Helicópteroo da polícia realiza salvamento em Guaratuba.Guaratuba.
Foto: Arnaldo Alves / AENotícias.

Governo aumenta plantões e envia mais medicamentos ao Litoral no Carnaval

O Governo do Paraná ampliou o número de plantões médicos e de enfermagem nos principais prontos socorros do Litoral e também já enviou um novo lote de medicamentos, equipamentos e outros insumos para suprir o aumento da demanda no período do Carnaval.
A expectativa é que os sete municípios do Litoral recebam mais de dois milhões de pessoas durante os cinco dias de folia. “Reforçamos a estrutura de atendimento no carnaval porque a população da região aumenta significativamente neste período. Isso tem impacto direto no número de pacientes que procuram os hospitais e outras unidades de pronto-atendimento do SUS”, explicou o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.
A partir desta sexta-feira (13) e até quarta-feira de cinzas, mais 271 plantões extras devem fortalecer as equipes de saúde no Litoral. Destes, 66 vão especificamente para o Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá, considerado o principal serviço de saúde da região.
NA TEMPORADA - Para toda a Operação Verão 2014/2015, o Governo do Paraná garantiu a contratação de 5.336 plantões extras (64 mil horas), o que representa um investimento de mais de R$ 3,1 milhões. “Mais uma vez foi possível garantir assistência adequada a todos os veranistas e moradores, colocando mais médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem no atendimento direto à população”, afirmou Caputo Neto.
O Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá, é referência para o atendimento de urgência e emergência, recebendo vítimas de acidentes de trânsito e casos graves de afogamento. A unidade conta com uma capacidade instalada de 165 leitos, sendo 14 de UTI adulto e sete de UTI Neonatal, além de cinco salas cirúrgicas.
Segundo relatório parcial da Secretaria Estadual da Saúde, 5.990 atendimentos foram realizados no HRL desde o início da Operação Verão 2014-2015. Foram pelo menos 1.201 internamentos, 2.587 consultas especializadas, 1.822 consultas de urgência e emergência, 231 procedimentos de sutura, 146 atendimentos a vítimas de acidentes de trânsito e três afogados graves.
RESGATE – Outro serviço que recebeu apoio é o SAMU 192, que tem à disposição mais três ambulâncias de UTI móvel do Governo do Estado. Elas estão baseadas nos municípios de Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná. Com isso, o SAMU Litoral dispõe de 11 ambulâncias, sendo quatro com suporte de UTI.
Desde o dia 20 de dezembro, o serviço já realizou 2.066 atendimentos. A maioria das ocorrências aconteceu em Paranaguá (733), Guaratuba (376), Matinhos (359) e Pontal do Paraná (334).
A diretora da 1ª Regional de Saúde, Ilda Nagafuti, explicou que o sistema de resgate e atendimento pré-hospitalar do Litoral conta também com a frota e equipe do SIATE 193, com cinco ambulâncias, e o helicóptero do Governo do Estado, que está baseado em Guaratuba. “Estamos preparados para atender qualquer tipo de situação e em qualquer localidade do litoral”, ressaltou.
AFOGAMENTOS – Também continuará em funcionamento o Centro de Recuperação de Afogados, instalado no Hospital Nossa Senhora dos Navegantes, em Matinhos. O serviço é especializado na assistência a acidentes aquáticos, como afogamentos, acidentes com águas-vivas, caravelas e outros animais marinhos.
Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
www.pr.gov.br e www.facebook.com/governopr
Helicópteroo da polícia realiza salvamento em Guaratuba.Guaratuba.
Foto: Arnaldo Alves / AENotícias.
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro