O governo do Estado fez cerca de 3 mil atendimentos durante o Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos, que terminou nesta sexta-feira (30), em Foz do Iguaçu. Foram três dias de intensa troca de informações entre representantes do Estado e gestores municipais que assumirão em janeiro. O evento reuniu 1,6 mil pessoas, representando quase todos os municípios do Estado, e serviu como um “curso intensivo” sobre acesso a recursos, linhas de crédito e trâmites necessários para parcerias nas mais diversas áreas. 
Foto: ANPr

Com 3 mil atendimentos, encontro abre canais entre governo e novos prefeitos

O governo do Estado fez cerca de 3 mil atendimentos durante o Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos, que terminou nesta sexta-feira (30), em Foz do Iguaçu. Foram três dias de intensa troca de informações entre representantes do Estado e gestores municipais que assumirão em janeiro. O evento reuniu 1,6 mil pessoas, representando quase todos os municípios do Estado, e serviu como um “curso intensivo” sobre acesso a recursos, linhas de crédito e trâmites necessários para parcerias nas mais diversas áreas.
Para o governador Beto Richa – que teve um gabinete no local para atender prefeitos –, o saldo do encontro é muito positivo tanto para o governo do Estado quanto para os municípios. “Da nossa parte, identificamos com mais precisão as necessidades e dificuldades dos municípios. E os prefeitos saem daqui com um grande volume de informações, que certamente agilizarão a execução de projetos e programas”, avalia Richa.
Somente o secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, atendeu mais de 150 prefeitos, que receberam informações sobre programas e recursos disponíveis e apresentaram as demandas localizadas. “O evento encurtou muito o caminho. Se tivéssemos que receber em Curitiba todos esses prefeitos, levaríamos alguns meses. Ganhamos tempo e avançamos em um entendimento com os municípios”, avaliou. Caputo Neto incentivou os prefeitos a participarem dos Consórcios Intermunicipais de Saúde.
O secretário-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Sebastiani, disse que a intenção do governo é reproduzir eventos este no plano regional. “O governo existe para prestar bons serviços, e no Paraná estamos de portas abertas para os municípios”, afirmou.
Sebastiani destacou que o encontro propiciou relação direta dos novos prefeitos com o governador Beto Richa. Segundo ele, o Governo do Estado recebeu também, dos prefeitos que estão terminando o mandato, o reconhecimento pela aproximação com os líderes locais empreendida nos últimos dois anos. “Isso nos anima a trabalhar ainda mais, sabendo que temos uma tarefa importantíssima a realizar em conjunto com os novos prefeitos”, afirmou.
PROBLEMAS COMUNS – Problema comum a boa parte dos municípios, a disposição do lixo e a preocupação em adequar os aterros sanitários foi um tema presente nas conversas sobre meio ambiente, assim como a poluição dos rios e de matas ciliares. “Praticamente todos os municípios têm problemas com lixões a céu aberto e existe a preocupação de promover a coleta seletiva e a reciclagem dos materiais. Alguns prefeitos já levaram um nível detalhado de informações, o que facilitará o contato com o governo estadual no início da gestão, para colocar algumas soluções em prática no curto prazo”, disse o secretário do Meio Ambiente, Jonel Iurk.
Na área de Esporte, boa parte dos atendimentos foi relacionada à infraestrutura. “Muitas vezes os prefeitos chegam com pedidos para construção de quadras e estádios. Mostramos que investimento no ser humano para a prática esportiva tem que andar paralelamente ou até antes, para depois se partir para a infraestrutura”, comentou o secretário de Esportes, Evadro Roman.
Para o diretor-geral do Detran, Marcos Traad, o encontro permitiu ao governo apresentar as ações que vem desenvolvendo e que podem ajudar os prefeitos eleitos em suas administrações. “Em quase dois anos de gestão colocamos em prática muitos projetos importantes. Colocamos a casa em ordem, fizemos o dever de casa e agora o anúncio do aporte de recursos em diferentes áreas coroou de êxito o evento e deu uma mostra do que o governo continuará a desenvolver”, avaliou.
APROVAÇÃO – O presidente da Associação dos Municípios do Paraná (AMP), Gabriel Samaha – que é prefeito de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba –, disse que o encontro foi importante também para fortalecer a luta dos estados e municípios por mais recursos. “Marcamos a vontade que o Paraná tem de pensar um novo pacto federativo, com distribuição mais justa dos recursos. Pelo viés técnico, os prefeitos interagiram com o corpo técnico do governo estadual, abrindo portas para uma relação que será importante daqui para a frente”, disse.
Para o prefeito de Entre Rios do Oeste, Jones Heiden, o encontro apresentou uma prévia dos caminhos a serem seguidos para a obtenção de apoios e parcerias. “Por ser meu primeiro mandato, surgem dúvidas sobre as portas onde precisamos bater na hora de ir atrás de recursos, então precisamos desse entrosamento”, disse o prefeito, que conheceu projetos em estandes da Cohapar, Indústria e Comércio e Agricultura.
Opinião semelhante tem o prefeito de General Carneiro, Joel Ferreira, também assumindo seu primeiro mandato. “É difícil se inteirar de todos os assuntos da administração logo no início. Esse encontro facilitou muito nesse sentido”, disse.
A possibilidade de conversar com diversos secretários e deputados estaduais num mesmo local foi a principal vantagem destacada pelo prefeito de Mato Rico, Marcel Mendes Santos. “É uma oportunidade única termos todas as ações de governo estadual centralizadas, com qualidade e disposição de atendimento, ao invés de tentarmos agendar reuniões na capital e conciliar a agenda de diversos secretários, o que demoraria muito tempo”, ressalta. Santos conheceu projetos voltados às áreas de moradia e agricultura.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
O governo do Estado fez cerca de 3 mil atendimentos durante o Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos, que terminou nesta sexta-feira (30), em Foz do Iguaçu. Foram três dias de intensa troca de informações entre representantes do Estado e gestores municipais que assumirão em janeiro. O evento reuniu 1,6 mil pessoas, representando quase todos os municípios do Estado, e serviu como um “curso intensivo” sobre acesso a recursos, linhas de crédito e trâmites necessários para parcerias nas mais diversas áreas. 
Foto: ANPr
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa