Final das obras no Colégio Estadual Ivone Pimentel em Curitiba, diretora Adriana Kampa fala que o inicio das aulas nas salas novas sera dia 09-02-15. Curitiba 13-01-15. Foto: Hedeson Alves
Foto: HEDESON ALVES Acesse a galeria de fotos

Rede estadual pronta para receber estudantes na segunda-feira

Entre as grandes obras prontas, três novos Centros Estaduais de Educação Profissional (Ceeps) começarão a funcionar em Fazenda Rio Grande (Região Metropolitana de Curitiba), Pitanga (região Central) e Assaí (Norte).
Em Curitiba, o Colégio Estadual Yvone Pimentel foi reconstruído. Já o Ambrósio Bini, em Almirante Tamandaré, ganhou nova sede, depois de 11 anos fechado.
Na cidade de Londrina, os 1,2 mil alunos do Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (Ceebja) também começarão as aulas em um novo prédio.
Mais 3.600 novas vagas para cursos técnicos na rede estadual
Os três novos Ceeps concluídos pelo Governo do Estado ficam em Fazenda Rio Grande, Pitanga e Assaí. Juntas, as unidades vão abrir 3.600 novas vagas de ensino médio com cursos técnicos profissionalizantes para jovens da região e de cidades próximas. Todos os cursos são gratuitos.
O investimento total nas três obras foi de R$ 20,7 milhões, recursos do governo estadual e do Ministério da Educação, por meio do Programa Brasil Profissionalizado.
“Estes novos colégios vão oferecer oportunidades para os estudantes entrarem no mercado de trabalho com um diferencial. A formação técnica qualificada também vai ajudar no desenvolvimento Paraná”, afirma o governador Beto Richa. Em Fazenda Rio Grande, o Ceep Erotides Ângelo Nichele terá cursos técnicos de logística e na área de gestão e negócios. Futuramente também está previsto o curso técnico em segurança do trabalho e de meio ambiente.
O Ceep Professor Miguel Carlos Parolo, em Pitanga, terá cursos técnicos de agronegócio, para atender a forte demanda de agricultura e pecuária que existe na região, e de Segurança do Trabalho.
Para o segundo semestre estão previstos cursos de informática, edificações, enfermagem e administração.
Na cidade de Assaí, o Ceep Professora Maria Lydia Cescato Bomtempo terá cursos técnicos de mecânica e edificações no início das aulas. “Este colégio é uma conquista para a cidade de Assaí”, diz a diretora do Ceep, Eunice Manoel Vieira. “Aqui na região temos muitas indústrias e já firmamos parcerias com várias empresas. Existe bastante necessidade de oferecermos mais cursos técnicos.”
Os três Ceeps têm o mesmo padrão de construção. São três blocos: administrativo, pedagógico e de serviços. Cada colégio tem 12 salas de aulas, oito laboratórios, auditório, biblioteca, quadra poliesportiva coberta, cozinha, refeitório e parte administrativa. Os Ceeps também contam com rampas de acessibilidade.
Durante os cursos técnicos nos Ceeps, os estudantes são indicados pela escola para vagas em estágios em empresas conveniadas. Muitos alunos já saem do colégio com o primeiro emprego garantido.
“Todos os cursos técnicos que serão oferecidos nos novos Ceeps foram definidos com a população da cidade, levando em conta as características econômicas de cada região. O aluno que se forma poderá trabalhar perto de onde mora”, afirma a diretora do Departamento de Educação e Trabalho da Secretaria da Educação, Fabiana Campos.
Reformas e melhorias em escolas estaduais
Além da construção dos novos Ceeps, o Governo do Paraná investiu em reformas, ampliações e melhorias nas escolas estaduais. Com isso, os alunos que retornam às aulas nesta segunda-feira (9) vão encontrar ambientes renovados e mais confortáveis.
Duas escolas foram totalmente reformadas. O Colégio Estadual Yvone Pimentel, no bairro Novo Mundo, em Curitiba, e o Colégio Estadual Ambrósio Bini, em Almirante Tamandaré, Região Metropolitana, passaram por grandes transformações. As reformas nas duas escolas são emblemáticas e históricas para a comunidade escolar.
Depois de 11 anos desativado, o colégio Ambrósio Bini passou por uma grande reforma para voltar a funcionar. Toda a fundação foi reforçada com estacas de 17 metros de profundidade. Foi investido R$ 1,8 milhão na reforma. As redes elétrica e hidráulica, vidros, piso, portas e telhado foram trocados.
Na revitalização do colégio Yvone Pimentel foram investidos R$ 4 milhões. Agora os alunos terão disponíveis 18 salas de aula (antes eram 15), quatro laboratórios novos e uma sala multiuso. O anfiteatro do colégio também foi reformado. A escola ganhou biblioteca, banheiros, cozinha e refeitório novos.
REGIÃO NORTE - Na cidade de Londrina, os 1,2 mil alunos do Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (Ceebja) também começarão as aulas em um novo prédio. Com uma estrutura moderna, o espaço que antes abrigava a Justiça do Trabalho foi reformado e funcionará em três turnos. Com a parceria entre Governo do Estado e Ministério do Trabalho, a oferta da Educação de Jovens e Adultos (EJA) será ampliada na região.
Agora são 19 salas de aula e 130 professores aptos a lecionar para alunos do ensino fundamental e do médio. “Fizemos uma importante parceria e com essa nova estrutura todos os interessados em concluir o ensino fundamental ou médio serão atendidos”, destaca a chefe do Núcleo Regional de Educação de Londrina, Lúcia Cortez Martins.
Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: www.pr.gov.br e www.facebook.com/governopr
PRINCIPAIS OBRAS
Ceep de Fazenda Rio Grande
Investimento: R$ 7,2 milhões
Capacidade: 1.296 alunos
Ceep de Pitanga
Investimento: R$ 6,8 milhões
Capacidade: 1.200 alunos
Ceep de Assaí
Investimento: R$ 6,6 milhões
Capacidade: 1.200 alunos
Colégio Estadual Yvone Pimentel (Curitiba)
Investimento: R$ 4 milhões
Capacidade: 1.000 alunos
Colégio Estadual Ambrósio Bini (Almirante Tamandaré)
Investimento: R$ 1,4 milhão
Capacidade: 2.000 alunos
Centro Estadual de Educação de Jovens e Adultos (Ceebja) de Londrina
Investimento: R$ 310 mil
Capacidade: 1.200 alunos

Final das obras no Colégio Estadual Ivone Pimentel em Curitiba, diretora Adriana Kampa fala que o inicio das aulas nas salas novas sera dia 09-02-15. Curitiba 13-01-15. Foto: Hedeson Alves
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro