Segurança

Governo inaugura Complexo do Instituto de Identificação do Paraná em Londrina

Publicado em 06/12/2013 18:10
A unidade de Londrina do Instituto de Identificação do Paraná (IIPR) vai começar a fazer perícias em objetos apreendidos em local de crime, retrato-falado e projeção de idade, entre outras ações. A descentralização desse tipo de serviço, que até então era feito apenas em Curitiba, será possível com o Complexo Técnico de Londrina do IIPR, inaugurado nesta sexta-feira (06) pelo secretário da Segurança Pública, Cid Vasques, e pelo diretor do Instituto de Identificação do Paraná, Newton Tadeu Rocha.

Com a descentralização, o serviço será feito de forma mais rápida e com menos custos, propiciando um reforço na investigação policial e na elucidação de crimes. O secretário Cid Vasques ressaltou que a atividade será um reforço para a área da Justiça Criminal. “O Complexo vai agilizar laudos e, assim, beneficiar também o Ministério Público e o Poder Judiciário, dentro da necessidade de uma Justiça mais rápida”, afirmou o secretário.

Dentre as atividades do Complexo Técnico de Londrina está o Laboratório Papiloscópico, que realiza perícia por meio da ação de reagentes químicos em objetos apreendidos que não puderam ser analisados no local do crime. Da mesma forma, funcionará no local a Representação Facial Humana, que abrange atividades como retrato-falado, análise prosopográfica e projeção da idade, ferramenta importante para a identificação de pessoas por meio da descrição de vítimas e testemunhas.

EXCELÊNCIA - “O Complexo Técnico de Londrina é um grande passo para concretizar visão estabelecida pelo Instituto de Identificação do Paraná, que é ser reconhecido como centro de excelência em identificação humana, perícia papiloscópica, estrutura e tecnologia”, afirmou o diretor do IIPR, Newton Rocha.

Também integram o Complexo um setor de capacitação e treinamento para os servidores da instituição, o setor de testes e monitoramento, que acompanha os sistemas internos do IIPR; e o Museu da Papiloscopia Paranaense. Outras atividades, como perícia em local de crime, coleta papiloscópica e necropapiloscópica, já em execução no interior do Estado, agora terão no Complexo Técnico uma base estruturada para melhor desenvolvimento.

A perícia em local de crime consiste no levantamento de evidências papiloscópicas em cenas de crime, vinculando a presença de determinada pessoa ao local por meio do confronto das impressões digitais e posterior emissão de laudo de perícia papiloscópica.

PIONEIRO - O Complexo Técnico de Londrina é o primeiro desta iniciativa pioneira do Governo do Paraná, por meio da Secretaria da Segurança Pública e do Instituto de Identificação do Paraná. A próxima cidade a receber uma estrutura semelhante deverá ser Foz do Iguaçu. “Foz é uma sede importante, devido a proximidade da Copa do Mundo. No início de 2014 deveremos implantar um Complexo Técnico na cidade também”, adianta Newton Rocha.

Os serviços serão feitos pelos funcionários que já atuam no IIPR de Londrina, que passaram por capacitação em Curitiba. O Complexo Técnico de Londrina está localizado na Rua Maranhão, 314, no centro da cidade, onde até a semana passada eram confeccionadas as Carteiras de Identidade e prestado atendimento ao público.

MUDANÇA DE SEDE - A implantação do Complexo Técnico de Londrina permitiu que o atendimento ao público que procura o IIPR para confecção de Carteira de Identidade e para a Certidão de Antecedentes Criminais, mudasse para uma nova sede. Esta nova sede fica junto com uma unidade do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR). Desde o início desta semana, o atendimento ao público começou a ser feito em prédio na Rua Guaporé, 180, Centro de Londrina.

O posto conta com uma infraestrutura nova e moderna, climatizada e espaçosa, conferindo maior conforto aos requerentes que precisam da Carteira de Identidade e Atestados de Antecedentes Criminais. Para atender aos cidadãos com dificuldades de locomoção ou que precisam de atendimento especial, há uma estação de identificação no andar térreo.

“Em um só local, o cidadão pode providenciar Carteira de Identidade e Certidão de Antecedentes e do Detran, facilitando o atendimento em apenas um local”, disse o diretor do Detran-PR, Marcos Traad. “Gradativamente, vamos evoluindo para uma compatibilização das imagens, ou seja, a imagem feita pelo IIPR pode ser aproveitada pelo Detran e vice-versa”, explica Traad, que também esteve presente nas solenidades de Londrina nesta sexta-feira.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em: www.pr.gov.br e www.facebook.com/governopr  

Áudio

Recomendar esta notícia via e-mail:
leia mais
Previsão do Tempo
www.simepar.br