De 29 a 31 de outubro, às 19h30, no Auditório Brasílio Itiberê (anexo à Secretaria da Cultura), ocorre a mostra

Mostra em Curitiba homenageia o cineasta Luiz Carlos Lacerda

A mostra "Luiz Carlos Lacerda - 50 Anos de Cinema" apresenta um pouco da trajetória do cineasta, que completa 50 anos de carreira e 70 anos de vida em 2015. O público pode conferir de 29 a 31 de outubro, às 19h30, no Auditório Brasílio Itiberê, anexo à Secretaria da Cultura, em Curitiba. A promoção é do Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR), em parceria com o Festival Internacional de Cinema da Bienal de Curitiba (FICBIC).
Os filmes exibidos serão comentados por integrantes do Grupo de Pesquisa Cinecriare - Cinema, Criação e Reflexão, da Faculdade de Artes do Paraná (FAP/Unespar), que faz dos processos de realização cinematográfica um dos focos principais das suas atividades. A entrada é gratuita e os participantes que se inscreverem no dia da abertura e frequentarem as três sessões recebem certificado de participação assinado pelo MIS-PR e o Cinecriare.
Luiz Carlos Lacerda, mais conhecido no meio cinematográfico como Bigode, é filho do produtor de cinema João Tinoco de Freitas (1908/1999), responsável pela realização de filmes marcantes na década de 1950, o que o levou desde cedo ao convívio com artistas e intelectuais.
Começou no cinema em meados dos anos 1960 e trabalhou com alguns dos mais renomados diretores do Cinema Novo, como Nelson Pereira dos Santos, Cacá Diegues e Arnaldo Jabor. Estreou nos festivais de Gramado e do Rio de Janeiro seu 9º longa-metragem, “Introdução à Música do Sangue”.
No último dia da mostra, Luiz Carlos Lacerda participa para conversar com o público sobre sua trajetória e receber das mãos do Secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani, um Diploma de Mérito em homenagem à sua importante contribuição para o cinema brasileiro.
Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
Programação:
29/10 (quinta-feira)
For All - O Trampolim da Vitória - com apresentação de Ana Johann
Durante a II Guerra Mundial, Natal (RN) foi considerada ponto estratégico no Atlântico Sul (o Trampolim da Vitória) e nela foi construída a maior base militar dos Estados Unidos na América do Sul. A pacata cidade que tinha menos de 40 mil habitantes recebeu 15 mil soldados e oficiais da noite para o dia, provocando uma mudança nos costumes na pacata capital nordestina.
30/10 (sexta-feira)
Leila Diniz – com apresentação de Juslaine Abreu Nogueira
Cinebiografia da atriz Leila Diniz (1945/1972), que revolucionou o comportamento das mulheres brasileiras nos anos 1960 e 1970 e foi perseguida pela ditadura militar por suas posições transgressoras.
31/10 (sábado)
Vida Vertiginosa - apresentação de Cristiane Wosniak
Adaptação de contos de João do Rio. Duas atrizes conversam antes de entrar em cena. Histórias de amor e crime no Rio de Janeiro da Belle Époque. Homenagem e debate com o cineasta Luiz Carlos Lacerda após o filme.
Serviço
Mostra "Luiz Carlos Lacerda - 50 Anos de Cinema"
De 29 a 31 de outubro, às 19h30
Auditório Brasílio Itiberê (anexo à Secretaria de Estado da Cultura)
Rua Cruz Machado, 138 - Centro - Curitiba
Entrada gratuita
Classificação indicativa: 14 anos
De 29 a 31 de outubro, às 19h30, no Auditório Brasílio Itiberê (anexo à Secretaria da Cultura), ocorre a mostra
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa