A Polícia Militar do Paraná, por meio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), intensificou as ações nas rodovias estaduais durante o feriado prolongado de Sete de Setembro e registrou uma redução, em relação ao ano passado, de 70% no número de mortes, de 22% nos acidentes e de 28% no número de feridos. O balanço foi divulgado pela Polícia Militar nesta segunda-feira (12). Segundo o levantamento, os testes etilométricos (bafômetros) aumentaram em 43% e as imagens de radar em 20%. As ações iniciaram-se às 14 horas de terça-feira (06) e seguiram até às 8 horas desta segunda-feira (12).Curitiba, 12/-9/2016.Foto: Soldado Feliphe Aires
Foto: Soldado Feliphe Aires Acesse a galeria de fotos

Ação intensiva da PM reduz em 70% número de mortes no feriadão

A Polícia Militar do Paraná, por meio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), intensificou as ações nas rodovias estaduais durante o feriado prolongado de Sete de Setembro e registrou uma redução, em relação ao ano passado, de 70% no número de mortes, de 22% nos acidentes e de 28% no número de feridos. O balanço foi divulgado pela Polícia Militar nesta segunda-feira (12). Segundo o levantamento, os testes etilométricos (bafômetros) aumentaram em 43% e as imagens de radar em 20%. As ações iniciaram-se às 14 horas de terça-feira (06) e seguiram até às 8 horas desta segunda-feira (12).
De acordo com o comandante do BPRv, major Valdir Carvalho de Souza, as seis Companhias da unidade empenharam-se com seus efetivos nas ações nos mais de 12 mil km de rodovias estaduais, devido ao aumento no fluxo para o Litoral e Interior do estado. “Os policiais militares fizeram testes de etilômetro, bloqueios em locais pré-definidos, atividades rotineiras de verificação de documentação e de identificação de infrações de trânsito rodoviário, além de utilizarem radares para o controle de velocidade e outras ações preventivas”, relatou.
O major afirmou que a redução nos números de mortes, acidentes e feridos deveu-se à intensificação nas ações e, também, à conscientização dos condutores. “Nossas equipes atuaram acompanhando o fluxo de veículos e reforçaram a fiscalização em diversos trechos para inibir, principalmente, a embriaguez ao volante, além de outras atitudes perigosas, como ultrapassagem em local proibido, excesso de velocidade e outros delitos que podem ocasionar acidentes fatais”, disse ele.
NÚMEROS - Em todo o Paraná foram registrados 134 acidentes, oito mortes, 125 feridos, três atropelamentos, 12 infrações por dirigir sob influência de álcool (artigo 165) e 10 infrações por crime de embriaguez (artigo 306), além de 744 testes etilométricos, 2.184 autuações, 4.354 imagens de radar e retenção de 188 veículos. Domingo (11) foi o dia com maior número de acidentes (34 casos), de feridos (37) e de testes etilométricos (169).
Já na quarta-feira (07) foi o dia no qual foram feitas mais imagens de radar (1.126) e autuações (444). O maior número de mortes foi registrado na quinta-feira (8), com três casos.
No feriado prolongado de Sete de Setembro do ano passado ocorreram 27 mortes e, neste ano, foram registrados oito óbitos (redução 70,37%). O número de acidentes caiu de 172 em 2015 para 134 em 2016 (-22,09%) e o de feridos diminuiu de 174 no ano anterior para 125 em 2016 (- 28,16%). O número de atropelamentos caiu de quatro casos (2015) para três neste ano (-25%).
Já as imagens de radar aumentaram de 3.616 para 4.354 (20,41%), assim como os testes etilométricos, que passaram de 519 em 2015 para 744 em 2016 (43,35%). As autuações no geral também foram menores: de 2.396 no ano passado para 2.184 em 2016 (-8,85%). O número de veículos retidos aumentou de 160 para 188 (17,50%) e o número de infrações por embriaguez passou de nove para 10 neste ano (11,11%). Já o número de infrações por dirigir sob influência de álcool manteve-se em 12.
LITORAL - Somente nas rodovias estaduais que ligam ao Litoral do Estado foram registrados quatro acidentes, três feridos, dois atropelamentos, duas infrações por embiraguez ao volante, 185 autuações de trânsito geral, 1.374 imagens de radar e 25 veículos retidos por alguma irregularidade. Não houve o registro de mortes. No domingo ocorreram dois acidentes, com duas pessoas feridas. Também foram registrados neste dia dois atropelamentos. Quarta-feira foi o dia com maior número de imagens de radar (403), de autuações no geral (53) e de veículos retidos (oito).
Se comparado com o mesmo feriado de 2015, o número de acidentes caiu de 15 para quatro neste ano (-73,33%), o de feridos diminuiu de oito para três (-62,50%). Em 2015 foram lavradas 106 autuações de trânsito em 2015. Neste ano foram 185 (74,53%). O número de imagens de radar que passou de 215 para 1.374 (539,07%).
O número de autuações pelo Art. 165 e pelo Art. 306 aumentou. Em 2015 foi registrado um caso e em 2016 dois casos em cada um deles. Neste ano foram dois atropelamentos, sendo que no ano anterior não ocorreu nenhum. Em 2016 foram 25 veículos retidos e no ano passado 32 (-21,88%).

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
A Polícia Militar do Paraná, por meio do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), intensificou as ações nas rodovias estaduais durante o feriado prolongado de Sete de Setembro e registrou uma redução, em relação ao ano passado, de 70% no número de mortes, de 22% nos acidentes e de 28% no número de feridos. O balanço foi divulgado pela Polícia Militar nesta segunda-feira (12). Segundo o levantamento, os testes etilométricos (bafômetros) aumentaram em 43% e as imagens de radar em 20%. As ações iniciaram-se às 14 horas de terça-feira (06) e seguiram até às 8 horas desta segunda-feira (12).Curitiba, 12/-9/2016.Foto: Soldado Feliphe Aires
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa