Esporte

Paraná começa a implantar programa de combate à obesidade infantil

Publicado em 30/01/2012 15:50
O governo começa em março a capacitação da equipe que vai desenvolver o programa Paraná Saudável – Prevenção e Controle da Obesidade Infanto-Juvenil, lançado pela Secretaria de Estado do Esporte no final do ano passado. Entre abril e junho, os profissionais vão coletar dados de 14 mil alunos de escolas públicas e a partir de agosto será distribuída para mais de 2 milhões de alunos uma publicação com orientações para prevenir a obesidade.

“É uma preocupação do governo com as gerações futuras do Estado, para que tenham vida saudável”, diz o secretário Evandro Rogério Roman.

O programa visa prevenir a obesidade infanto-juvenil e realizar o controle de peso corporal em jovens escolares com sobrepeso e obesidade. O público alvo são os alunos das escolas públicas das redes municipal e estadual, além de seus familiares.

Serão treinados a partir de março 16 avaliadores, todos profissionais selecionados pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. As coletas de dados ocorrerão em escolas públicas de 96 municípios de todas as regiões do Estado. Constituirão a amostragem 14 mil escolares de 5 a 18 anos.

A coleta consiste num levantamento sobre os hábitos alimentares, práticas de atividades físicas e o cotidiano familiar desses alunos. “Vamos saber como esses fatores impactam na ocorrência da obesidade, em todas as regiões do Estado, cada uma com realidade diferente”, diz o coordenador geral do programa, Dartagnan Pinto Guedes.

A avaliação dos hábitos alimentares dos alunos e seus familiares permitirá conhecer a frequência com que são ingeridos determinados alimentos, como os industrializados, frituras e frutas, por exemplo. Também serão recolhidas informações sobre como os alunos preenchem o tempo de lazer – se com televisão, internet ou atividade física.

“Essas ações nas escolas são importantes porque os alunos ainda estão na idade em que se formam os hábitos futuros, permanentes. As pessoas se alimentam hoje da maneira como aprenderam na infância. Por isso envolveremos também os familiares. Os pais transferem os hábitos aos filhos, não só alimentares como de bebidas alcoólicas e tabagismo”, afirma Guedes.

Depois de tabulados, os dados servirão de base para uma publicação que será distribuída em escolas públicas do Estado, com orientações para prevenção da obesidade. Em 2013, começam nas escolas o trabalho de conscientização de alunos, pais e professores.

OBESIDADE – A obesidade é um dos grandes problemas do mundo moderno. Devido aos maus hábitos alimentares e ao aumento do sedentarismo, vem atingindo cada vez mais pessoas. Além de um problema estético, ela é responsável por inúmeras doenças, como diabetes e cardiovasculares.

PROGRAMA – O programa Paraná Saudável é uma iniciativa da Secretaria do Esporte, com a participação de outras quatro: da Educação, Saúde, Família e Desenvolvimento Social e da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

O planejamento do projeto tem o apoio dos conselhos regionais de Educação Física, Nutrição e Psicologia, além da Associação Médica do Paraná e da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica.

O coordenador do programa, Dartagnan Pinto Guedes, é professor de Educação Física com vários estudos e publicações sobre crescimento e desenvolvimento humano. Aposentado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), onde atuou por 30 anos, Dartagnan é também professor da Unopar, em Londrina.

Áudio

Recomendar esta notícia via e-mail:
leia mais
Previsão do Tempo
www.simepar.br