O governador Beto Richa e o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mersocul, Ricardo Barros, assinaram nesta sexta-feira (20), em Siqueira Campos, no Norte Pioneiro, protocolo de intenções para enquadramento da fábrica de motos Pro Tork no programa Paraná Competitivo. A medida garante incentivos em troca da geração de emprego e renda.
Siqueira Campos, 20.-4.2012.
Foto: Agência de Notícias do Paraná / AN Pr

Governo garante apoio para expansão da primeira fábrica de motos do Sul

O governador Beto Richa e o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mersocul, Ricardo Barros, assinaram nesta sexta-feira (20), em Siqueira Campos, no Norte Pioneiro, protocolo de intenções para enquadramento da fábrica de motos Pro Tork no programa Paraná Competitivo. A medida garante incentivos em troca da geração de emprego e renda.
A assinatura ocorreu durante a inauguração da unidade, que recebeu investimentos de R$ 50 milhões, tem capacidade para produzir 400 motos por dia e empregará inicialmente 600 pessoas. “O governo quer ser parceiro das empresas que investem e geram empregos no Paraná, de forma a criar oportunidades de desenvolvimento na região e em todo o Estado”, disse o governador.
Ele lembrou que em poucos meses o Paraná atraiu mais de R$ 16 bilhões em investimentos privados, por meio do Paraná Competitivo. "O Estado atravessa um novo momento, marcado pelo diálogo e um ambiente favorável aos negócios, e volta a ser inserido na agenda de investidores nacionais e internacionais”, destacou.
O diretor-presidente da Pro Tork, Marlon Bonilha, explicou que a unidade já opera de maneira experimental, com capacidade para montar até 70 motos por dia e agradeceu o apoio do governador Beto Richa e do Estado para a viabilização do projeto. “A fábrica inicia suas atividades com o pé direito”, disse.
LIDERANÇA – A unidade da Pro Tork inaugurada nesta sexta-feira é a primeira da empresa destinada à produção de motocicletas, e também a primeira do ramo no Sul do País. Há 25 anos no mercado, a companhia já mantém seis unidades em Siqueira Campos, nas quais produz motopeças, empregando mais de 4 mil pessoas. É a maior fabricante de peças para motos da América Latina, com uma linha de mais de 5 mil itens.
A nova unidade vai empregar inicialmente 600 pessoas, podendo chegar a mil ao atingir a capacidade plena de produção. A fábrica tem cerca de 6 mil metros quadrados e nela serão produzidos três modelos de motocicletas de 50 e 100 cilindradas, além do triciclo de carga batizado de Heavy Duty, o carro-chefe da marca. As três motos se juntam às duas minimotos de competição que já eram fabricadas pela Pro Tork em pequena escala.
O secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul, Ricardo Barros, disse que a produção das motos vai trazer benefícios para toda a região. "São investimentos como este que mudam a realidade dos municípios paranaenses, sobretudo das regiões mais distantes da capital. Investimentos que aliam emprego e renda com inovação e tecnologia", disse.
“É uma importante fábrica que optou por se instalar no Paraná pela segurança que o Governo do Paraná demonstrou na negociação”, afirmou o secretário de Estado do Emprego, Trabalho e Economia Solidária, Luiz Claúdio Romanelli. O prefeito de Siqueira Campos, Luiz Antonio Liechocki, também participou da inauguração.


Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
O governador Beto Richa e o secretário da Indústria, Comércio e Assuntos do Mersocul, Ricardo Barros, assinaram nesta sexta-feira (20), em Siqueira Campos, no Norte Pioneiro, protocolo de intenções para enquadramento da fábrica de motos Pro Tork no programa Paraná Competitivo. A medida garante incentivos em troca da geração de emprego e renda.
Siqueira Campos, 20.-4.2012.
Foto: Agência de Notícias do Paraná / AN Pr
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa