio-libanesa do Brasil”, lembrou o governador.
O governo estadual, disse ele, se propôs a resolver a necessidade dos refugiados sírios, com relação à emissão de documentos. “Faremos o que estiver ao nosso alcance para apoiar os refugiados, para que eles se integrem à sociedade. Vamos nos esforçar, principalmente, para agilizar a emissão de carteiras de identidade para que possam conseguir emprego e começar uma nova vida aqui”, disse Richa.
CRISTÃOS – O Patriarca Ignatius Aphrem lembrou que foi no Oriente Médio que surgiu o cristianismo e que a primeira igreja cristã é a de Antioquia, fundada por São Pedro. Segundo ele, a guerra na região tem intensificado a perseguição aos cristãos. “É um momento delicado. Nossa preocupação é que os cristão sejam dizimados da região”, disse.
O patriarca ressaltou o acolhimento do Brasil aos refugiados. “Viemos ao País também para expressar nossa gratidão ao governo brasileiro pela posição que o Brasil vem tomando com relação à questão dos refugiados. Também agradecemos ao governo e ao povo do Paraná pelo acolhimento aos refugiados da Síria. Queremos soluções pacíficas para que a questão se desenvolva bem e que todos vivam em paz”, afirmou.
Curitiba foi a última capital brasileira visitada por Ignatius Aphrem II, que esteve também em São Paulo, Goiânia, Campo Grande, Belo Horizonte e Brasília, onde foi recebido pelo presidente Michel Temer.
CEIM – O Ceim está localizado na Rua Desembargador Westphalen, 15, 13º andar, Edifício Dante Alighieri. No local, são oferecidas informações básicas para que migrantes, refugiados e apátridas tenham acesso às políticas públicas. O espaço é mantido em parceria pelas Secretarias de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos; da Família e Desenvolvimento Social; da Educação, da Saúde e da Administração e Previdência.
PRESENÇAS – Acompanharam a visita o núncio apostólico da Igreja no Brasil, Dom Tito Paulo Hanna; o arcebispo de Hons, na Síria, Dom Silvanos Pedro; o relações públicas da Igreja no Brasil, monsenhor Paulo Milton, padres e diáconos da Igreja Ortodoxa no Paraná.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Governador Beto Richa recebe Sua Santidade Mor Ignátius Aphrem II Karim, Patriarca da Igreja Apostólica de Antioquia e de Todo o Oriente. Acompanharam a visita o núncio apostólico da Igreja no Brasil, Dom Tito Paulo Hanna; o arcebispo de Hons, na Síria, Dom Silvanos Pedro; o relações públicas da Igreja no Brasil, monsenhor Paulo Milton, padres e diáconos da Igreja Ortodoxa no Paraná. - Curitiba, 04/11/2016.Foto: Orlando Kissner/ANPr
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa