Governador Beto Richa com o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto e os diretores do Hospital Angelina Caron, Marco Caron, Pedro Caron e Bernardo Caron, inaugura a nova ala de oncologia do hospital. Presentes os deputados estaduais, cantora Mara Lima, Felipe Francischini, Alexandre Curi, Tiago Amaral, Raska Rodrigues, o deputado federal Luciano Ducci, prefeitos da Região Metropolitano, médicos e demais autoridades. Campina Grande do Sul, 17/11/2015. Foto: Pedro Ribas/ANPr

Hospital Angelina Caron inaugura nova ala oncológica para pacientes do SUS

O governador Beto Richa participou nesta terça-feira (17) da inauguração do moderno complexo oncológico do Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul, Região Metropolitana de Curitiba. O complexo é voltado aos pacientes do SUS e resulta de um investimento de R$ 30 milhões, feitos com recursos próprios do hospital.
A nova ala permitirá triplicar o número mensal de pacientes em tratamento, passando 850 para 2.500 pessoas. O centro abriga também um Serviço de Transplante de Medula Óssea, com 20 leitos instalados, equivalente ao dos principais hospitais do País.
“É um hospital referência no atendimento à saúde, que presta um serviço de excelência e de qualidade às pessoas que precisam. Milhares de vidas são salvas graças ao trabalho do Angelina Caron”, afirmou Richa. “O Governo do Estado destina uma série de recursos e equipamentos a este hospital, e hoje reafirmamos nossos compromissos para este que é um dos maiores prestadores de serviço na área da saúde no Paraná”, ressaltou.
Richa descerrou a placa de inauguração do novo complexo e com o secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo, foi homenageado na solenidade. O Angelina Caron é um dos principais parceiros do sistema público de saúde e referência para as redes Mãe Paranaense e Paraná Urgência e, por isso, tem o apoio e a parceria do governo estadual.
A homenagem ao governador seu deu pelo repasse de R$ 1,5 milhão, que permitiu a construção da UTI Geral 2, com oferta de 14 leitos. Enquanto o Ministério da Saúde não habilitar os novos leitos, o Estado assumirá os pagamentos da UTI.
“O hospital Angelina Caron é um grande parceiro do SUS no Paraná, tanto na questão quantitativa quanto na qualitativa. E a gestão do governador Beto Richa é a que mais repassa recursos para custeio e execução de obras nesta unidade”, explicou o secretário da Saúde. “É um hospital estratégico, localizado em uma região que concentra grande parte da população paranaense e que tem recebido do governo a atenção merecida”, afirmou Caputo Neto.
Em um ano, serão investidos R$ 3,7 milhões para manter a unidade em funcionamento. Além disso, o Estado repassa R$ 280 mil mensais pelo programa de apoio a hospitais públicos e filantrópicos (Hospsus), para gastos com custeio, equipamentos e obras.
REDUZIR FILA – O novo complexo oncológico possibilitará reduzir a fila de tratamentos, tanto na área oncológica como na de transplantes. Conta com equipe treinada, prestará tratamento integral e oferecerá tecnologia de ponta em seus quatro mil metros quadrados de área construída.
O diretor-clínico do hospital, Pedro Ernesto Caron, destacou que grande parte dos atendimentos na nova ala será feita a pacientes do SUS. “Principalmente na oncologia, que é uma área de grande complexidade e alto custo, quase 98% dos atendimentos serão para pacientes do Sistema Único de Saúde”, disse. “Temos uma parceria muito significativa com o Estado, que cresceu nos últimos anos. E agora, com esta ampliação, teremos capacidade para atender pacientes de todo o Paraná”, ressaltou Pedro Caron.
A nova ala está distribuída por quatro mil metros quadrados. Terá Centro de Medicina Nuclear equipado com tecnologia de ponta no diagnóstico por imagem. Um destaque é o PET-CT, técnica revolucionária de diagnóstico que, além de mostrar imagens da anatomia do corpo humano, avalia alterações metabólicas do organismo.
Outros exames de avançada tecnologia são tomografia computadorizada, ressonância magnética e cintilografia. O espaço físico abrangerá 47 poltronas para tratamentos quimioterápicos de curta duração e oito em pediatria.
A Ala de Transplante de Medula Óssea do Angelina Caron será uma das principais do país. Com 20 leitos, a estrutura terá um sistema de filtros especial, de pressão positiva, que impedirá que o ar de fora entre na unidade. Isto é imprescindível para impedir contaminações e infecções, considerando que a imunidade do paciente em tratamento é próxima de zero.
HOSPITAL – O Hospital Angelina Caron é um dos principais parceiros do sistema público em nível nacional e estadual. Recebe, anualmente, mais de 350 mil pacientes, dos quais 95% pertencem ao SUS. Eles chegam de várias partes do País e recorrem ao Hospital Angelina Caron como última esperança de cura para doenças graves e de alta complexidade.
Destaque para a área dos transplantes, na qual o centro médico é referência nacional e internacional. São mais de 1.500 procedimentos nas áreas de transplantes hepáticos, renais, reno-pancreáticos, cardíacos e de tecidos corneanos, desde a implantação do serviço, há dez anos, graças à parceria com o poder público.
O Hospital Angelina Caron foi o primeiro centro das Américas a realizar um transplante pelo qual um receptor recebeu, no mesmo procedimento, parte do fígado do filho; e parte do fígado da sobrinha.
PRESENÇAS – Participaram da solenidade os prefeitos de Campina Grande do Sul, Luiz Carlos Assunção; de Contenda, Carlos Stabach; de Quatro Barras, Loreno Tolardo; de Santo Antônio do Paraíso, Devanir Martinelli; de Colombo, Beth Pavin; e de Bocaiúva do Sul, Débora Fonseca; o deputado federal Luciano Ducci e os deputados estaduais Alexandre Curi, Rasca Rodrigues, Felipe Francischini, Thiago Amaral, Claudio Palozi e Mara Lima.
Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: www.pr.gov.br e www.facebook.com/governopr
Governador Beto Richa com o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto e os diretores do Hospital Angelina Caron, Marco Caron, Pedro Caron e Bernardo Caron, inaugura a nova ala de oncologia do hospital. Presentes os deputados estaduais, cantora Mara Lima, Felipe Francischini, Alexandre Curi, Tiago Amaral, Raska Rodrigues, o deputado federal Luciano Ducci, prefeitos da Região Metropolitano, médicos e demais autoridades. Campina Grande do Sul, 17/11/2015. Foto: Pedro Ribas/ANPr
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa