Governador Beto Richa participa da posse dos novos dirigentes do Tribunal Regional do Trabalho, gestão 2015/2017, tomam posse na Presidência do Tribunal o desembargador Arnor Lima Neto; na Vice-Presidência, desembargadora Marlene T. Fuverki Suguimatsu; e o desembargador Ubirajara Carlos Mendes na Corregedoria Regional.Curitiba, 04/12/2015.Foto: Orlando Kissner/ANPr

Richa participa de posse no TRT e defende autonomia entre poderes

O governador Beto Richa esteve nesta sexta-feira (4) na posse do novo presidente do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Paraná, desembargador Arnor Lima Neto, em Curitiba. Na mesma solenidade, tomaram posse a vice-presidente, desembargadora Marlene Suguimatsu, e o corregedor regional, desembargador Ubirajara Carlos Mendes.
Richa defendeu a autonomia e independência do Poder Legislativo, do Poder Judiciário e do Poder Executivo. “A independência, o respeito e a harmonia entre os poderes constituídos sempre pautaram meus atos e minha relação pessoal, política e administrativa”, disse Richa.
Ele elogiou o histórico profissional e desejou sucesso ao novo presidente. “Tenho certeza que essa nova presidência continuará os importantes avanços conquistados nos últimos anos na área trabalhista”, disse ele. Richa reforçou o diálogo entre os poderes. “Hoje, há diálogo entre os poderes e instituições. Quem ganha com essa harmonia é a sociedade paranaense”.
A nova administração do TRT-PR para o biênio 2015/2017 foi eleita em outubro pela maioria de votos dos 30 desembargadores que compõem o Tribunal Pleno da 9ª Região da Justiça do Trabalho.
TRAJETÓRIA - O desembargador Arnor Lima Neto tem 28 anos de magistratura e substitui no cargo o desembargador Altino Pedrozo dos Santos.
O novo presidente agradeceu a confiança dos colegas desembargadores e disse que assume a função com honra e ciência dos desafios. “Com transparência e princípios democráticos, farei uma gestão de diálogo focada no cidadão. Vamos manter os avanços conquistados nos últimos anos”, avaliou.
Ele é mestre em Direito pela Pontifícia Universidade Católica (PUCPR), instituição em que atua como professor titular concursado das disciplinas de Direito do Trabalho e Direito Processual do Trabalho. Integra a 6ª Turma de desembargadores. Foi corregedor do Tribunal entre 2009 e 2011. Antes de ingressar no TRT, foi advogado do Banco do Brasil e promotor de Justiça do Estado do Paraná.
TRIBUNAL - O Tribunal Regional do Trabalho do Paraná é o sétimo maior tribunal trabalhista do País, onde tramitaram, no ano passado, 374 mil processos. O TRT-PR tem 214 magistrados, 2.479 servidores efetivos e 522 prestadores de serviço terceirizados. É o tribunal trabalhista com maior índice de processos eletrônicos - 100% no primeiro grau e 90% no segundo grau de jurisdição.
O Índice de Produtividade Comparada (IPC-Jus) do Tribunal, em 2014, foi de 84,1%, o melhor resultado da instituição nos últimos cinco anos. Nesta classificação, quanto mais próximo de 100%, melhor é o desempenho.
Também participaram da cerimônia de posse o prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, e o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Guilherme Luiz Gomes.
Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: www.pr.gov.br e www.facebook.com/governopr
Governador Beto Richa participa da posse dos novos dirigentes do Tribunal Regional do Trabalho, gestão 2015/2017, tomam posse na Presidência do Tribunal o desembargador Arnor Lima Neto; na Vice-Presidência, desembargadora Marlene T. Fuverki Suguimatsu; e o desembargador Ubirajara Carlos Mendes na Corregedoria Regional.Curitiba, 04/12/2015.Foto: Orlando Kissner/ANPr
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro