Escola Estadual Nossa Senhora de Fátima, de Telêmaco Borba, supera meta do Paraná no Ideb.Foto: Divulgação SEED

Escola de Telêmaco Borba supera meta do Paraná no Ideb

O resultado do trabalho de toda a equipe da Escola Estadual Nossa Senhora de Fátima, de Telêmaco Borba, nos Campos Gerais, está exposto para todos verem. Duas faixas mostram a evolução do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) na unidade, que foi 4.6 e superou a meta do Estado para os últimos anos do Ensino Fundamental. A meta do Estado era de 4,1 em 2013, último ano em que o índice foi medido.
Uma faixa do lado de fora e outra no saguão principal informam a evolução que a escola teve nos últimos anos na avaliação nacional. Em 2007 o Ideb foi de 3,2. Em 2009 subiu para 4,1. Passou para 4,3 em 2011 e chegou em 4,6 em 2014. “É uma escadinha”, comemora a diretora Zilda Caetano de Camargo Lima, uma das responsáveis pelos bons resultados dos alunos.
O índice é o melhor Ideb do Núcleo Regional de Educação de Telêmaco Borba para as séries finais do Ensino Fundamental. A escola já superou a meta que tinha para 2017, que é de 4,5, e está bem próxima da projeção para 2019, de 4,7 no Ideb.
Para a superintendente da Educação, Fabiana Campos, exemplos como a escola de Telêmaco Borba precisam ser compartilhados entre outras unidades da rede. “O resultado que a Escola Nossa Senhora de Fátima alcançou no Ideb é fantástico. Mostra que com organização e trabalho em equipe todas as escolas podem superar metas e crescer muito em termos de qualidade pedagógica”, afirmou Fabiana.
Muitos fatores explicam porque a Escola Nossa Senhora de Fátima é um exemplo de qualidade de ensino, como a organização do trabalho dos professores com os planos de aula, ou as reuniões com os pais a cada bimestre. Mas é a proximidade com os alunos e a cobrança sobre as atividades desenvolvidas pelos estudantes que fazem bastante diferença no trabalho.
“Fazemos muita retomada de conteúdo com os alunos. A minha presença todos os dias na escola também faz diferença. Sei a situação de cada aluno da escola, tenho todos os levantamentos das atividades que os estudantes fazem. As tarefas são controladas para que os alunos estudem em casa. Fazemos marcação cerrada em cima deles”, afirmou a diretora Zilda.
AVALIAÇÕES CONSTANTES – A Escola Estadual Nossa Senhora de Fátima tem 223 alunos do 6º ao 9º ano e funciona em dualidade administrativa com o município. Todos os estudantes da escola estadual passam por avaliações constantes e a nota dos alunos é dividida em duas partes. As tarefas de casa, trabalhos em sala, caderno, pesquisas e exercícios avaliativos somam cinco pontos. Os outros cinco pontos são das provas no final do bimestre.
Antes das provas é feita a recuperação de todo o conteúdo. Até os estudantes que estão dentro da média passam por esta atividade. “Essa iniciativa faz com todos os estudantes fiquem com boas notas. Também existe a recuperação semestral”, explicou a diretora Zilda.
Este acompanhamento diário dos alunos é repassado para os pais a cada bimestre, quando acontecem as reuniões com as famílias. A participação dos pais nos encontros sempre é boa e eles são lembrados das metas da escola – avaliação dos alunos, gestão escolar democrática, prática pedagógica, acesso, permanência e sucesso dos alunos e ambiente educativo.
A Patrulha Escolar também participa destas reuniões com os pais para apresentações e conversas. “Nos encontros, socializamos com os pais todos os trabalhos que os alunos fizeram no bimestre. Tiramos fotos dos estudantes fazendo as atividades nas salas e depois mostramos aos pais”, disse a diretora.
Nas reuniões os pais também recebem os boletins dos filhos. Aqueles que ficaram acima da média recebem estrelas, carimbadas pela própria diretora. Além dos boletins, os pais levam para casa um pacote com todas as avaliações que os alunos fizeram no bimestre. “Os pais têm 48 horas para entrar com algum recurso, se acharem que a nota está errada. É uma forma de a família acompanhar de perto o rendimento dos alunos”, afirmou a diretora Zilda.
Junto com este material de avaliação dos alunos, a escola sempre manda uma cartilha com 10 ideias simples de como os pais podem participar e ajudar na vida escolar dos filhos.
PLANO DE AULAS – Todos os professores da Escola Nossa Senhora de Fátima têm um plano de aulas. “Eu mesma já dei aulas substituindo algum professor que faltou, com base nos planos. Isso facilita o trabalho de todos e o acompanhamento pedagógico. Também é bastante útil para informar aos pais o que será trabalhado com os alunos”, disse a diretora Zilda.
O plano de aulas foi retomado em 2012 como prática dos professores. “Aos poucos vamos desenvolvendo uma consciência do que podemos melhorar na escola. Toda a equipe ajuda nesse bom rendimento do Ideb, as merendeiras que fazem ótimas refeições, a secretaria funciona bem, os professores e pedagogos trabalham em conjunto. Todos têm sua parcela de contribuição e importância dentro do processo”, definiu a diretora Zilda. “O empenho dos alunos e a participação dos pais também são fundamentais”.
Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
Escola Estadual Nossa Senhora de Fátima, de Telêmaco Borba, supera meta do Paraná no Ideb.Foto: Divulgação SEED
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro