Infraestrutura e Logistica

Governo vai construir nova rodovia entre Pontal do Sul e Praia de Leste

Publicado em 10/03/2014 15:46
O Governo do Paraná abriu licitação nesta segunda-feira (10) para a elaboração do projeto executivo de uma nova rodovia que irá ligar Pontal do Sul à Praia de Leste, dando acesso à PR 407. Todo o trecho será duplicado. O edital, que pode ser retirado no site www.compras.pr.gov.br, prevê também a elaboração de projeto de urbanização do atual traçado da rodovia, com a construção de calçadas, binários e ciclovias e o projeto de recuperação do canal de drenagem.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) vai investir mais de R$ 8 milhões na contratação dos projetos executivos e do estudo ambiental da faixa de infraestrutura entre a PR 407 e Pontal do Sul. A faixa de infraestrutura vai orientar os futuros projetos executivos para a construção da nova ferrovia entre Maracaju/Paranaguá/ Pontal do Paraná e das implantações das redes elétrica e de gás, além de drenagem e saneamento.

“Esta obra vai modernizar a infraestrutura do Litoral, ajudar na urbanização dos balneários e promover o desenvolvimento, permitindo a atração de investimentos na região, criando empregos e renda aos moradores do Litoral”, disse o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, José Richa Filho. O secretário explica que a nova faixa de infraestrutura vai ajudar também a proteger áreas de preservação da Mata Atlântica da região litorânea. A previsão é investir mais de R$ 200 milhões na construção da rodovia e na modernização do canal.

FAIXA DE INFRAESTRUTURA - A nova faixa de infraestrutura terá 23,2 quilômetros de comprimento, entre o entroncamento da PR 407 (Alexandra-Matinhos) e Ponta do Poço, em Pontal do Paraná. A faixa terá cerca de 220 metros de largura, ficando entre a área de proteção ambiental e o antigo canal da Suderhsa. Dentro da faixa serão construídas a nova rodovia, um ramal ferroviário, gasoduto, rede elétrica, o canal de drenagem e redes de saneamento.

“De forma moderna, o Estado usa a faixa de infraestrutura para impedir o avanço às áreas ambientais e também junta em um só ponto - distante das áreas de balneários - evitando a ocupação urbana da cidade ao longo da rodovia e da ferrovia”, disse Richa Filho. Com o Estudo Ambiental da faixa de infraestrutura, ficam também definidos critérios ambientais para a elaboração dos projetos executivos da ferrovia, rede de alta-tensão, gasoduto e rede de saneamento.

RODOVIA - A nova rodovia será construída cerca de dois quilômetros antes do atual traçado da PR 412, que atualmente dá acessos aos balneários entre Praia de Leste e Pontal do Sul. A estrada será duplicada com quatro faixas e prevê a construção de quatro conectoras, que vão dar acesso aos balneários, evitando a entrada por Praia de Leste.

A atual rodovia será totalmente remodelada, tornando-se urbana. O projeto a ser elaborado prevê a restauração e duplicação da via existente, a implantação de vias marginais, em ambos os lados da rodovia, calçadas para pedestres e ciclistas nos locais onde ela atravessa os balneários.

A urbanização prevê ainda implantação de nova via paralela à PR 412, com aproximadamente 1.750 metros, saindo da PR 407, formando um binário. O projeto vai definir nova iluminação para esta rua e sinalização, além de readequação das redes de água, luz e concessionárias de telefonia e televisão.

CANAL - No edital, a empresa vencedora terá de apresentar projeto executivo para reabilitação do atual canal de drenagem, com 17,8 quilômetros de extensão, além de construção de mais 1,1 quilômetro de canal. O novo canal vai resolver um problema antigo da região litorânea, que são pontos de alagamentos.

Quando estiver em funcionamento, permitirá a drenagem da chuva para dentro do canal. Desta maneira os resíduos e lixos que normalmente são arrastados pelas chuvas e jogados diretamente ao mar irão ao canal, melhorando a qualidade da água do mar e o impacto na balneabilidade.

Saiba mais sobre o trabalho do governo do Estado em: http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br 

Áudio

Recomendar esta notícia via e-mail: