Governador Beto Richa recebe junto com o líder do Governo na Assembleia, deputado Luiz Claudio Romaneli, lideranças do Norte Pioneiro que pedem a duplicação da BR 369. Curitiba, 06/07/2015. Foto: Pedro Ribas/ANPr

Antecipação da duplicação da BR-369 será prioridade do governo, diz Richa

O governador Beto Richa disse nesta segunda-feira (6), no Palácio Iguaçu, em Curitiba, que a antecipação das obras de duplicação da rodovia BR-369 será a prioridade do governo estadual. A proposta de duplicação da rodovia que liga o Norte e o Norte Pioneiro do Paraná ao estado de São Paulo foi apresentada por lideranças políticas, empresariais e religiosas. “Não há mais tempo para esperar a duplicação dessa rodovia, que tem papel fundamental para toda região”, disse o governador. “Vamos chamar a concessionária de pedágio e, com diálogo, fazer prevalecer o interesse público”, afirmou.
Devido um aditivo no contrato assinado em 2000, a duplicação da rodovia, que era para ter sido iniciada em 2002, foi prorrogada pela concessionária Econorte para começar apenas em 2021. “A intenção agora é antecipar a obra para 2016”, disse o deputado estadual Luiz Claudio Romanelli. Pelo contrato, a obra está orçada em R$ 86 milhões e prevê a duplicação do trecho mais crítico de Jataizinho a Cornélio Procópio e construção de terceiras faixas até Ourinhos em São Paulo.
Richa lembrou que, no momento, existem dez frentes de trabalho ao longo do Anel de Integração. São 396 quilômetros de rodovias, com obras de duplicação, terceiras faixas, viadutos e trincheiras. “Precisamos da BR-369 duplicada para salvar vidas e contribuir para o desenvolvimento da região. Essa será nossa prioridade a partir de agora”, disse. Ele citou como exemplos as duplicações entre Campo Mourão e Floresta, no Noroeste do Estado; Jandaia-Apucarana, no Norte; Ponta Grossa-Apucarana, nos Campos Gerais; Piraí do Sul-Jaguariaíva, nos Campos Geraios, e Matelândia-Ramilândia, no Oeste.
“Estamos tratando esse assunto sem demagogia política. Os paranaenses foram enganados com aquela história de pedágio baixo ou acaba, nem uma e nem outra coisa aconteceu”, afirmou Richa. Além da retomada das obras, o governador disse que chegou num acordo com as concessionárias para reduzir a margem de lucro das empresas reduzindo a taxa interna de retorno (TIR).
DUPLICAÇÃO - A presidente da Associação dos Municípios do Norte do Paraná (Amunop), Cléa Márcia Bernardes, explica que esse trecho tem tráfego intenso e muitos acidentes. Só em 2015, segundo dados da Polícia Rodoviária Federal, 12 pessoas morreram naquele trecho. “É muito importante para nós vermos que o governador estará empenhado pessoalmente para viabilizar a duplicação dessa rodovia, que trará segurança aos motoristas e facilitará o escoamento da safra”, disse ela.
O presidente da Sociedade Rural do Paraná (SRP), Jair Machado, um dos idealizadores da mobilização, afirmou que a duplicação já deveria ter sido realizada há mais de 20 anos. “Não podemos esperar mais. Precisamos do apoio de todos para antecipar essa importante obra que mudará o cenário econômico da região Norte”, disse. Além das lideranças regionais, estiveram presentes no encontro o deputado federal Alex Canziani e os deputados estaduais Tiago Amaral e Pedro Lupion.
Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em: http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Governador Beto Richa recebe junto com o líder do Governo na Assembleia, deputado Luiz Claudio Romaneli, lideranças do Norte Pioneiro que pedem a duplicação da BR 369. Curitiba, 06/07/2015. Foto: Pedro Ribas/ANPr
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa