O governador Beto Richa anuncia a liberação de R$ 126,4 milhões para investimentos na área de educação. Os recursos vão beneficiar mais de 18 mil estudantes da rede pública de diferentes regiões do Estado .Foto: Arnaldo Alves / AENotícias.Curitiba, 28-06-11.

Richa anuncia investimentos de R$ 126 milhões para a educação

O governador Beto Richa anunciou nesta terça-feira (28) o repasse de R$ 126,4 milhões para a construção, ampliação e reparos de diversas escolas no Paraná. Richa autorizou o início de obras e a abertura dos processos licitatórios para a construção de nove escolas profissionalizantes, 12 unidades em comunidades indígenas e de novas escolas do ensino fundamental. Também liberou recursos para reparos em escolas dos 32 núcleos da educação.
“Vamos avançar com investimentos em educação. Quero melhorar a qualidade do ensino no Paraná e oferecer aos estudantes uma ferramenta de emancipação social. Com demonstrações práticas como essas, mostramos a dedicação e cuidado do nosso governo com a formação dos nossos jovens”, disse o governador.
Richa explicou que do total a ser investido, o Estado vai aplicar cerca de R$ 45 milhões como contrapartida do programa Brasil Alfabetizado e mais R$ 35 milhões em reformas de escolas. O restante dos recursos é de verbas federais que estavam paradas desde 2008. “Faltava uma contrapartida do governo estadual e numa ação rápida de entendimento resolvemos a questão junto a presidente Dilma Rousseff”, disse o governador.
Ele afirmou ainda que quer realizar um trabalho na educação estadual semelhante ao que fez como prefeito de Curitiba, que fez a cidade ser eleita três vezes como o melhor ensino das capitais pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).
Segundo o vice-governador e secretário estadual da Educação, Flávio Arns, as ações anunciadas vão beneficiar mais de 18 mil estudantes da rede pública de ensino de todas as regiões do Estado. Ele destacou que os profissionais que vão atuar nas novas unidades serão selecionados por concurso público.
ENSINO PROFISSIONAL – De acordo com o governador, o fortalecimento do ensino profissionalizante vai se dar por meio de uma parceria entre o governo do Estado e o governo federal, através do programa Brasil Profissionalizado, de onde virão recursos para a construção de cinco novos Centros Estaduais de Educação Profissional (Ceep’s). Os municípios atendidos são Francisco Beltrão, Manoel Ribas, Terra Roxa, Pitanga, Laranjeiras do Sul. A unidade da Lapa será ampliada.
Richa autorizou ainda o início do processo licitatório de quatro novas escolas de educação profissional nas cidades de Assaí, Cianorte, Fazenda Rio Grande e Ibaiti. “Ao todo, serão investidos R$ 68,7 milhões no reforço da educação profissional no Estado”, informou o secretário Flávio Arns.
Ele explicou que o programa prevê a construção de 18 novos Centros de Educação Profissional e a ampliação de outros 23 já existentes. O valor total do convênio para outras obras de construção, ampliação, formação de docentes e aquisição de acervo bibliográfico e equipamentos para os laboratórios é de R$ 199,6 milhões.
ESCOLAS INDÍGENAS - Comunidades indígenas de 11 municípios do Paraná vão ter 12 novas escolas dentro das aldeias, sendo que cinco destas escolas já estão com obras em andamento. O investimento nos prédios será de R$ 13,1 milhões. As unidades terão capacidade para atender quatro mil alunos das comunidades Kaingang e Guarani e vão oferecer turmas do ensino fundamental e, em algumas, será disponibilizado o Ensino Médio.
As escolas serão construídas nos municípios de Diamante do Oeste, Espigão do Alto Iguaçu, Inácio Martins, Palmas, São Jerônimo da Serra, Tamarana, Mangueirinha, Cândido de Abreu, São Miguel do Iguaçu, Nova Laranjeiras e duas em Turvo.
Valdir José Kokoj, cacique da reserva Indígena Kaingang de Mangueirinha, disse que as escolas nas aldeias são um sonho de longa data. “No outro governo já achamos que iríamos receber, mas só agora conseguimos. Uma ação importante que ajuda nossa tribo a desenvolver e preservar a cultura. Várias aldeias não têm escolas de qualidade e os alunos estudam em casas velhas de madeira. Agora será diferente”, disse o cacique.
ENSINO FUNDAMENTAL – Os municípios de Imbaú, Quedas do Iguaçu e Sarandi terão três novas escolas de Ensino Fundamental. O governador Beto Richa deu a ordem de serviço para a construção das unidades que receberão investimento de R$ 9,53 milhões. Os recursos são do Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).
A prefeita de Diamante do Oeste, Inês Gomes, que irá receber uma escola para indígenas no município, afirma que a unidade de ensino será fundamental para o desenvolvimento da cidade. “É uma grande notícia. Temos algumas dificuldades na educação, mas é bom saber que temos um governo atencioso”, disse a prefeita.
A solenidade de liberação dos recursos contou a presença de 20 deputados federais e estaduais, entre eles o presidente da Assembléia Legislativa, Valdir Rossoni, e o líder do governo no legislativo, deputado Ademar Traiano, além de diversos prefeitos e outras autoridades municipais e estaduais.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governopr e www.pr.gov.br
O governador Beto Richa anuncia a liberação de R$ 126,4 milhões para investimentos na área de educação. Os recursos vão beneficiar mais de 18 mil estudantes da rede pública de diferentes regiões do Estado .Foto: Arnaldo Alves / AENotícias.Curitiba, 28-06-11.
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa