Novo informe traz 2.019 notificações de dengue

A Secretaria da Saúde divulgou nesta segunda-feira (24) o novo informe semanal com a situação da dengue do Estado. Nas primeiras três semanas do ano foram notificados 2.019 casos da doença em 103 municípios. Os municípios com maior número de notificações são Londrina – 17.ª RS (645), Foz do Iguaçu – 9.ª RS (215) e Jacarezinho – 19.ª RS (190).
Destes, 49 casos foram confirmados em sete municípios. Londrina concentra 70% dos casos confirmados (35). Os outros casos foram confirmados em Foz do Iguaçu (8), Jacarezinho (2), Rolândia (1), Paranavaí (1), Cruzeiro do Iguaçu (1) e Ortigueira (1).
Para conter o avanço da doença no Estado, a Secretaria da Saúde elaborou um plano de emergencial com ações programadas para os primeiros 90 dias do ano. Uma das primeiras ações foi a implantação da sala de situação, instalada no gabinete do secretário em Curitiba. “A sala recebe informações das 22 regionais de Saúde e dos municípios em tempo real, o que permite atuação imediata a fim de bloquear o avanço da doença”, explicou o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz.
Quando um caso de dengue é confirmado, por exemplo, as equipes municipais de vigilância em saúde traçam um raio de segurança e enviam equipes para verificar a existência de focos do mosquito aedes aegypti. O objetivo é eliminar os criadouros e também fazer a aplicação do “fumacê”.
“A população deve continuar contribuindo para a eliminação dos criadouros (água parada) nos seus domicílios, que é a medida mais eficaz para combater uma epidemia”, destacou o superintendente. De acordo com levantamento feito pela Secretaria da Saúde, cerca de 98% dos criadouros estão nas residências.
SINTOMAS - Depois da picada do mosquito com o vírus, os sintomas se manifestam normalmente do 3º ao 15º dia. Esse período é chamado de incubação. O tempo médio de duração da doença é de cinco a seis dias. É só depois do período de incubação que os sintomas aparecem – principalmente febre alta com início súbito, dor de cabeça e dores no corpo. Ao surgirem os primeiros sintomas o cidadão deve procurar o serviço de saúde mais próximo para comprovar ou não a contaminação por dengue.
MEGA ARRASTÃO - Nesta semana os agentes de endemia dos municípios de Sarandi, Marialva e Paranacity serão capacitados para fazer ações de bloqueio nos municípios. Na sexta-feira (28) o município de Sarandi promoverá um Mega Arrastão a partir das 8 horas. O evento reunirá cerca de 300 técnicos e voluntários.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa