Governador Beto Richa participa da solenidade de passagem de Comando da Polícia Militar do Paraná, assumindo a função de comandante-geral o coronel Maurício Tortato, em substituição ao coronel César Vinícius Kogut.Curitiba, 21/05/2015.Foto: Orlando Kissner/ANPr

Richa diz que foco do Governo será no policiamento comunitário

O governador Beto Richa afirmou nesta quinta-feira (21), durante a cerimônia de passagem do comando-geral da Polícia Militar do Paraná, que o Estado irá trabalhar para a efetivação de uma polícia comunitária, mais próxima dos cidadãos. Quem assume o comando-geral da PM é o coronel Maurício Tortato, que substitui o coronel César Vinicius Kogut, comandante da corporação desde outubro de 2013.
“Vamos reforçar nosso trabalho para que o Paraná tenha uma polícia comunitária e cidadã, solidária e mais próxima às pessoas para atender às demandas dos cidadãos paranaenses”, disse Richa. “Também reafirmo meu respeito por esta corporação. Não vou permitir, em meu governo, que alguém difame ou macule a belíssima história da Polícia Militar do Paraná”, afirmou.
Richa também elogiou o trabalho de Kogut à frente da PM e ressaltou o profissionalismo do novo comandante-geral. “Ambos estão entre os mais preparados policiais militares do Estado. São oficiais de respeito, que merecem a lealdade de toda a tropa da PM”, disse. “Esse respeito é importante para termos harmonia nas ações da Polícia Militar e para a continuidade da redução da criminalidade e da violência no Estado”, destacou Richa.
“Parabenizo o coronel Kogut pelo importante trabalho realizado no comando desta gloriosa corporação”, elogiou o governador. “Temos a certeza que o comando fica em boas mãos. O coronel Tortato tem a indicação dos oficiais, as melhores condições e o preparo técnico e intelectual para bem comandar a PM”, afirmou.
O governador comentou, ainda, sobre o confronto no Centro Cívico no dia 29 de abril e defendeu o trabalho da PM. “Os soldados da PM foram agredidos e atacados por grupos radicais que não estavam no Centro Cívico para protestar pacificamente, mas para invadir a Assembleia Legislativa que, constitucionalmente, é uma área inviolável”, ressaltou.
NOVO COMANDANTE – O coronel Maurício Tortato ingressou na Polícia Militar do Paraná em 1985 e tornou-se aspirante em 1987. Como oficial superior, comandou o 17º Batalhão da PM, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Foi também diretor da Diretoria de Apoio Logístico (DAL) da corporação; chefe do Estado-Maior e responsável pela Corregedoria da PM. Ele ocupava, até então, a diretoria-geral da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária.
Para o comandante, seu principal desafio é estabelecer uma polícia comunitária e cumprir as metas de redução da criminalidade e da violência no Paraná. “Vamos atuar para ter uma polícia militar cidadã e amiga, com ações concretas para buscar uma relação recíproca de respeito com a sociedade”, declarou.
“O comando-geral irá trabalhar para conseguir, nesse momento de relativa fragilidade, resgatar a tradição histórica da PM, viver o presente e prover um futuro com crescimento, conquistando a confiança da população”, afirmou o comandante-geral. “Vamos trabalhar de forma integrada com a Secretaria de Segurança Pública, num regime de absoluta cooperação para bem atender a população paranaense”, completou.
BOM RELACIONAMENTO – O secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita, também destacou o bom relacionamento entre a PM e a secretaria e o profissionalismo do novo comandante-geral. “A Polícia Militar está em ótimas mãos. A linha da instituição permanece a mesma, com uma polícia profissional e cidadã que segue as normativas do Direito na aplicação da lei e no combate à criminalidade”, ressaltou.
Para o coronel Kogut, seu trabalho junto à Polícia Militar será honrado com a gestão do novo comandante. “A PM continuará com seu histórico de bons trabalhos com a comunidade. São muitas coisas para se fazer, mas tenho certeza que haverá uma continuidade do trabalho”, disse. “Aprendi muito com a comunidade paranaense e com os policiais militares. Depois de 36 anos de PM, na qual cheguei ao comando-geral, saio muito feliz e saudado pela população e pela corporação”, afirmou.
PRESENÇAS – Participaram da cerimônia o secretário-chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas; o delegado-geral da Polícia Civil, Julio Reis; o comandante da 5ª Divisão do Exército, general Luiz Felipe Carbonell; o comandante-geral da PM de Goiás e presidente do Conselho Nacional de Comandantes Gerais, coronel Silvio Benedito Alves; o diretor-presidente da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), Abelardo Lupion; o presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Ademar Traiano; o líder do governo na Assembleia, deputado Luiz Cláudio Romanelli e os deputados estaduais Alexandre Curi e Pedro Lupion, além de familiares, oficiais e praças da PM.
Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
Governador Beto Richa participa da solenidade de passagem de Comando da Polícia Militar do Paraná, assumindo a função de comandante-geral o coronel Maurício Tortato, em substituição ao coronel César Vinícius Kogut.Curitiba, 21/05/2015.Foto: Orlando Kissner/ANPr
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro